Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 6467 - A besta nos cadastra
Artigo visto 2139 vezes




Visto: 2139
Postado em: 19/10/10 às 23:22:30 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=6467
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Sexta-feira, Agosto 24, 2007

Lula estupra a Constituição e negocia com os ingleses da Serasa as dívidas e os dados sigilosos dos brasileiros Segunda Edição de Sexta-feira do Alerta Total

http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça agora o podcast Alerta Total no seu computador.

http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

O Governo federal comete mais uma inconstitucionalidade contra os cidadãos-eleitores contribuintes. O presidente Lula da Silva fechou um acordo com os ingleses para cometer o crime de violar a privacidade dos brasileiros. O Ministério da Fazenda e a Super Receita Federal prometem, em três semanas, incluir, na Serasa, o nome de brasileiros com débitos tributários. Uma negociata destas seria motivo para um impeachment, por crime de lesa pátria e de responsabilidade. O agravante é que a Serasa pertence aos ingleses do Experian Group Limited, desde 26 de junho passado.

Não foi por coincidência que este acordo inconstitucional entre o governo brasileiro e a Serasa foi anunciado, exatamente, na semana em que o prefeito do distrito financeiro da City Londres, sir Lord Mayor John Stuttard, visita o Brasil. Na edição de 22 de março de 2007, o Alerta Total antecipou que os controladores ingleses da economia mundial controlariam as informações pessoais de cada cidadão brasileiro, com a conivência do governo petista, que é sustentado pela Oligarquia Financeira Transnacional. Vendida pelos bancos brasileiros ao capital inglês, a Serasa possui o maior banco de dados da América Latina sobre consumidores, empresas e grupos econômicos.

O advogado Ives Gandra Martins considera que a medida viola não só o Código Tributário Nacional (CTN), mas também fere a Constituição, que assegura aos cidadãos o direito à privacidade. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional estuda como será o cronograma de inclusão dos nomes dos devedores na Serasa. A inclusão na “lista negra” ocorrerá paulatinamente. Já está acertado, por exemplo, que contribuintes que tenham dívidas, mas estejam com parcelamento em dia, não serão incluídos, assim como aqueles com bens penhorados que estejam na fase de execução fiscal, e os que têm liminar na Justiça suspendendo a cobrança da dívida.

O Experian Group Limited é líder global na prestação de serviços analíticos e de informação a organizações e consumidores. A empresa é listada na Bolsa de Valores de Londres (London Stock Exchange), tem 13.500 funcionários em 36 países (atendendo a clientes em mais de 60 países) e gera receitas anuais de US$ 3,5 bilhões. A empresa tem sede administrativa situada em Dublin, na Irlanda, e duas sedes operacionais, em Costa Mesa, Califórnia, e Nottingham, no Reino Unido. O executivo-chefe da empresa britânica é Don Robert.

No Brasil, a Experian comprou em meados de abril a Inform@rketing - uma empresa de marketing que atua no gerenciamento de campanhas e no tratamento de mailing lists. Entre os clientes da Experian, estão instituições financeiras, empresas de comunicações, planos de saúde, seguradoras, comércio varejista, empresas de vendas por correspondência e pela internet, entre outros.

O controle sobre as informações pessoais de cada cidadão brasileiro foi a maior tacada da City de Londres, que já comanda a reestruturação da Bola de Mercadorias & Futuros (BM&F) do Brasil. O negócio foi fechado por Alcides Lopes Tápias, presidente da Aggrego Consultores, que prestou consultoria para as companhias envolvidas na transação. O Experian adquiriu 65% da Serasa. Pagou US$ 1,2 bilhão (cerca de R$ 2,32 bilhões) pela empresa, que era controlada pelos bancos Itaú, Bradesco e Unibanco.

Após a operação, a fatia do Bradesco no capital da empresa passou de 26,50% para 8,36% (corresponde à venda de 676.503 ações ordinárias), do Itaú foi de 32,63% para 10,29% (832.176 ações), e do Unibanco caiu de 19,17% para 6,05% (489.195 ações ordinárias). Os três bancos continuam acionistas e indicam membros do conselho de administração. Além disso, os bancos Santander Banespa, ABN Amro Real e HSBC, que tinham participações de 7%, 5,32% e 4,33%, respectivamente, também venderam cerca de 68% de sua participação na Serasa.

Nos próximos seis meses, a participação da Experian na Serasa aumentará para 70%. A Experian controla três dos cinco principais grupos de análise de crédito do mundo - Estados Unidos, Reino Unido e Brasil.

Os donos do mundo

A City de Londres já ultrapassou Nova York, como principal praça financeira do mundo.

Quem prova isso, com números, é Lord Mayor John Stuttard - prefeito do distrito financeiro de Londres, que passa a semana visitando o Brasil.

“Posso garantir que Nova York não é o centro financeiro do mundo, mas sim Londres”.

Isto é a Oligarquia Financeira Transnacional

Entre os números da City, Sir Stuttard destaca aqueles que a colocam na liderança mundial em diversos setores.

Londres tem a maior carteira de empréstimos internacionais, com mais de cinco trilhões de libras esterlinas em ativos.

Possui 519 empresas listadas na Bolsa de Valores.

Emprega um milhão de pessoas.

Registra 31% do movimento mundial em câmbio de moeda estrangeira (US$ 753 bilhões) e 70% dos eurobonds negociados.

Acredite quem quiser...

O secretário da Super Receita, Jorge Rachid, jura que será preservada a privacidade dos contribuintes, inclusive dos devedores. A procuradora da Fazenda alega base legal para a inclusão no Serasa do nome de pessoas que estão na dívida ativa.

A lista negra seria autorizada pelo Código Tributário Nacional, no artigo 198.

"Este artigo diz que não é vedada divulgação de informações de inscritos na dívida ativa. Mas não vamos divulgar todos os dados. As informações que serão disponibilizadas serão bem restritas. Estamos avaliando com cuidado e não vamos ser irresponsáveis".

Recado aos devedores

A procuradora-geral adjunta da Fazenda Nacional, Marciane Zaro Dias Martins, adverte que, para evitar uma chuva de ações judiciais de dano moral, a procuradoria está definindo alguns critérios para inclusão dos nomes.

"Não podemos colocar integralmente os cadastrados da dívida ativa na Serasa, e isso não seria nem salutar, já que se trata de 3 milhões de pessoas".

Por isso, a burocrata dá um conselho aos devedores:

"Recomendo que os contribuintes procurem regularizar sua situação".

==========================================

OBS: Incompreensível que uma nação que se pretenda livre, permite que cheguemos nesta situação. Primeiro permitindo que o maldito "serasa" pertença a um órgão internacional e depois que se abra para eles um cadastro de 3 milhões de contribuintes.

Estes dados vão certamente para a garganta peçonhenta do computador central da besta, que fica em Bruxelas na Bélgica, e já prepara terreno para salutares medidas futuras contra os rebeldes inadimplentes. A sanha diabólica de controle das pessoas, por parte deles, não tem sofrido entraves nem barreiras, antes governos subservientes como o nosso lhes servem de bandeja os dados de cidadãos indefesos.

Enquanto isso, de outro lado, nossas reservas florestais estão sendo rapidamente compradas pelas empresas estrangeiras e riquíssimos empresários de outras nações, sob o pretexto pífio da tal "reserva de carbono". Acorda Brasil! Manda estes monstros comprar vastas áreas dos oceanos porque é de lá que sai a reciclagem do ar da terra e não das florestas do Brasil. Isso tudo é para nos imobilizar, nos escravizar! Quando entenderão isso, meu Deus?

Preparemo-nos para abatalha final. Logo vem a marca! O cadastro prévio já está sendo feito! Quando você compra numa loja e faz seu cadastro, quando você financia no banco e dá seus dados, quando você declara IRPF e põe na goela do leão, ou obtém um cartão de crédito, e quando você compra pela internet, está mergulhando diretamente na goela do monstro.... E cai como eu, como um patinho!

Mas, calma: Deus é Maior que isso tudo! Logo se verá que diante de Deus o monstro mia como um gatinho recém nascido... Ou nem mia?

Quem está com Deus não tema: que se marque com a Cruz!

PS: Acabei de receber outro email de uma pessoa que conhece o assunto: na realidade o banco de dados que eles querem transferir para a besta é de 45 milhões de brasileiros..


www.recadosaarao.com.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.682.241
Visitas Únicas Hoje: 2.329
Usuários Online: 499