Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 3295 - CATEQUESE SOBRE A ORAÇÃO n.6
Artigo visto 2089 vezes




Visto: 2089
Postado em: 08/10/09 às 20:31:51 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=3295
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

CAROS AMIGOS:

"QUE A GRAÇA E A PAZ DE CRISTO JESUS NOSSO SENHOR, E A TERNURA DE MARIA ESTEJAM CONVOSCO E COM OS VOSSOS!
ORAR COM A SAGRADA ESCRITURA – A BÍBLIA


    Em uma de suas homilias, padre Eugenio nos dizia:
“Quando recebemos a carta de uma pessoa querida, pode ser que não entendamos na primeira leitura o que ela quer nos dizer, por isso, é preciso reler para entendermos e muitas vezes lemos várias vezes.  A mesma coisa é a Palavra de Deus, não podemos lê-la e dar a ela uma interpretação qualquer, pois não somos protestantes que interpretam a Palavra como querem.  Um pastor interpreta de modo diferente de outro pastor, para eles esta é a verdade. Mas para nós não, pois a Palavra de Deus é interpretada  pelo Magistério da Igreja, o qual nos diz como devemos lê-la”.
O Magistério da Igreja desde o início interpretou e nos diz como interpretá-la, e se não sabemos como lê-la, devemos perguntar a um sacerdote que nos dê a chave de leitura, para sabermos o que a Igreja quer nos dizer com esta Palavra.
Um dogma da fé católica é que o Papa é infalível em questões morais e de fé, não pode errar, por isso a interpretação que a Igreja Católica nos dá, se a seguimos, não poderemos errar. Somos chamados como católicos a ler a Bíblia no contexto da Igreja.
Não podemos forçar uma palavra, fazer dizê-la o que não diz, é preciso sermos coerentes, estudá-la, conhecê-la, para depois rezar sobre ela. É aconselhável que além de fazermos um tempo de oração com a Palavra, também façamos dela o nosso estudo bíblico espiritual, pois dificilmente amarei a Deus se não conheço a sua Palavra.
A Palavra de Deus é direcionada a nós, e é colocada ao nosso coração e devemos nos perguntar diante dela: O que estamos fazendo? Como estamos agindo?
Para executarmos a vontade de Deus, devemos conhecê-la.
São Jerônimo dizia que a ignorância da Palavra de Deus, é ignorância de Cristo.
A Palavra de Deus, nos leva ao serviço a Deus, que se dá no serviço aos pobres. São concretas as coisas de Deus, e Ele nos fala de forma concreta, de modo que entendamos e possamos fazer algo, o qual não é dar uma esmola ao pobre.  Deus não precisa da nossa esmola, mas da nossa coerência em viver o cristianismo, para isso devemos rezar, meditar e nos confrontar com ela, e diante disto escutar ou melhor ver o que Deus deseja que façamos para a construção do Reino. Isto é escutar Deus que nos fala pela Palavra, é fazer algo de concreto.
 Maria em Medjugorje nos diz:
"(...) Rezem e leiam as Sagradas Escrituras para que, através da minha vinda aqui, possam encontrar nas Escrituras a mensagem que é destinada a vocês".  Mensagem de 25/06/91.
"(...) Leiam as Sagradas Escrituras, vivam-nas e rezem, para que possam compreender os sinais dos tempos (os acontecimentos)." Mensagem de 25/08/93.
"(...) Coloquem as Sagradas Escrituras em um local visível em suas famílias, leiam-na, meditem-na e aprendam através dela como Deus ama o seu povo." Mensagem de 25/01/99.
"(...)  Renovem a oração em suas famílias, lendo as Sagradas Escrituras, assim experimentarão a alegria no encontro com Deus, o qual ama infinitamente suas criaturas." Mensagem de 25/09/99.
 A Palavra de Deus é sempre nova e sempre nos da uma resposta, uma mensagem, uma solução, mas para isso precisamos estar abertos para acolhê-la em nosso coração. Só o Espírito Santo pode nos ajudar, devemos pedir humildemente que Ele quebre a dureza, a descrença, a superficialidade presente em nosso coração. Devemos implorar para que Ele opere, até que sintamos a mudança do coração de pedra em um coração de carne no qual possa queimar a chama do amor, da fé, e da esperança.
 A leitura da Palavra de Deus, deve ser atenta. Devemos lê-la com veneração, pois é Deus que nos fala, não é a palavra de um homem qualquer que escreveu uma revista em quadrinhos, ou um noticiário, mas é Deus que na sua imensa misericórdia nos deixou sua carta a ser seguida. Por isso, não devemos lê-la como lemos uma revista, não podemos lê-la com pressa, com distração, com superficialidade, mas devemos lê-la com total veneração, com o coração aberto a escutar a voz do Senhor.
Devemos ao rezar com a Palavra, buscar extrair dela a pedra preciosa. Não podemos cair em um turismo evangélico, no qual pulamos de passagem em passagem, e ficamos iguais a macacos que pulam de galho em galho e se perdem. Por isso, devemos ao rezar com a Palavra, prendermo-nos só a um texto, e mergulharmo-nos nele, fazendo dele o nosso garimpo, o qual não o deixamos enquanto não encontrarmos a nossa pedra preciosa. Mesmo que trabalhemos o dia todo, e não  encontrarmos nada, voltaremos no dia seguinte para achá-la.
Já no estudo bíblico com a Palavra, podemos ler comentários exegéticos, notas de rodapé, ir de versículo em versículo. É claro que também aqui devemos lê-la com fé, veneração, atenção, de modo que possamos compreender o que lemos. Aqui também não se exclui a imploração sincera ao Espírito Santo. A Igreja católica representada pelos padres recomenda que antes de rezar com o texto bíblico, é fundamental além da oração de Invocação do Espírito Santo, que conheçamos as interpretações do Magistério da Igreja e que também leiamos as notas de rodapé.
O nosso desejo deve ser: "Fala, Senhor, que o teu servo escuta".
 Devemos reler perguntando-nos qual é o ensinamento do amor de Deus (ou de Jesus ) para mim?
Caso algum versículo, alguma frase tenha me tocado de modo particular na leitura, ou feito com que meu coração ardesse, devo parar nela, e ruminá-la em meu coração. Com certeza ali encontrarei a mensagem de Deus para mim.
 Se lemos e relemos a Palavra, e não conseguimos discernir o que Deus deseja nos comunicar, não podemos desistir, devemos nos esforçar e garimpar ainda mais, garimpar no silêncio, no desejo de descobrir o tesouro, e suplicar a iluminação de Deus.  Só com a graça entenderemos e escutaremos a voz de Deus.
Na tradição Monástica nos ensina que a Lectio Divina deve ser feita com inteligência, ou seja, devo usar a inteligência ao ler a Palavra de Deus, e fazer perguntas sobre o texto, ao texto e a seus personagens.
 Devemos nos aproximar da Palavra com muita humildade, sem exigir de Deus uma resposta imediata, pois o nosso tempo não é o tempo de Deus, e não podemos esperar que Deus nos diga tudo o que devemos fazer. Portanto, devemos 'usar a cabeça' e rezar com a Palavra, buscando com Ela e Nela a mensagem de amor de Deus por mim, as respostas para a minha vida. Rezar como o jovem Samuel que dizia: "Fala Senhor que teu servo escuta!"
É superstição abrir a Bíblia por acaso e dizer que ali está a mensagem de Deus para mim. Deus pode até falar deste modo, se por um acaso vê a minha ignorância crassa e a minha boa vontade em descobrir a Sua vontade. Devemos crescer na fé, e ler a Palavra com espírito de oração, fé, confiança e veneração.
Aquele que está a frente do grupo que se reúne para orar, deve ser uma pessoa que incentive os demais a crescerem espiritualmente, que primeiramente viva e se esforce em viver a oração e o Evangelho. Que esteja aberto às inspirações do Espírito Santo, de modo que peça continuamente o dom do conselho, da mansidão e da Palavra sobre sí..
Maria é a coordenadora, responsável e guia por excelência, de qualquer grupo que se reúne para orar o terço, é a Ela que devemos nos esforçar em imitar.
O responsável deve guiar o grupo do terço na paz, na compreensão. E por sua vez os demais participantes, devem respeitar o coordenador, acatando todas as suas palavras, desde que estas sejam fundadas na doutrina da Igreja. Se a doutrina da Igreja é clara, não se deve questionar – dou um exemplo: quando se fala de demônio ou inferno, não interessa se um ou outro não aceita, o que interessa é que a Igreja em seu magistério e tradição nos afirma a existência destas realidades. Caso haja essas pessoas no grupo, o coordenador por obrigação moral, deve ensinar com paciência e amor, chamar o pároco para explicar as coisas referente a moral e doutrina da Igreja. A este ponto abro um parênteses, se um sacerdote diz algo contrário a fé da Igreja e a sua doutrina, ele está automaticamente excluido da comunhão da Igreja, e não é digno de ser escutado, um exemplo bem claro disto são muitos sacerdotes que ensinam que o demônio não existe, que é permitido, e não é pecado, a masturbação,  como também não é pecado o uso de contraceptivos-anticoncepicionais, e etc... Ees são mercenários, falsos profetas, interessados apenas em comer o dinheiro do povo e não estão em comunhão com a Igreja Católica, embora possam ser padres. Mas o que fazer nesta situação? Escreva uma carta ao bispo relatando os fatos, e pedindo esclarecimentos, e pare de pagar o dizimo, pois como diz um ditado, quando se mexe no bolso, todo mundo se mexe.
Os encontros do grupo que se reúne para rezar o terço, devem ser dinâmicos e alegres, devem também ser preparados individualmente com a oração e o jejum, pois se uma pessoa não se prepara para o encontro, com a sua oração individual em prol do grupo, quando rezará com o grupo, não sentirá a unidade com os demais.
Seria bom que cada pessoa fosse verdadeiramente um anjo da guarda do outro, mas não só em palavras, mas concretamente. Mas como? Tendo uma amizade profunda, colocando-se no empenho de escolher um dentre o grupo para se encontrar pelo menos uma vez por semana, para compartilharem as experiências de Deus vividas na oração, no trabalho, na família, na escola, e também as dificuldades e tristezas.
Por Intercessão de Nossa Senhora Rainha da Paz, abençoe-vos o Deus Todo-Poderoso e Misericordioso: "Em nome do Pai  e do Filho e do Espírito Santo. Amém!”

UNIDOS EM ORAÇÃO COM MARIA RAINHA DA PAZ!

Pe. Mateus Maria, FMDJ
Mosteiro Menino Jesus
paniejezuufamtobie@terra.com.br




Visite o nosso site: www.mosteiroreginapacis.org.br
Visite a nossa página de espiritualidade Mariana http://rainhadapaz.blog.terra.com.br/

Panie Jezu Ufam Tobie!





LEIA TAMBÉM
CATEQUESE SOBRE A ORAÇÃO n.5
CATEQUESE SOBRE A ORAÇÃO n.4
CATEQUESE SOBRE A ORAÇÃO n.3
CATEQUESE SOBRE A ORAÇÃO n.2
CATEQUESE SOBRE A ORAÇÃO n.1
A SANTA MISSA É O MAIOR BEM DOS FIÉIS.
CATÓLICOS QUE DISCORDAM DA IGREJA. CATÓLICO?
História de Nossa Senhora de Guadalupe é Impressionante
Festa da Exaltação da Santa Cruz - dia 14/09



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.138.890
Visitas Únicas Hoje: 1.260
Usuários Online: 368