espacojames



Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 6022 - O direito que não temos
Artigo visto 2703




Visto: 2703
Postado em: 23/08/10 às 23:19:54 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=6022
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos


Autor: Padre Zezinho


A pessoa humana tem muitíssimos direitos. Praticamente, mais direitos do que deveres. O primeiro dos direitos é o direito à vida. Podemos e devemos lutar por todos os nossos direitos, mais inda, quando se trata do direito de viver. Adendos e anexos a ele estão os direitos de viver em paz, com relativo conforto, num lar e numa casa digna, com liberdade responsável e com o mínimo necessário para uma vida digna. Isso pode nos levar a lutar por mais escolas, mais asfalto, mais água, mais luz e esgoto, terra para plantar, preços mais acessíveis, menos juros, mais segurança, direito de associação, direito de ir e vir, direito de crer, direito de falar, direito de discordar.

Mas há, segundo a Igreja, direitos que não temos, por causa dos direitos que o outro tem. Por isso mesmo, não existe o direito de matar. O motivo é mais do que óbvio. Se todos têm o direito de viver, então ninguém tem o direito de matar, nem o Estado. Pode isolar o cidadão numa prisão, por causa do mal que fez ou pretende fazer. Não pode prendê-lo, só porque discorda. Mas, matar, nunca! Somos contra a pena de morte. E somos contra esta pena, não somente para os adultos; ela também se estende ao embrião e ao feto humano. Não temos nem mesmo o direito de matar um embrião, que não parece humano, mas é um futuro adulto.

Quando as mulheres descobrem que estão grávidas vão ao médico, não porque têm uma excrescência indesejável, ou um tumor dentro do seu útero e, sim, porque uma vida se manifestou dentro delas. Pararam de menstruar e foram ter certeza. Diferente da vida delas esta nova vida começou a dar sinais. Mais do que algo, alguém diferente aconteceu no seu corpo. O pequeno intruso pode ter ou não ter sido planejado, mas, a partir daquele momento, a mulher tem deveres que não tinha antes. Toda mulher tem o direito de ser ou não ser mãe, desde que não mate nenhuma vida por este seu direito. Vale dizer que a mulher tem o direito de não conceber ou de conceber, mas, uma vez concebida uma vida, acabou o seu direito de não ser mãe, porque esse direito vai significar a morte da vida que dentro dela começou.

Há direitos que não temos. O piloto, em geral, não é dono nem do avião que pilota, e certamente não o é dos passageiros que entraram no avião que ele comanda. Não viu os rostos, nem sabe os nomes de quem ele vai levar ao destino por eles escolhido. Seu direito de ser piloto a partir da entrada dos passageiros no avião, se transforma em dever. Levá-los, sãos e salvos, ao seu destino. Mulher é como piloto. A vida que se formou nela, não importa como tenha entrado, não lhe pertence. Goste ou não goste, deve levá-la ao nascimento, porque aquela vida não tem culpa do que aconteceu no útero dela.

A Igreja Católica que ultimamente virou saco de pancadaria em certo tipo de mídia e é duramente criticada por sua posição inflexível contra o aborto, faz o que faz porque acha que matar é um direito que não temos. É contra o aborto, pela mesma razão que a faz ser contra a pena de morte. Gostaríamos de nos livrar, de uma vez por todas, de certas pessoas incômodas, mas não podemos. Mesmo assassinas, elas possuem o direito de viver. Se matarmos um assassino, a não ser na hora da agressão e em legitima defesa, faremos o que ele fez com outros e nos tornaremos como ele. Se matarmos um feto, este sim, sempre indefeso, faremos a mesma coisa que fez o assassino: decidiu eliminar alguém porque achava seu objetivo maior do que esta vida humana. Demos o nome que dermos ao nosso ato, o fato é um só: matamos uma vida que se formava dentro de uma mulher. Não era um tumor. Era um futuro ser humano! Simplesmente, não temos tal direito!


www.nsrainha.com



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!



Total Visitas Únicas: 9.150.598
Visitas Únicas Hoje: 1.138
Usuários Online: 159