Espacojames


Página Inicial
Listar Padre Jonas Abib




Artigo N.º 13730 - Precisamos ser valentes para o Senhor
Artigo visto 1587




Visto: 1587
Postado em: 11/09/15 às 12:39:04 por: James
Categoria: Padre Jonas Abib
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=209&id=13730
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Padre Jonas Abib

O Senhor se alegra com a nossa valentia

Os fariseus, escribas e doutores da lei tinham mais de trezentas leis. Além da leis, tinham tradições e, o mais importante, queriam que o povo observasse todas essas leis e tradições. Eram rigorosos. A lei não existia para salvar, mas para oprimir. Não quer dizer que Deus quisesse isso, mas eles o queriam.

Num sábado, Jesus estava passando através de plantações de trigo. Seus discípulos arrancavam e comiam as espigas, debulhando-as com as mãos. Então, alguns fariseus disseram: “por que fazeis o que não é permitido em dia de sábado?”. Jesus respondeu-lhes: “Acaso vós não lestes o que Davi e seus companheiros fizeram, quando estavam sentindo fome? Davi entrou na casa de Deus, pegou dos pães oferecidos a Deus e os comeu, e ainda por cima os deu a seus companheiros. No entanto, só os sacerdotes podem comer desses pães”. E Jesus acrescentou: “O Filho do Homem é senhor também do sábado” – ( Lc 6,1-5).

Aquele povo, ao invés de poder ser feliz diante de Deus, orar e cantar salmos ao Senhor, eram oprimidos com uma porção de tradições. Até o passos que as pessoas davam no dia de sábado eram contados. O sábado não era salvação, mas uma recriminação. Jesus, para responder, não fala direto, Ele conta um fato. Jesus disse: “Acaso vós não lestes o que Davi e seus companheiros fizeram, quando estavam sentindo fome? Davi entrou na casa de Deus, pegou dos pães oferecidos a Deus e os comeu, e ainda por cima os deu a seus companheiros”.

Se Davi pegou os pães consagrados a Deus, comeu e deu de comer, isto é possível e permitido por Deus. “O Filho do Homem é Senhor também do sábado”. Jesus está dizendo nesta Palavra: “Não somente eu posso permitir isto, mas Eu Sou Senhor do sábado”. Dizer que é o Senhor do sábado é dizer que é Senhor de tudo. Jesus se declarou O Senhor.

É preciso que nós nos entreguemos a Jesus e vivamos para Jesus. Aquilo que no grego se chama parrésia é tão denso e tão forte que, para traduzir, seria necessário outras palavras. Parrésia significa: coragem, destemor, desassombro, entusiasmo e intrepidez. Veja todas estas palavras para traduzir parrésia. É assim que devemos amar Jesus e nos entregar a Ele. Viver para Jesus e ser de Jesus com toda a coragem. Como o Senhor gosta de ver a nossa coragem para com Ele! Não somente Ele diz: “Coragem meu filho!”, mas Ele aplaude a nossa coragem com alegria.

Precisamos ser valentes para o Senhor, enfrentarmos tudo o que for necessário. Desculpe a expressão, mas somos “covardes” e “medrosos”. Porém, o Senhor quer que sejamos valentes para Ele. É o Senhor que faz com que nós deixemos todo o destemor. Cada um de nós precisa fazer a sua parte. Diante daquilo que enfrentamos, precisamos ter destemor.

O Espírito Santo nos dá desassombro. Nós precisamos agarrar o destemor e enfrentar as situações com desassombro. Parrésia é entusiasmo. E como o Senhor quer que tenhamos entusiamo! Sirva a Ele com entusiasmo! Ame a Ele com alegria! A palavra ´entusiasmo´ vem do egípcio e significa ´estar cheio de Deus´. Quando enfrentamos todas as situações com Deus, somos uma pessoa intrépida em todos os seus atos. Meus irmãos, é isto que o Senhor espera de nós, de mim e de você.

Irmãos, e vós, que outrora éreis estrangeiros e inimigos pelas manifestas más obras, eis que agora Cristo vos reconciliou pela morte que sofreu no seu corpo mortal, para vos apresentar como santos, imaculados, irrepreensíveis diante de si. Mas é necessário que permaneçais inabaláveis e firmes na fé, sem vos afastardes da esperança que vos dá o evangelho que ouvistes, que foi anunciado a toda criatura debaixo do céu e do qual eu, Paulo, me tornei ministro” – (Cl 1,21-23). Estrangeiros aqui significa estar longe de Deus, e Ele nos quer perto. O Senhor quer para nós a nossa santidade. A primeira coisa que Ele quer é que sejamos santos e, depois, imaculados. Imaculados significa sem mancha. O Senhor não quer que você viva se arrastando pelo chão. O Senhor quer que você seja uma pessoa irrepreensível.

Por exemplo, um instrumento musical como a bateria: tem que ser boa e, ao mesmo tempo, é preciso saber bater nela. É assim na nossa vida: o Senhor é a bateria, e ela é ótima, mas você precisa saber bater para dar toda a soronidade que foi mostrada na Primeira Leitura: santos e irrepreensíveis!

Veja que riqueza nas leituras de hoje, que são pequenas, mas muito ricas. São como pedras preciosas. Nós agradecemos muito a Deus, que nos dá a preciosidade destas leituras.

Obrigado, Senhor, porque podemos exclamar: “Quem como Deus!”.

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio.

Pregação ‘É necessário que permaneceis inabaláveis e firmes na fé’ de monsenhor Jonas Abib em 5, de setembro de 2015.


http://padrejonas.cancaonova.com/



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Como me confessar?
As consequências da mentira
O segredo para viver bem o matrimônio
O segredo para viver bem o matrimônio
A Igreja vai passar por tudo aquilo que Jesus passou
Pregação do Monsenhor Jonas Abib no Retiro Mundial dos Sacerdotes, em Roma.
Como ser cheio do Espírito Santo
Compreenda por que devemos romper com os vícios
Como ser um instrumento do Espírito Santo?
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.325.167
Visitas Únicas Hoje: 1.363
Usuários Online: 306