Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.270.655
Visitas Únicas Hoje: 215
Usuários Online: 259
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1901 - Impresso: 89 - Enviado: 26 - Salvo em Word: 39
Postado em: 16/07/10 às 11:08:20 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=5690
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Está em Atos 1, 6 Assim reunidos, eles o interrogavam: Senhor, é porventura agora que ides instaurar o reino de Israel? 7 Respondeu-lhes ele: Não vos pertence a vós saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou em seu poder, 8 mas descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até os confins do mundo. Devemos, então, dar testemunho daquilo que os Céu nos fazem saber. E sem medo!


Nós todos temos uma natural curiosidade em discernir sobre os acontecimentos que virão, eis porque, durante todos os tempos, sempre os homens consultaram oráculos e adivinhos e pitonisas, tentando decifrar os enigmas do futuro. E o diabo já fez uso de muitos deles, para enganar a milhões. Entretanto é preciso saber que, dos grandes acontecimentos do futuro, Lúcifer sabe muita coisa, dos tempos em que era amigo de Deus. E até ele sabe que estamos no fim, mas faz crer a bilhões que isso é bobagem! No que engana ouros tantos!
 
Assim devemos nos ater às Sagradas Escrituras, a única fonte realmente confiável neste sentido – porque é de Deus, vem de Deus e só pode ser Dele – que, embora nos tragam alguns indicativos, contêm dentro de si também numerosos artifícios de linguagem, porque a Palavra de Deus é eterna; ela se confirma e se faz presente em diferentes situações. Pode ser uma coisa, mas também outra, e também muitas outras. Serve para explicar um fato passado, mas se encaixa também noutro do futuro.
 
O fato é que, Deus precisa alertar os homens sobre este futuro desconhecido, - não por obrigação e sim por amor – mas ao mesmo tempo se obriga a esconder do diabo parte de seu plano, para que não atrapalhe. Saem disso então diferentes interpretações para cada tempo e cada sinal, e quando não acontece tal como a pessoa discerniu logo ela tende a desprezar a fonte da informação, mal sabendo que o erro está, muitas vezes, não na profecia e sim nos intérpretes dela. E como nós já erramos neste sentido? Mas isso não serve de desculpa para rejeitar tudo. Vamos, pois, em frente!
 
E isso nos leva a perguntar: se Jesus diz que não nos compete saber dos tempos e das datas e diz que “ninguém sabe o dia nem a hora” (Mt 25, 12), não seria falta nossa tentar descobrir coisas futuras? Claro que não, até porque Ele alerta que devemos observar os sinais que Deus nos remeteria como prova da chegada de um tempo. Ademais Ele disse que o Espírito Santo desceria sobre nós e seríamos então testemunhas Dele em todo mundo. E o tempo de dar testemunho, certamente é chegado! Como, porém, dar testemunho de algo, se dele não temos dados mais concretos?
 
Nas últimas mensagens ao Cláudio Jesus reclama que muita gente fica somente de boca aberta esperando saber do futuro, mas não se preocupa com o essencial que é salvar almas. É resgatar as ovelhas perdidas da casa de Israel. Devido a isso, precisamos pensar não naquilo que está por vir, mas sim naquilo que ainda falta fazer. Existem bilhões de filhos que precisam ainda ser resgatados, e Deus não faz isso sem querer nossa ajuda, a nossa participação. Sim, dos poucos operários que se sujeitam a esta empreitada! Este deve ser então o nosso caminho, do qual não nos devemos afastar. Ele deve ocupar nossas vidas, dia e noite, pois há um árduo trilho a percorrer neste final.
 
À parte disso, entretanto, importa sim saber e acompanhar as profecias atuais, porque elas são como sinetas de aviso. Se os profetas não nos alertam, nós dormimos. Se eles não nos apontam os sinais, nós permanecemos cegos. Se eles não falam dos tempos, nós deitamos em bom leito, e roncamos como se nada de grave estivesse por acontecer. Então seríamos como este povo do qual diz o profeta: falam que tudo vai bem, vai bem, quando tudo vai mal. E vai muito mal! Sim, para que nos apressemos! Para que não durmamos, falo dos que ainda têm olhos para ver e ouvidos para ouvir o rumor dos passos de Jesus. Que vem, e vem como Juiz!

Tempos atrás colocamos este artigo na internet, com certas contas sobre tempos e datas, considerando sempre os poucos indicativos que temos na Bíblia, e as mensagens de nosso tempo. Jesus e Nossa Senhora nestas mensagens nos têm dito que receberemos tudo aos poucos, em conta gotas, e é como um quebra cabeças, que vamos entendendo aos poucos, passo a passo, mês a mês. Assim, na medida em que vamos entendendo as novas revelações, iremos reformando este texto, para que todos possam se preparar. Não devemos ter medo de errar, e sim de nada fazer.
 
Muitas pessoas poderão nos criticar, dizendo que não devemos nos ligar em contas de prazos, tempos e datas, entretanto se eles estão nas Escrituras, é exatamente para que os observemos. Claro, esta não deve ser nossa única preocupação, pois a maior de todas, que nos deve mover dia e noite é a salvação das almas a preocupação com a eternidade e não com a data fim deste mundo mau, não fim da terra, nem fim da humanidade. Fim dos tempos da maldade.
 
E então a observação destes dados bíblicos, nos remete a cálculos, que mudam de forma dinâmica, porque vamos ENCAIXANDO tudo a partir das novas dicas do Céu. Não é um mal buscar entender, o MAL SIM, é ficar só pensando neles e esquecer o principal. As contas servem para que nos apressemos na luta, e que não demos ouvidos aos que esperam isso para daqui a 100 anos, ou 30! Ou nunca! Importa saber que estamos vivendo os dias finais, pelo menos agora sabemos os anos finais, deste mundo de maldades. Que por um tempo ainda ficará pior.
 
De fato, no último dia 8, uma revelação de São Miguel ao Cláudio, explica algumas passagens bíblicas até hoje nunca entendidas por qualquer outro Movimento. Esta pequena indicação vem reafirmar aquilo que nós colocamos no Livro, Novo Mateus, que vem explicado nos capítulos 1 e 32. Um sinal de que estávamos então certos, na pista correta, pois este artigo foi escrito um ano antes da reformulação do Livro Mateus. A frase que ele nos deixou é esta: Em 13 de Setembro anotai: É o terceiro dia dos 1.260... É isso que encaixaremos agora.
 
Antes de seguir, devo dizer a vocês que se conheço uma pessoa que tem pouco conhecimento destes números da Bíblia é o Cláudio, não porque não a leia, mas porque fica sempre mais nos Evangelhos, no que Jesus falou. Quando eu lhe falei sobre o significado deste número de dias, ele teve um frio na espinha. Isso porque, para qualquer profeta, é terrível citar uma data, um prazo, um tempo fixo. Entretanto eu lhe falei que estamos chegando no tempo inexorável, no tempo dos sete trovões, onde tudo acontecerá e não haverá mais truques de linguagem, nem adiamentos de prazos, ou alteração de datas. E de fato, ele tem outras datas citadas em Linhas Vermelhas, mas ainda não é momento delas.
 
Nas a ele, mensagens dos últimos sete anos e sempre respondendo a perguntas de pessoas, Nossa Senhora já nos afirmou e confirmou inúmeras vezes que o dia 11 de setembro do ano de 2001, data da queda das torres do WTC, deveria ser marcada por nós como data base de tudo. Confirmou que naquele dia teve início a última semana de anos – últimos sete anos – da profecia de Daniel.
 
Ora que eu saiba, entre todos os profetas da atualidade, o Cláudio foi único que até hoje recebeu uma data, para um acontecimento futuro, falo exatamente da queda das torres, prevista com antecedência exata de 78 dias. Mais adiante, com seis meses de antecedência ele recebeu indicativos de uma reunião que aconteceria no dia 11 de abril de 2002, fato que marcaria profundamente a vida da Igreja Católica e marcou: naquele dia ficou decidido na sede da ONU em Nova York, que a Igreja e não os padres seriam penalizados e obrigados a pagar as indenizações pelos crimes dos seus padres, fato que vem acontecendo realmente. E já na casa dos bilhões de dólares as dívidas da nossa Igreja. Infelizmente!
 
Assim, temos duas datas fixadas na mensagem passada a ele, com acontecimentos futuros, que não falharam. Claro que temos de ter cuidado em interpretar esta data, entretanto ela tem ligação com a anterior: se os últimos sete anos da profecia – não quer dizer anos finais do tempo – começaram em 11/09/2001 isso quer dizer que os sete anos terminam em 10/09/08. Ou seja: o dia 13 de setembro próximo, quando se inicia a Escada do Céu, será o terceiro dia desta contagem de tempo. Mas atenção: que ninguém fale em “contagem regressiva”, porque nada indica que ao fim deste período, virá o fim. Ou que virá imediatamente o início do Novo Reino, este que tanto esperamos.
 
Vejam: sempre, desde o ano de 2001, e já mesmo antes, nós imaginávamos que os últimos 1335 dias dos tempos do fim, que são citados pelo profeta Daniel, corresponderiam ao tempo final de tudo, pois ele diz: feliz de quem espera e alcança os 1335 dias. Ou seja: imaginávamos sempre que a partir dali teria início a Nova Terra, tão sonhada por nós todos. Mas como, sempre, Deus tem uma carta na manga – não uma e sim milhares – mais uma vez fomos pegos em nossos pobres raciocínios. É que, nos parece agora, os 1260 dias – três anos e meio – na verdade COMEÇAM a contar DEPOIS de terminada a semana de anos.
 
Observem agora como é difícil: ora, não existe uma prova conclusiva de que os 1290 dias citados por Daniel mais 45 dias – 1335 – tenham algo a ver com os 1260 dias citados em Apocalipse 11 e 12. Em nenhum lugar está dito de que se trata do mesmo espaço de tempo, dos mesmos e exatos dias. Assim, também é possível realmente que o tempo em dias citado pelo profeta Daniel, seja de fato a segunda metade da semana.
 
Deste modo, no artigo em questão escrito em 23/03/2007, teremos então de fazer uns ajustes de cálculos, para que todos possam ir percebendo a evolução das revelações atuais. Tudo o que tentamos aqui dizer, serve para mostrar às pessoas, que estamos nos aproximando do fim dos fins, e que urge buscar nossa conversão. E a cada dia seremos, como toda certeza, mas precisos e seguros na informação. No final nós entenderemos tudo. E lá deixamos bem claro que se tratava de suposições, de tentativas, que poderiam receber ajustes com o passar dos dias. E de lá para cá temos um ano e meio. E algo mudou!
 
Três chaves nos fizeram melhor entender os tempos e as datas.
 
1) Sempre ouvimos as mensagens avisar que “tudo é próximo”, e que quando começar “tudo virá fulminante”, mas pessoalmente em muitos textos sempre afirmei que era impossível acontecer tudo o que está profetizado na Bíblia, em pouco tempo, digamos em sete meses. Teríamos de ter então mais tempo!
 
2) Para entender isso, nos últimos meses as pequenas revelações nos fizeram enfim compreender que este “tudo é próximo” não significa “próximo de acabar”, mas sim tudo é PRÓXIMO DE COMEÇAR. Ou seja: próximo de começar a Grande Tribulação. É para isso que o Céu está nos preparando! Porque até mesmo o Céu treme de espanto, diante daquilo que nos advirá como castigo devido à maldade humana.
 
 3) Assim, a Grande tribulação, passa não mais a ser entendida como parte da segunda metade da semana de Daniel – como também PODE SER – mas sim que terá início, quando aquela terminar. Ou seja: depois que termina a última semana de Daniel é que começam a contar os 1260 dias, como está em...
 
Apocalipse 11... foi dado aos gentios, que hão de calcar aos pés a Cidade Santa por quarenta e dois meses. 3 Mas incumbirei às minhas duas testemunhas, vestidas de saco, de profetizarem por mil duzentos e sessenta dias. E ainda: 11 Mas, depois de três dias e meio, um sopro de vida, vindo de Deus, os penetrou.
 
(Aqui se entende que o comando da besta empreenderá verdadeira perseguição aos católicos, num tempo de 42 meses, que são 1260 dias, ou três anos e meio. Estas testemunhas são Jesus e Maria, como ela nos explicou através do Padre Gobbi e de outros profetas.) Ainda...
 
Apocalipse 12, 6 A Mulher fugiu então para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um retiro para aí ser sustentada por mil duzentos e sessenta dias. E ainda: 14 Mas à Mulher foram dadas duas asas de grande águia, a fim de voar para o deserto, para o lugar de seu retiro, onde é alimentada por um tempo, dois tempos e a metade de um tempo, fora do alcance da cabeça da Serpente. (Ou seja: três anos e meio ou 1260 dias. É deste tempo que estamos falando? Certamente!
 
(Não quer dizer que Nossa Senhora fugirá de nosso meio nos deixando nas mãos do inimigo, como afirmam certos profetas, mas sim que durante este tempo de 42 meses, ficaremos sem comunicações, embora as profecias continuem a nos sendo passadas, pois está dito: urge que profetizes ainda por um tempo aos povos e nações (Apo 10,11). Vou explicar melhor esta parte em outro texto sobre alguns aspectos do Apocalipse)
 
Vejam: no artigo anterior estava escrito assim:

É que muitos nos perguntam assim: quando será? Quando acontecerá? E também nós não o sabemos, embora alguns indicativos existam, e podem nos aproximar de um final. Assim, peço que o leitor amigo que nos acompanha nestes raciocínios e cálculos: tenha sempre em mente que se trata de pensamentos e raciocínios humanos, portanto sujeitos a falhas, e também sabendo que tudo pode ser mudado a qualquer momento. Sim, só não mudará o que está escrito na Bíblia. E um dia entenderemos cada passagem destas.
 
Chego hoje à conclusão de que nem mesmo nos pobres falsos profetas devemos atirar pedras quando erram em suas colocações pessoais – nunca deveriam errar em mensagem – porque todos nós somos falhos e fracos, nosso raciocínio é extremamente tacanho, diante da imensidão dos artifícios de linguagem que Deus usa para Se expressar. Mas quando eles falam em datas e prazos, isso deve acontecer de qualquer forma. Ou seja: se um profeta fixar uma data, no tempo do homem, isso terá de acontecer ou sua profecia desaba.

Na Bíblia, o único profeta que fala em DIAS, é Daniel, nos capítulo 7 a 12. Fala em dias, em tempos, em tardes e manhãs, e em uma semana de anos, ou seja, num período de sete anos finais dos tempos, tempo que hoje, seguramente, estamos já vivendo. Se ele falou isso é porque devemos tomar atenção a estes dados, eis que ele mesmo disse que seu livro seria esquadrinhado, pesquisado e muita sabedoria iria surgir dali. Mas que é complicado é.


Outras mensagens, principalmente as de Linhas Vermelhas, nos estão dando certas indicações que fazem somar dados a este imenso quebra-cabeça. Assim nós devemos considerar as novas revelações, relativas à Carta do Papa. Segundo o que sei até o momento, o Santo Padre tem escritos quatro documentos, e um deles é a Carta às Nações, prenunciada por Jesus no dia 7/11/2000, onde Ele disse: O segredo está guardado e não muda o plano! E no ano que se seguir ao da visita ao Brasil, Pedro emitirá uma carta a todos os povos e nações, que trará ainda mais descontentamento, mas que selará os seus propósitos. Neste ano, Deus mostrará seu Braço Forte! E a terra tremerá.
 
Duas perguntas: Seria ainda neste ano de 2008, ou no ano a partir da carta? Dever-se-ia contar a partir do dia da divulgação deste documento, ou do dia em que ele foi escrito? Todas estas coisas são pequenos artifícios de Deus que nos podem enganar facilmente. Mas penso que neste ano teremos notícias do braço do Pai. Ele está prestes a apontar para a terra!
 
Ou seja: ainda neste ano de 2008 teremos algum abalo na terra, algo espantoso, e pensamos que se aproxima o dia de o nosso país, do aborto e da tirania gay, receber seu primeiro chamado. Na Colômbia já choveu sangue devido a sua maldita lei do aborto, e aqui poderão se empilhar cadáveres, em algum lugar – que será em breve anunciado – devido a insanidade de nossos líderes e a inércia de nosso povo. O que merecemos nós devido a estes abusos todos?
 
Mas vamos seguir nas contas, considerando os dados que já colocamos acima, mudando o foco, falando agora do Papa, pois ele sempre será o sinal. Dom Bosco previu que o Papa teria de fugir do Vaticano e ficaria fora por 200 dias. Disse ainda que desde a saída do Papa, até a entrada do Reino, teremos 400 dias. Ora, neste momento não podemos ainda prever quando se dará esta saída do Papa Bento XVI. Portanto, devemos ainda esperar um pouco, para acrescentar esta passagem. Tanto pede ser ainda neste ano, como demorar ainda, pois não nos parece que a crise está madura. Para que a rebelião exploda é preciso que saia esta carta que desagradará aos padres, embora o fermento da maldade já faça efeito hoje.

6 – Dom Bosco nos diz que o Papa ficará fora por 200 dias. Com certeza, este tempo anunciado pelo Santo, bate com os sete meses do auge da perseguição da Igreja Católica, conforme a mensagem ao Cláudio, depois dos quais ele retorna. Isso nos faz pensar que Bento XVI pode ainda permanecer mais tempo no comando da Igreja, do que antes imaginávamos, e não seria impossível que ficasse ainda por mais dois anos. Há tempo agora para isso! Ou teria o santo se enganado? Também isso é possível.

7 – Se contarmos a data de 10 de setembro como passada ao Cláudio, e considerarmos que dia 13 do próximo mês de setembro é o 3º dia das 1260 citados no Apocalipse, esta contagem nos remete adiante até o dia 22/02/2012. Que acontecerá ali? Certamente alguma coisa marcante, mas certamente também não o fim, porque ainda ficam contas fora. Faltam ainda 75 dias para bater com os 1335 de Daniel.


Vejamos algumas contas, para mostrar, entretanto que tem lógica, faltando apenas alguns dias que ainda não ficam explicados. Para isso nós vamos considerar a data do falecimento de João Paulo II. Isso porque Nossa Senhora nos disse em mensagem, que a morte dele marcava o fim da 1ª METADE da última semana de Daniel e sua morte se deu em 02/04/2005. Assim:
 
De 11/09/2001, contado até o final do ano temos 111 dias. Que é um número cheio de simbologia, e tem a ver com a unicidade trinitária de Deus.
De 11/09/2001 temos 1260 dias em 22/02/2005 e mais 40 até a morte do Papa. 40 é outro número muito indicado nas Escrituras.
De 03/04/2005 até o dia 13/09/2008 indicado por São Miguel, temos exatos 1260 dias. Não se pode então dizer que isso seja por acaso.
De 11/09/2008 somados mais 1260 dias, chegaremos à data de 22/02/2012, como já explicamos. Há, pois indicadores bem definidos e sinal de que não totalmente sem sentido. Na conta total, faltaria apenas mais 35 dias, para completar o número exato do tempo indicado em Daniel.

Devemos então nos armar de paciência e aguardar um pouco mais. Devemos olhar não para o dia da Justiça, mas sim para o que falta fazer a fim de que os homens não enfrentem seus rigores, estando de joelhos. Ai será terrível. Mas o que vem depois disso será fantástico, podem ter certeza.
 
Esta é nossa esperança, nossa certeza. Ninguém suporta mais esperar e ver que o mundo explode enquanto as pessoas continuam a correr alucinadas atrás do dinheiro e do prazer, como se esta fosse a finalidade de nossa existência. E muitos acham este lixo atual como se fosse normal, não se dando conta do abismo em que estamos.

Deus sabe o que faz, Ele o Senhor dos tempos e das datas. Só Ele sabe o dia certo de tudo. Mas não duvidemos de que adiante novas revelações nos levem a melhor precisão e encaixe de todos estes dados. Existem muitos segredos ainda guardados, documentos da Igreja que serão achados e revelados ao mundo, pois “nada há de oculto que não venha a ser revelado”. E nenhuma letra das Escrituras ficará sem se cumprir! Até mesmo a arca de Noé, acabará por aparecer, devido ao acelerado degelo do Ararat.

Mas por hora, é só o que temos e o que podemos adiantar. Manter-se em oração, e com a alma preparada, esta a melhor coisa a fazer. Quem estiver assim, sofrerá pouco! Porque o Reino é dos prudentes, dos que agora se preparam. Ai dos incautos! Ademais, não podemos ficar inertes diante destes dados eu temos, nem podemos duvidar de santos como Dom Bosco. Seus sonhos proféticos têm se realizado, então por que não este?

Na firme esperança em Deus, mantenhamos acesa a chama da fé. De fato, depois que as coisas tiverem início, será fulminante, e então nem teremos tempo de perguntar ou de questionar nada. A chave principal é, pois a saída do Papa. Olhemos para ele!
 
Algumas pessoas acham impossível que em tão pouco tempo todas estas coisas irão acontecer, outras não chegam a entender os motivos que levam nosso Deus a agir com tanta rapidez, que o fará, evitando que todos os homens sejam esmagados pela fúria de satanás e seus comandados, homens e demônios. Vejamos os motivos:

01 – Rápida desagregação da Igreja, pela desobediência generalizada do clero ao Santo Padre, também com a eliminação de tudo que é sagrado, despindo as igrejas das imagens, afastando os sacrários, deixando de lado a missão de conduzir as almas para Deus, em busca do mundo se seus prazeres. Além do que negam os Dogmas da Igreja e até mesmo os milagres de Jesus. O Modernismo, e o relativismo estão matando a fé. Com isso se instala uma apostasia generalizada, que sacode a Igreja até os fundamentos.

02 – Banalização da Santa Missa, que está sendo transformada em festa, em mera ceia protestante, quando se trata de Sacrifício incruento da Cruz, e rememoração do Calvário. Nisso se constitui a “abominação da desolação” predita por Daniel e apontada por Jesus. Sem a Eucaristia, o mundo morre.

03 – Rápida desagregação das famílias, onde se travam verdadeiras guerras, porque não se unem mais para rezar e se tornam uns inimigos dos outros. A unidade familiar está sendo solapada por falsas psicologias, e a educação dos filhos é levada a descaminhos, onde o fim é a destruição moral já a partir das crianças inocentes.

04 – Rápida evolução das leis do aborto, atentados contra a vida nascente, crime sem dúvida o mais hediondo, que leva algumas nações a autorizarem o aborto até uma hora antes do nascimento. Estas nações em breve beberão o fel da ira de Deus. Também dele beberão os que promovem as leis imundas da eutanásia, das pesquisas com as células tronco-embrionárias, e tudo que atente contra a vida humana.

05 – Crescimento assustador da causa gay, em todos os países, com leis que tendem a premiar o homossexual ativo como pessoa especial, que deve ser protegido por lei, dando cadeia a quem se manifestar contra o pecado deles. Em nome da tolerância e também da discriminação, confunde-se o pecador com seu pecado, quando na realidade não existe um só estado que tenha direito de legislar acima e contra a moral que vem de Deus.

06 – Rápido crescimento da nova corrida armamentista, onde a China, Rússia, Índia, Coréia do Norte e povos árabes se armam de um lado e Estados Unidos e Israel do outro, sinal de proximidade de um confronto de trágicas conseqüências. Acresce a isso a invenção de armas cada vez mais destruidoras que são incorporadas a arsenais já mais que suficientes para eliminar milhares de vezes cada cidadão. Calcula-se que cada criança que nasça hoje neste planeta, tenha sobre sua cabeça mais de 2.500 kg de dinamite.

07 – Rápido esfacelamento moral dos povos, que praticam cada vez mais tudo aquilo que é abominável a Deus, e aceitam tudo isso como normal. Todas as civilizações do passado, quando chegaram a este nível atual de imoralidade – algumas nem chegaram a isso – imediatamente se autodestruíram, pois nada subsiste longe de Deus. A sociedade moderna na realidade hoje resolveu dizer que Deus não existe e por isso o homem se faz Deus de si mesmo e então terá que provar, no cadinho da Ira Divina, o que significa uma terra sem Deus o Senhor de todos nós.

08 – A falsa calmaria econômica de hoje, com alguns grandes exploradores controlando fortunas que se empilham até os céus, prenuncia uma derrocada iminente de todos os setores da economia; com a falência das empresas – via bolsas de valores – seguindo a falência dos bancos, dos governos, dos planos de saúde e dos sistemas de aposentadoria e de todos aqueles que vivem da exploração e do ganho financeiro fácil. Isso prenuncia muita fome, guerras civis e confusões em todos os países, que prepararão terreno para a 3ª Guerra mundial, e o advento do anticristo, o mais monstruoso de todos os homens.

09 – A maldade crescente dos povos, a ira belicosa em especial dos filhos de Maomé, o ódio acumulado por certas sociedades, prenuncia uma explosão jamais havida desde que o homem existe na terra. Além disso, a perseguição religiosa, em especial contra os seguidores de Jesus Cristo, mais ainda sobre os católicos, demonstra uma presença ostensiva de todo um inferno que se derrama sobre a terra.

10 – É visível e crescente a atividade vulcânica, também a mudança rápida do clima pelo aquecimento global. E rápido derretimento das geleiras, a mudança das correntes marítimas pelo excesso de água doce que está entrando nos oceanos, além da mudança dos regimes de chuvas leva a formação de furacões e tempestades como nunca houve antes. Tudo isso é sinal de que aos poucos Deus deixa a terra a mercê do inferno, uma vez que os homens não O querem mais por perto.

No meio de todas estas tribulações, e para evitar que a loucura humana acabe com a própria civilização, é preciso que o Criador aja em nosso favor, porque a fúria dos agentes do inferno é demolidora. Antes então, que o homem resolva explodir todos os arsenais nucleares sobre a própria cabeça, o Senhor de todos intervirá para salvar os seus.

Não podemos esconder que, no meio de tudo isso, bilhões de homens morrerão. Eu não tenho nenhum medo de estar errando, se disser que mais de bilhões de almas irão deixar este planeta, a imensa maioria rumo aos céus, até que tudo se tenha consumado. E todos nós deveremos estar preparados para enfrentar situações nunca vistas, quando precisaremos da total proteção de Deus, por seus anjos e santos.

Nós veremos muitas desgraças ainda. Tudo isso é fruto da maldade humana e do pecado. Porém, não devemos temer nada, porque Deus é conosco, e se Ele for ao nosso favor, quem será contra nós? Ele agirá no meio da tempestade, e podem ter certeza de que na medida em que as catástrofes foram acontecendo e passando, e passando pela gente e não nos atingindo, como nunca amaremos a este Deus infinitamente bom.

Nenhum lugar da terra é seguro, somente seu cantinho de oração, em sua casa. Deus irá transformar o mundo, quer queiram os homens ou não, e o fará melhor. Reúna, pois, a sua família em torno do rosário, reze pelo menos o casal, nem que seja um terço por dia e se estará fazendo tudo o que é possível neste momento. Manter a confissão em dia é o que nos pede a situação atual, porque ninguém sabe nem o dia, nem a hora em tudo irá começar ou terminar. Só sabemos que tudo está próximo...

Mas quando tudo passar, os eleitos de Deus, aqueles que tiverem a imensa graça de continuarem a povoar esta terra, viverão uma vida de delícias, porque Deus transformará esta terra inteira, num novo paraíso e melhor que o antigo, para felicidade dos justos e alegria permanente dos povos. Será fantástico para quem nela viver...

Por outro lado, o Céu, nosso destino maior, sempre será melhor do que aqui e esta é nossa meta suprema. Alegria é poder trabalhar para que este reino aconteça, e para que enfim leguemos às nossas futuras gerações, aos nossos filhos, netos e sucessores, uma vida verdadeiramente em Deus, com Deus e para Deus, em meio a felicidades sem fim.

Não vale a pena lamentar por aquilo que passa. Não vale a pena se apegar ás coisas desta terra, porque tudo o que temos nos será tirado, quem ainda nada perdeu, prepare-se para perder tudo. O Reino que vem será melhor e tudo será de todos, sem ganâncias nem usuras, sem disputas nem rancores, sem ódios e sem guerras. Somente um povo pacífico restará aqui, voltado inteiramente para seu Deus e Senhor, e assim até que vidas humanas houver neste planeta.

Pois está decretado: “Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte (Ap 21)”. A segunda morte é a morte eterna, destino final de todos os que transformaram nossa terra neste inferno e que o desejam para os outros.

Quem viver, verá! O Senhor disse e o fará! Não tenhamos medo, nem lamentemos este horror que se esvai. Porque nunca mais “haverá aí nada de execrável, mas nela estará o trono de Deus e do Cordeiro. Seus servos lhe prestarão um culto. Verão a sua face e o seu nome estará nas suas frontes (Ap 22)”.

Finalmente, você que reza e pede a conversão dos seus, mesmo que ela pareça não chegar, JAMAIS se desespere, a graça virá a seu tempo. Nada, nenhuma outra coisa deve preocupar-nos hoje, que não seja o estado de nossa alma, e da alma dos que nos são caros. Não saia de seu emprego, nem tente fugir para outro local, leve uma vida normal, pois Jesus não quer encontrar ninguém parado quando Ele chegar como Juiz! Apenas reze e confie! E veremos as maravilhas de Deus. Sem medos, antes plena confiança!
 
E termino assim: que irá acontecer depois do dia 22/02/2012? Ou em 28/03/2012? Não sabemos! A única coisa é que se irá cumprir ali tudo o que está descrito nos capítulos 10 a 13 do apocalipse. Penso que é durante estes 1260 dias que se dará a GRANDE TRIBULAÇÃO, que terá um auge de sete meses, tempo em que o Papa estará fora do Vaticano, conforme previu Dom Bosco e como está na mensagem ao Cláudio. Mas isso pode acontecer tanto no início, quando no meio, como no final dos 1260 dias. O mais certo é que, a partir destes 1260 dias a Igreja ressurgirá vitoriosa, para fúria dos infernos e da besta.
 
E assim, isso nos pode sinalizar que temos ainda alguns meses a mais ainda com Bento XVI, isso quando muitos acham que contados 90 dias depois da Carta às Nações, ele terá de fugir. Nada disso é certo e conclusivo. Nós devemos andar um passo a cada dia, com olhos atentos aos profetas e às Escrituras. Certamente não saberemos aviso sobre fatos graves, com muitos meses de antecedência, mas tempo apenas para os que acreditam se preparem.
 
Meu sentimento é que a Carta que desagradará à maioria dos bispos e padres é aquela que OBRIGA os celebrantes a rezar em latim a fórmula da consagração nas Santas Missas. Isso provocará uma revolução entre eles, e fará explodir a rebelião. Aliás, está esgotando o prazo dado pelo Santo Padre para que se aplique o “pro multis” na fórmula da consagração, mas até hoje nunca ouvi um só sacerdote obedecer. E isso é já rebelião declarada... Que trará o caos ao mundo. Que fará a terra em pedaços! Isso com 100% de certeza!

Aarão
 
PS: Quando tudo começar a acontecer, NINGUÉM perguntará mais coisa alguma, nem pensará em datas. A maioria pensará mesmo que é melhor morrer, que ficar aqui!



www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 16/07/10 às 11:08:20 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.

LEIA TAMBÉM












Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES