Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 1392 - Executivo do Bank of America diz que EUA ainda não chegaram ao "fundo do poço"
Artigo visto 2406




Visto: 2406
Postado em: 05/04/09 às 07:35:35 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=1392
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Nova York, 2 abr (EFE).- O executivo-chefe do Bank of America, Ken Lewis, acredita que a economia americana chegará ao fundo do poço durante o segundo semestre deste ano, que "será duro para todas as instituições financeiras", e que o país começará a se recuperar no começo de 2010.

"Quando alguém observa sinais mistos (sobre a evolução da economia), quer dizer que o fundo está perto", afirmou hoje Lewis em entrevista concedida à rede de televisão "CNBC", à qual assegurou que, daqui a um ano, "estaremos saindo desta".

O executivo-chefe do Bank of America destacou que os dados de venda de imóveis nos Estados Unidos estão começando a melhorar e que os de comercialização de veículos não estão sendo tão ruins como se previa.

Em sua opinião, os problemas econômicos atuais começam a ficar mais parecidos com uma "típica recessão" do que com "uma queda livre".

Em relação à delicada situação da entidade que dirige, disse confiar em que o Governo americano não pedirá que aumente ainda mais seu capital e que o banco seguirá trabalhando com seus clientes para evitar novas execuções hipotecárias.

"Não convém a ninguém as execuções. São ruins para todo o mundo e particularmente devastadoras para as comunidades", explicou Lewis.

Ele acrescentou que "anseia" em devolver o mais rápido possível parte dos fundos que o Governo injetou em seu capital para que este possa sanear suas contas.

Além disso, admitiu que foi um "erro" aceitar US$ 20 bilhões em fundos públicos, enquanto o banco fechava a polêmica aquisição do Merrill Lynch e após já ter recebido US$ 25 bilhões.

O diretor quis esclarecer durante a entrevista que não aceitou a segunda injeção de capital público só para financiar a aquisição de Merrill Lynch, mas também para proteger o banco de uma progressiva piora das condições da economia.

Além disso, insistiu em que tanto essa compra quanto a do Countrywide - que também se encontrava à beira da falência- "provarão ser duas das melhores aquisições que fizemos, se formos julgados depois de dois ou três anos, e não de dois ou três meses".




fonte: UOL



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Nações Unidas – Plano de Mudanças Climáticas
Gerald Celente: A grande catástrofe de 2009
Moeda da Nova Ordem Mundial: 2009 primeiros círculos da edição limitada 5000 gravadas em relevo
OIT prevê aumento de 50 milhões de desempregados em 2009
Chanceler alemã diz que mais dinheiro não resolve crise
Rússia sugere plano próprio para mudar ordem mundial
Cientistas israelenses criam a menor biblia do mundo
A Crise Global e Apocalipse 13:16-17, e agora?
Estudioso Russo, Igor Panarin: Pode se evitar o apocalipse dos Eua em 2010
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.230.210
Visitas Únicas Hoje: 1.392
Usuários Online: 340