Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 6492 - SINTO VERGONHA
Artigo visto 1859 vezes




Visto: 1859
Postado em: 25/10/10 às 19:52:48 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=6492
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Não há como Ruy Barbosa parar de gritar aos meus ouvidos o que havia dito em 1917. Poderia ter sido escrito hoje sem mudar uma palavra… É de uma impressionante atualidade.
Sinto Vergonha de Mim
Sinto vergonha de mim
por ter sido educador de parte desse povo,
por ter batalhado sempre pela justiça,
por compactuar com a honestidade,
por primar pela verdade
e por ver este povo já chamado varonil
enveredar pelo caminho da desonra.

Sinto vergonha de mim
por ter feito parte de uma era que lutou pela democracia,
pela liberdade de ser e ter que entregar aos meus filhos,
simples e abominavelmente,
a derrota das virtudes pelos vícios,
a ausência da sensatez no julgamento da verdade,
a negligência com a família, célula-mater da sociedade,
a demasiada preocupação com o “eu” feliz a qualquer custo,
buscando a tal “felicidade” em caminhos eivados de desrespeito
para com o seu próximo.

Tenho vergonha de mim
pela passividade em ouvir, sem despejar meu verbo,
a tantas desculpas ditadas pelo orgulho e vaidade,
a tanta falta de humildade para reconhecer um erro cometido,
a tantos “floreios” para justificar atos criminosos,
a tanta relutância em esquecer a antiga posição de sempre “contestar”, voltar atrás e mudar o futuro.

Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo que não reconheço,
enveredando por caminhos que não quero percorrer…

Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra, das minhas desilusões e do meu cansaço.
Não tenho para onde ir, pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir meu Hino e jamais usei a minha Bandeira para enxugar o meu suor
ou enrolar meu corpo na pecaminosa manifestação de nacionalidade.
Ao lado da vergonha de mim, tenho tanta pena de ti, povo brasileiro!

De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

E EU ACRESCENTO...

Sinto vergonha de não ter feito tudo o que podia para evitar esta tremenda viliania, de ver nossa nação mergulhar no horror do comunismo desumano. Que é o governo de satã e dos tiranos.

Sinto vergonha de ser governado pelo governo que temos, onde a mentira é o cetro do poder, e a corrupção desenfreada a norma já aceita, onde o demônio já se aninha e deita.

Sinto vergonha do presidente que temos, motivo de escárnio para o primeiro mundo, e que é capaz de se vanglóriar da própria insensatez. Não tem postura de chefe de estado, nem lucidez para governar uma nação.

Sinto vergonha de ter rezado pouco, pois quem sabe assim evitaria que nossa Igreja mergulhasse quase em peso na multidão dos guias cegos. Ou loucos?
 
Só não sinto vergonha de ser brasileiro de verdade, porque recebi de Deus a graça de não me calar diante de tanta vilania, corrupção, mentira, desfaçatez e imoralidade.


www.recadosaarao.com.br



LEIA TAMBÉM
NA MORTE
ATAQUES DO MALIGNO
PARA ÓDIO DA BESTA
Pe. Paulo: A Igreja amordaçada pelo PT
Diocese se defende
FOGO e ÓDIO
CEMITÉRIO TERRÍVEL
CNBB racha
DEUS ETERNO



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.269.783
Visitas Únicas Hoje: 815
Usuários Online: 225