Quando Deus parece não ouvir nossas súplicas, precisamos de fé como a de Maria
Espacojames



Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 15779 - Quando Deus parece não ouvir nossas súplicas, precisamos de fé como a de Maria
Artigo visto 558




Visto: 558
Postado em: 07/04/20 às 23:08:14 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=15779
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque


A pregação quaresmal do frei Raniero Cantalamessa sobre Maria como Mãe de Deus e nossa: “Mulher, este é o teu filho!”

Em sua quarta pregação da Quaresma aos membros da Cúria Romana, o frei Raniero Cantalamessa, OFM, pregador da Casa Pontifícia, refletiu na última sexta-feira, 3 de abril, sobre as palavras ditas por Jesus do alto da cruz à Sua Mãe, Maria, em referência ao discípulo João e, por extensão, a todos nós:
“Mulher, este é o teu filho!”

O padre capuchinho partiu desta passagem do Evangelho para refletir sobre outros títulos de Maria como Mãe, de Deus e nossa.

O título de “Mãe de Deus” é um dos 4 dogmas marianos (veja link sobre os outros ao final deste artigo), solenemente definido pela Igreja com base na maternidade real e não só espiritual de Maria. Trata-se de reconhecer uma verdade central da nossa fé: Jesus Cristo é Deus e Homem verdadeiro, numa só e única pessoa.

Quanto a Maria ser mãe dos fiéis, ou seja, mãe de todos nós, o frade ressaltou que se trata, obviamente, da maternidade espiritual. Quando Jesus disse a ela “Este é o teu filho”, e a João “Esta é a tua mãe”, ele os confiou um ao outro numa relação de maternidade e filiação que não se baseia no mérito, mas na graça divina: Jesus nos oferece o dom inefável de compartilhar conosco a Sua mãe, espiritualmente.

O frei Raniero destacou Maria como modelo de fé e esperança, observando:

“Chega uma hora, na vida, em que precisamos de uma fé e uma esperança como a de Maria. Chega uma hora na vida em que é preciso ter uma fé e uma esperança como a de Maria: quando parece que Deus já não escuta as nossas súplicas; quando diríamos que Ele desmente a Si mesmo e as Suas promessas; quando nos faz passar de derrota em derrota e os poderes das trevas parecem triunfar em todos os âmbitos ao nosso redor, e dentro de nós anoitece, como naquele dia em que se fez noite ‘sobre toda a terra’; quando parece, como diz um salmo, que Ele esqueceu de ter piedade e que a ira Lhe fechou o coração. Quando chegar essa hora, lembre-se da fé de Maria e clame como outros clamaram: ‘Meu Pai, eu não te entendo, mas confio em Ti!'”.


Fonte: www.aleteia.org



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.929.868
Visitas Únicas Hoje: 433
Usuários Online: 179