Os cavaleiros do apocalipse começam a marchar sobre a Terra
Espacojames



Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 274 - Os cavaleiros do apocalipse começam a marchar sobre a Terra
Artigo visto 3615




Visto: 3615
Postado em: 20/11/07 às 10:08:23 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=274
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos


"O quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caíra sobre a terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo. E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como fumaça de uma grande fornalha; e com a fumaça do poço escureceram-se o sol e o ar. Da fumaça saíram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o que têm os escorpiões da terra. Foi-lhes dito que não fizessem dano à erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm na fronte o selo de Deus. Foi-lhes permitido, não que os matassem, mas que por cinco meses os atormentassem. E o seu tormento era semelhante ao tormento do escorpião, quando fere o homem. Naqueles dias os homens buscarão a morte, e de modo algum a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles". (Livro do Apocalipse)

Furacões mais intensos. Tornados devastadores com maior frequência. Secas catastróficas. Inundações maciças. O mar subindo e inundando cidades e desaparecendo com ilhas e países. Dezenas de milhões morrendo de fome. Pragas atingindo áreas agrícolas. As calotas polares derretendo totalmente. Ondas de calor sufocantes. O mundo conhecerá dentro de instantes em Paris, na França, o Sumário para Formuladores de Políticas, o primeiro de uma série de documentos sobre o aquecimento global que será divulgada pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas da ONU. As conclusões que são antecipadas pela imprensa apontam para o período mais quente na Terra em 1.300 anos e que os efeitos do aquecimento global perdurariam por mil anos mesmo se os homens acabassem neste momento com todas as suas atividades poluidoras. O cenário que se desenha é, no mínimo, apocalítico. As circunstâncias que cercaram a redação final do documento, entretanto, colocam em dúvida a sua credibilidade.

Centenas de cientistas especialistas em clima e representantes de governos de todo o mundo trabalharam durante toda a semana a portas fechadas e, não raro, com cortinas cerradas em um prédio da ONU na capital francesa a fim de resumir os fatos em torno do aquecimento global divulgados nesta sexta-feira no Assesment Report 4 - Summary for Policy Makers. "Os cientistas não podem ser forçados a alterar os seus documentos e estudos, mas governos podem exigir modificações no Sumário para Formuladores de Política", revelou em entrevista ao jornal Herald Tribune o secretário-executivo da Convenção das Nações Unidas para Mudanças Climáticas. Os principais autores do relatório desta sexta-feira foram inundados nos últimos dias por telefonemas e e-mails de outros cientistas e experts interessados em defender suas posições, favoráveis ao indicativo menos ou mais catastrófico em relação ao aquecimento global. Com tradutores virando as noites para publicar os documentos em seis idiomas e representantes de governos pressionando para que as conclusões não conflitassem com os interesses dos seus países e governantes, rusgas estouraram nas salas fechadas do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas da ONU. "Eles tentam destacar a existência de incertezas em certas questões", disse um cientista participante da reunião do IPCC em entrevista ao jornal na condição de anonimato. Na quarta-feira à noite, frustrados com as pressões dos Estados Unidos e da China para que a linguagem do documento fosse alterada, alguns pesquisadores enviaram e-mails descrevendo que "isso aqui está se tornando um processo impossível". Governos pressionavam para aumentar ou diminuir as projeções constantes do documento.

O documento mais importante do ano relacionado ao aquecimento global não é o AR4 desta sexta-feira, escrito por políticos e cientistas, mas sim o WG1, o relatório preparado exclusivamente por cientistas e que dá sustentação ao documento de hoje, cuja previsão de divulgação é maio deste ano. Somente pessoas ligadas ao IPCC da ONU têm acesso ao Relatório Working Group I entre este 2 de fevereiro e a sua divulgação daqui a três meses. Tal procedimento é descrito como incomum em relatórios de comissões. O código de procedimentos do IPCC (Seção 4) estabelece: "Mudanças (que não sejam gramaticais ou pequenas alterações editoriais) feitas após a aceitação do Grupo de Trabalho ou o Painel serão aquelas necessárias a garantir a consistência com o Sumário para Formuladores de Políticas ou o Capítulo Geral". Assim, o lapso de três meses até a divulgação do relatório (o mais importante e feito somente pelos cientistas) tem como objetivo permitir aos pesquisadores que adaptem o seu documento técnico ao Sumário para Formuladores de Políticas (que tem ingerência política). Tal fato coloca uma mancha no trabalho do IPCC e compromete a sua credibilidade. Agora, como o regramento do Painel de Mudanças Climáticas da ONU sugere que nenhuma vírgula poderia ser alterada do WG1 após o dia de hoje de forma a garantir "consistência" com o Relatório para Formuladores de Política, o risco é a existência de documentos partindo do mesmo órgão com conclusões distintas ou opostas.

Um pesquisador norte-americano favorável ao aquecimento global e com quem tivemos oportunidade de trocar idéias esta semana nos resumiu com sabedoria toda a complexidade envolvendo a questão. "Quando a política invade a ciência, três grupos se formam: os favoráveis, os contrários e a verdade". Diz o IPCC a verdade no seu primeiro relatório ? Você confiaria em documento cujas conclusões foram negociadas por governos ? "E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como fumaça de uma grande fornalha; e com a fumaça do poço escureceram-se o sol e o ar". A fumaça dos interesses obscurece a razão científica, seja ela favorável ou contrária ao aquecimento global, e da terra brota o apocalipse da verdade !!

Publicado no Blog Direto da MetSul em 2 de fevereiro de 2007 pelo meteorologista Eugenio Hackbart



pesquisa no google



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.993.472
Visitas Únicas Hoje: 892
Usuários Online: 182