Espacojames


Página Inicial
Listar Mistérios




Artigo N.º 118 - Sangue em imagem de Cristo surpreende
Artigo visto 3499 vezes




Visto: 3499
Postado em: 26/04/08 às 16:37:30 por: James
Categoria: Mistérios
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=9&id=118
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Mistérios


Fé, emoção, mistério, desconfiança. Foram estes os sentimentos que invadiram o dia dos moradores de Macatuba (46 quilômetros de Bauru) neste sábado (05.04.2008), tão logo a notícia de que a imagem do Sagrado Coração de Jesus “chorou” sangue se espalhou pela cidade.


Não demorou muito para que uma pequena procissão, que foi ganhando corpo ao longo do dia, se formasse na Igreja Matriz de Santo Antônio, em frente à imagem, que precisou ser protegida por bancos para não ser tocada.

Até por volta das 21h30, a cena que se via no local era a mesma: pessoas vindas de todos os cantos da cidade, movidas pela fé ou pela curiosidade, passavam pela imagem. Algumas choravam. Outras rezavam. Outras tiravam fotos. Na saída, questionadas, não sabiam o que dizer do fenômeno.

“Acho que vem coisa muito boa por aí, a cidade foi abençoada”, diziam alguns. “Acho que precisamos ficar atentos. Deus quer nos mostrar alguma coisa”, falavam outros. E em meio a tantas opiniões, o padre José Raimundo de Carvalho, pároco da Matriz de Santo Antônio há oito anos, pedia cautela nas avaliações dos fiéis.

Ninguém sabe explicar ao certo o horário exato em que a imagem do Sagrado Coração teria começado a verter sangue pelos olhos. Logo pela manhã, às 7h30, como faz todos os dias há cerca de dois anos, Florinda Estrada, responsável pela limpeza interna e externa, abriu a igreja.


Logo depois, uma mulher, cujo nome as pessoas não souberam precisar, mas que vai todos os dias à igreja antes de seguir para o trabalho, no Centro de Macatuba, chegou ao local. E como também faz todos os dias, rezou. Antes de ir embora, passou pela imagem do Sagrado Coração de Jesus.


“Ela me procurou chorando. Estava muito nervosa mesmo. Disse que tinha alguma coisa errada com a imagem e queria que eu dissesse o que era”. Mas Florinda disse não ter a resposta que a mulher queria.

Sangue - A primeira medida foi verificar se o líquido que vertia dos olhos da imagem de Cristo era sangue. Padre Raimundo procurou o farmacêutico José Henrique Soares. No local, havia gotas do líquido vermelho no chão.

Nelas, Soares pingou água oxigenada e houve uma reação típica da que ocorre quando há sangue - a mistura “ferveu”, a exemplo do que ocorre quando há um ferimento na pele e alguém aplica água oxigenada. Cerca de cinco pessoas, segundo Soares, acompanharam a ação.

O sangue também foi confirmado pelo laboratório de análises clínicas da cidade, que apresentará amanhã um laudo ao padre José Raimundo. Difícil dizer neste momento, porém, se trata-se de sangue humano ou não. Soares não tem uma opinião formada sobre o fenômeno.

Católico, mas não-praticante, observou que as gotas de sangue que estavam no chão e um pingo que se formou na face da imagem estavam coagulados. Mas preferiu não avançar nas suas avaliações. Farmacêutico há 30 anos, disse nunca ter se deparado com qualquer fenômeno parecido. Questionado sobre o que sentiu ao se aproximar da imagem, respondeu rapidamente: “Uma emoção muito forte.”

Interpretação - Pároco da Igreja Matriz de Santo Antônio há oito, padre José Raimundo de Carvalho é cauteloso ao falar sobre o assunto. E foi cautela que também pediu às pessoas mais próximas da paróquia, como os ministros da Eucaristia, por exemplo, quando falarem sobre o fenômeno com as pessoas.


Padre José Raimundo disse que o fenômeno verificado em Macatuba é passível de diversas interpretações, inclusive científica, e não fará nenhuma oposição a uma investigação mais detalhada do caso, se houver necessidade. Por enquanto, segundo ele, sabe-se que o líquido que verte dos olhos da imagem do Sagrado Coração é sangue.



“Isso foi confirmado por exames laboratoriais”, disse. Ele terá os laudos em mãos hoje. De qualquer modo, o padre evita em usar o termo fenômeno para falar do caso, até por orientação da Igreja Católica. “Como já ocorreu em outros lugares, pode ser uma fraude”, avalia.



Apesar de não ter conseguido falar com o bispo dom Luiz Antônio Guedes, que está participando de uma assembléia de bispos em Itaici, região de Americana, para saber que medida adotar, por enquanto, padre José Raimundo não fará nada para impedir a visitação pública e as procissões à imagem do Sagrado Coração.



“Estaremos atentos a tudo o que acontecer e não queremos induzir ninguém a crer em alguma coisa diferente daquilo que a palavra de Deus diz”, afirma. “Vamos conversando com as pessoas tentando fazer com que não acreditem muito na imagem em si. A Igreja é cautelosa.



Embora permita o culto das imagens, quando se trata de fenômenos extraordinários, somos muito cautelosos”, emenda. Questionado sobre a reação que teve ao ver Jesus Cristo “chorando” sangue, padre José Raimundo se disse cético. “Não tive reação nenhuma, a não ser a de orientar as pessoas a tratar com cuidado o assunto. E como padre, quero aproveitar o momento para pregar a palavra de Deus e estimular a reflexão espiritual.” - Fonte: Portal O Verbo.



www.contatodireto.fot.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.653.453
Visitas Únicas Hoje: 1.196
Usuários Online: 508