Espacojames


Página Inicial
Listar Sonhos e Visões




Artigo N.º 9124 - Mais de 50 visões do Paraíso, relatadas por Santa Francisca Romana - Parte 11 - Final
Artigo visto 5991 vezes




Visto: 5991
Postado em: 12/11/11 às 09:20:36 por: James
Categoria: Sonhos e Visões
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=112&id=9124
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Sonhos e Visões

Continuação...

LXI – VISÃO PARADISÍACA NÚMERO 61

(Nesta Visão Francisca fala do Paraíso. Seu guia é o Apóstolo Paulo que forneceu uma detalhada descrição da estrutura do imenso conjunto articulado de modo harmonioso e organizado).

1 - Como aconteceu das vezes anteriores, aquela serva devota de DEUS depois de receber o preciosíssimo sacramento (o Sagrado Corpo do SENHOR Sacramentado), na mencionada Capela, entrou em êxtase imóvel.

2 – Que assim, a Madalena, aquela fervorosa em amor a DEUS, começou a lhe dizer: “Ó alma, que te privaste do teu próprio desejo e quis servir vigorosamente o Altíssimo CRIADOR, abandonando todas as tuas vontades, e de todos os modos queres colocar todo o teu zelo neste secreto e grande abismo de Amor.

3 – Por conseguinte, deve contentar o próprio Amor com todas as coisas que é agradável a ELE, em todas e por todos, deves tributar honra a DEUS.



4 – Seja sempre consistente e firme, não queira se desviar do caminho, e em tudo seja suficiente a tua alma, conheça e evite as ciladas do inimigo, procurando ser sempre submissa e ocultando o seu ardor espiritual.

5 – Alma, o Amor de DEUS é maravilhoso e repousando Nele, depois, será transformada neste caudaloso abismo de Amor, evidentemente no Amor de JESUS CRISTO, fazendo que sejas fiel e sempre autêntica, te renovando na celeste caridade que te fará arder de amor.

6 – A alma que é fiel será inflamada de imenso ardor e será renovada neste grande abismo de Amor.

7 – E deste modo, a alma renovada será reverente ao dulcíssimo SENHOR.

8 – Prepare-se para reverenciar no Céu a Divindade, que dá beleza a alma. E esta formosura permite modelar a alma para ser sempre nova e sem nenhum defeito.

9 – A alma sem defeito é trabalho da virtude de DEUS. Quanto mais humilde ela for, tanto mais alto será elevada.

10 – Na verdade, a própria virtude de DEUS transforma todo o ambiente, não deixa entrar a visão das trevas, pois todo esplendor da luz supri todas as necessidades.

11 – Portanto, se quiser agradar a DEUS, seja magnânima e renuncie a tua vontade, por que o SENHOR te escolherá num noivado”.

12 – E logo depois é acompanhada em êxtase (pelo Apóstolo Paulo) visitando todos os lugares do Paraíso Celeste. E naquela visão beatífica ouviu as palavras:

13 - “O glorioso Apóstolo Paulo está lhe conduzindo na festa de hoje, da parte do Redentor e CRIADOR e da SANTÍSSIMA TRINDADE que é só Amor. Quanto ao fato comemorado hoje, a festa da SANTÍSSIMA TRINDADE, ela celebra aquela santíssima união, que acendeu o fogo do amor e da graça em plena e total abundância no Coração Divino.

14 – E assim, grande deve ser o respeito por aquele fogo amoroso, que se revelou ativado naquela profunda corrente de amor, fazendo que fosse imenso o brilho da Divindade, por que foi com grande ardor que o Verbo Divino desceu e inflamou a humanidade, e permaneceu entre nós, em espírito e verdade, e com seu infinito Amor Divinizou a humanidade.

15 – Três Pessoas Divinas numa Única e na mesma Essência, a saber, a Essência é incomensurável e todas as Três Pessoas com perfeita noção de seus limites, e com idêntico poder, com a mesma sabedoria, e por Sua infinita misericórdia seus servos se encantam com a grandeza de seu Amor.

16 – Abismo de uma incomensurável riqueza que distribui ardores inflamados, que se transformam numa infinita felicidade pela graça do amor, conservando todos os santos espíritos, saciando e colocando em ordem os espíritos angélicos, os quais inflamados e com puro amor, são mantidos e governados.

17 – Os espíritos seráficos, aqueles que estão mais próximos a TRINDADE, pertencem a três Coros da Hierarquia Angélica, dos nove Coros existentes, com as suas próprias residências.

18 – Os Patriarcas devem habitar em cada um destes três Coros. Primeiro está Abraão, em segundo Isaac e em terceiro Jacó.

19 – Outros Patriarcas além destes três existem nos Coros, a saber, conforme a justa medida de sua capacidade de conhecimento de DEUS.

20 – Em primeiro está o glorioso João Batista, que segura uma bandeira de amor vitoriosa, e precisamente todos os outros seguem o mesmo caminho, revelando os progressos para amar.

21 – Os Profetas estão na primeira residência do primeiro Coro, e também no segundo e terceiro. Na segunda residência do primeiro e segundo Coro estão os gloriosos Apóstolos, mas na segunda residência do primeiro Coro está São Pedro, São Paulo ferventissimo no amor a DEUS e Zebedeu (esposo de Salomé e pai dos Apóstolos Tiago Maior e João).

22 – Onde deve residir o glorioso Evangelista e Apóstolo João, o qual ainda não foi destruído pela morte, e mais São Tiago Menor, São Mateus e São Bartolomeu, também existem lugares vagos.

23 – Existem também ali outros dois Apóstolos e os outros Evangelistas, Lucas e Marcos, e também outros que seguiram os seus passos.

24 – E também de modo semelhante aos Apóstolos e Profetas, estão também alguns gloriosos espíritos humanos, que de algum modo possuem capacidade amorosa tão grande, e até maior do que aquela de diversos Apóstolos, e deste modo possuem maior glória.

25 – A digníssima Rainha do Céu está no primeiro Coro, superior a todos os espíritos angélicos e humanos.

26 – Em residências abaixo, deste primeiro Coro, estão espíritos humanos, contudo não em grande número, mas existem lugares vagos na expectativa da chegada de espíritos merecedores que vivem, e que estão escritos no livro da vida, e do mesmo modo, também àqueles espíritos que ainda estão para nascer.

27 – O glorioso Apóstolo São Paulo apesar de não ter possuído no inicio da vida a Luz do ESPÍRITO, foi acordado pelo SENHOR no momento oportuno, realizando uma notável obra e hoje está na vida eterna.

28 – Quem interrogar de que maneira é feita a vida eterna, responda de modo exemplar que, relativamente ao fato é assim como uma "pinha". E se não compreenderem e novamente te interrogarem: por que a vida eterna é assim? Responda que à vida eterna consiste essencialmente em estar voltado para a Visão de DEUS, que sacia a todos integralmente.

29 – Assim disse, por que somente a graça de DEUS coloca a pessoa na vida eterna, com certeza e em verdade, e só quem tem a graça conhece a resposta de um modo mais claro. Particularmente, ele não podia explicar com mais amplidão, nem sobre a recompensa dos tesouros Divinos, e também, nem dizer perfeitamente sobre a posse das riquezas alcançadas pela bem-aventurada humanidade, como não pode explicar as abundantes e verdadeiras graças enviadas pelo ESPÍRITO.

30 – E relativamente aos fatos milagrosos que acontecem, aqueles espíritos seráficos que estão próximos a DEUS nada podem dizer sobre as referidas graças da vida eterna, porque além de infinitas, estão no domínio de DEUS.

31 – E da mesma forma, a Rainha do Céu também não quer anunciar, por pouco que seja, a imensidão da gloria que Ela tem como parte do próprio DEUS.

32 – Por isso o maior milagre de todos, a Santíssima Humanidade de JESUS CRISTO, não pode experimentar a menor glória que seja, em razão de Sua própria Divindade”.



33 – Depois, este glorioso São Paulo disse para melhor compreensão do pai espiritual, pois evidentemente esta alma devota de DEUS escreverá esta visão, ou seja, aquela criatura, a venturosa Francisca, que foi arrebatada em êxtase, como dissemos acima, e não pode especificar mais por causa de sua debilidade, ou seja, da sua pouca instrução.

34 – Mas compreenda, que do mesmo modo como está organizado o primeiro Coro como acabamos de expor, na mesma condição permanecem os outros Coros e as outras moradas, pois assim estão ordenados, e os santos na mesma morada permanecem com igual capacidade e liberdade que as almas e espíritos possuem. E deste mesmo modo os santos espíritos das hierarquias inferiores também são organizados, de idêntica maneira.

35 – É incontável o número de Anjos com idioma humano, mas, ainda que numerosos, apenas alguns são utilizados nas visões Divinas e na compreensão e discernimento dos espíritos humanos, de modo que é sempre o mesmo número de Anjos observado nas visões Divinas.

36 – Assim também em segredo Divino aqueles espíritos humanos são observados tanto os salvos, quanto os que buscam a salvação, e também os condenados, como aqueles de procedimento condenável.

37 – Disse também que os espíritos que serão salvos e os condenados, estão fora da Visão Beatífica, que tem o objetivo de mostrar a glória e alegria dos espíritos angélicos e humanos.

38 – Aqueles espíritos que no tempo futuro devem ser salvos e ou condenados, permanecem indulgentes e ocultos no Coração Divino, e isto, por causa do “Livre Arbítrio” que DEUS concede a todas as almas.

39 – Por que todos têm a mesma liberdade, e podem escolher ou não, o seu caminho e ser condenados por seus caprichos e fantasias, e neste caso, de acordo com sua escolha, a face de DEUS Onipotente não se mostrará para salva-los.

40 – E assim, os atos Divinos permanecem, evidentemente, a presciência Divina da condenação e da salvação, e as almas permanecem com sua total liberdade. Ninguém é condenado por antecipação, e a salvação é para todos, condicionada ao sincero arrependimento dos pecados, até no último momento da vida.

41 – Quando a alma humana comete um pecado e busca reparação, a bondade de DEUS, com sua graça, poder e sua caridade ardente que nós tanto amamos, eleva a alma proporcionando-lhe a própria correção. E tanto na queda como na elevação de uma alma piedosa, seja quem for, o misericordioso DEUS de boa Vontade e com poder absoluto lhe concede a oportunidade de se penitenciar.

42 – Deste modo, de acordo com os diversos trabalhos da alma, quando ela está irritada e quando está tranquila, ou em ruína, ou afastada da graça, a revelação Divina exercita o seu poder, desde que haja um sincero arrependimento.

43 – Do mesmo modo, a alma humana estando permanentemente oprimida, DEUS afetuosamente a transforma com a graça Divina que lhe iluminará e arrancará daquele torpor.

44 – Quando a alma está entre a justiça e a misericórdia, toda a misericórdia do SENHOR é feita, priorizando sobre a condenação do espírito, como aconteceu com os nossos primeiros pais (Adão e Eva) que depois da criação caíram em desgraça, 45 – mas um dia se arrependeram e rezaram, alcançando a misericórdia Divina. Raramente a transformação de uma alma acontece por uma graça recebida, mas sempre e frequentemente pelo trabalho da misericórdia de DEUS, é que acontece a conversão do coração.

46 – E assim sendo, a alma colocada num grande abismo (numa imensa dificuldade, por sua própria escolha), na maioria das vezes mergulhará numa situação desfavorável (impossível dela solucionar), e então só terá a salvação, se a misericórdia de DEUS a libertar e chamá-la com nova oportunidade.

47 – 52 = (Entre estes dois parágrafos, 47 a 52, Padre Mattiotti apresenta um complicado trecho de política romana envolvendo o clero, que requer uma longa explicação para entendê-lo perfeitamente. Mas, como neste trecho não existe nenhum acontecimento espiritual edificante, decidimos suprimi-lo).

53 – Depois o glorioso Apóstolo Paulo disse aos sacerdotes: “Não queiram ocultar a bondade e misericórdia Divina, que é infinita, mas sempre em teu segredo e no teu coração tenham e guarde o conselho e a fé, e a indubitável esperança, por que sempre é cheia de pleno encanto, por isso deve permiti-la a conduzi-lo e a reconduzi-lo no cotidiano.

54 – E sempre confiando no SENHOR, que tudo faz, bem feito, e sua graça atua na humanidade de acordo com a Sua Vontade.

55 – Pois, em sua bondade, sempre envia todas as coisas, ELE faz ou permite que as pessoas sempre se sintam satisfeitas, e sua obra conduz não só ao bom caminho, mas conduz também, de maneira excelente o próprio trabalho e os empreendimentos, e em seu consentimento, enxergando mais longe, conhece na medida certa o que pode ser permitido.

56 – Disse também o glorioso Apóstolo São Paulo que os sacerdotes sejam vigorosos e sempre permaneçam na graça de DEUS, dando glórias e louvores a ELE, alegrando-se sempre com ELE e NELE, e se afastando das coisas irrefletidas, e também, não se arrogando o direito de julgar a Obra de DEUS, mas aceitá-la conforme o beneplácito Divino”.

57 – Esta Visão aconteceu no dia 23 de Mês de Junho de 1433. DEUS seja louvado.

--


LXIX – VISÃO BEATÍFICA NÚMERO 69

(Resumo da Vida de São Paulo)

1 – Em outro dia, depois de ter recebido o Sacramento do Corpo de CRISTO, na mencionada Capela, a referida bem-aventurada serva de CRISTO foi arrebatada em êxtase imóvel e depois foi conduzida para o êxtase móvil, 2 – quando ouviu da parte da Rainha do Céu: “A verdade do Amor presente no Céu, se dignou nesta solenidade de infinito amor, mostrar que está em movimento, semeando a verdade, e querendo inflamar a todos para renová-los no Amor de DEUS.

3 - O ardor Divino abrasa o amor praticado dignamente e com afeição, e sempre considera a vontade das pessoas, como aconteceu com Paulo.

4 – A vontade reta e fiel, exercida com afeto, agrada a DEUS PAI, e se cultivada fervorosamente, acreditando fazer o bem, terá a honra de DEUS.

5 – Por exemplo, o SENHOR concedeu a liberdade, como o povo de DEUS perseguia.

6 – O DEUS Eterno e SENHOR Onipotente, veio e uniu a humanidade com o seu Amor, mas porque as gerações eram cega, ELE iluminou a todos com uma grande claridade.

7 – Pois foi essa claridade que derramada sobre Paulo o converteu, para que fosse feita uma grande colheita. Por isso, quanto mais rápida a conversão, muito mais é agradável a DEUS.

8 – Depois, invocando a bondade Divina com determinação, o espírito de Paulo foi iluminado pela Luz do SENHOR, e precisamente ELE concedeu a Divina aprovação as suas atividades.

9 – DEUS sempre cuida para que os ardores se tornem consistentes, e assim a Caridade Celeste se abrirá afetuosamente se regozijando com todos em plena verdade.

10 – Depois que Paulo foi purificado, e, por conseguinte, depois de ter passado por uma experiência, ele se dedicou ao cultivo de um conhecimento baseado no ensinamento cristão.

11 – Assim foi induzido e se transformou numa criatura de bem, percebendo os segredos de DEUS, que é a verdade de DEUS.

12 – Na verdade, o SENHOR em sua presença, tendo feito Paulo compreender o seu segredo interior naquela imensa luz, colocou-o diante de um grande abismo, fazendo-o sentir a vida no Céu, em seu claro espelho.

13 – E tal como ele compreendeu e olhou a beleza esplendorosa do SENHOR, ficou tão repleto de felicidade que não poderia subsistir senão com a intervenção Divina.

14 – A claridade de DEUS diante de seu olhar reparou e corrigiu a disposição de seu amor, tornando-o puro e evidente.

15 – Pois os segredos da verdade, quando o Sumo Bem revela de SI Mesmo, têm dimensão infinita.

16 – Naquele momento, o próprio Paulo não se sentia em si mesmo, estava extasiado, e entre outras coisas, foi mostrado a ele, a criação de todas as coisas.

17 – E viu almas predestinadas e outras não predestinadas, que antecipadamente ele percebeu, vendo a generosidade e a bondade de DEUS.

18 – Viu almas dispostas na Caridade de DEUS, e outras não organizadas e perdidas sob o olhar do CRIADOR.

19 – DEUS fez todas as coisas, fazendo-as como fez, e como o bom obreiro, realiza o seu trabalho seja para quem for, trazendo de volta as almas que viu estarem perdidas, como foi evidentemente o caso do próprio São Paulo.

20 – E por sua eterna bondade, DEUS criou todas as gerações, com a intenção de salvá-las, e fez às almas destinadas à salvação para se inflamarem em seu Amor, e por este motivo, assim como ELE fez para aquelas almas organizadas, fez para todas as almas que quisessem ser colocadas em sua liberdade.

21 – DEUS bondade infinita criou todas as almas com a intenção de que todas fossem salvas, mas prevê também que de acordo com as condições individuais de cada uma, que no futuro estava para vir à perdição. (Haveria almas que acolheram as suas Graças e as outras que não acolheram). Por essa razão ELE lhes deu o conhecimento do bem e do mal.

22 – E por causa disto, em consequência, DEUS Onipotente colocou as suas graças no espírito das boas almas (daquelas que acolheram), a fim de que fossem instruídas e adornadas de virtudes, e cada uma se esforçasse para o seu glorioso bem, podendo se regozijar com os benefícios concedidos pelo SENHOR.

23 – Todavia, as almas que não quiserem seguir este caminho terão um duplo martírio no final de sua existência (duplo porque viverão com dificuldade, não terão o auxílio Divino por sua própria escolha, e em consequência, abrirão espaço para o maligno atuar e atrapalhar a sua existência, até a condenação definitiva).

24 – Isto porque, na verdade, a Justiça e a Misericórdia Divina sempre se mantêm estimuladas e agem ao mesmo tempo, ou seja, elas atuam no mesmo momento com idêntica intensidade”.

25 – Esta visão aconteceu na festa da Conversão de São Paulo, no dia 25 de Janeiro de 1437. DEUS seja louvado.

Fim

 


Fonte: http://apostoladosagradoscoracoes.angelfire.com/vibea-2.html



LEIA TAMBÉM
Mais de 50 visões do Paraíso, relatadas por Santa Francisca Romana - Parte 10
Parte 4 - Final - Visões de Santa Catarina de Genova – médio e grande purgatório e a entrada do céu
Parte 3 - Visões de Santa Catarina de Genova – Jesus revela o Purgatório e o inferno
Parte 2 - Visões de Santa Catarina de Genova – COMO É O PURGATÓRIO
Parte 1 - Visões de Santa Catarina de Genova – Biografia
Mais de 50 visões do Paraíso, relatadas por Santa Francisca Romana - Parte 9
Mais de 50 visões do Paraíso, relatadas por Santa Francisca Romana - Parte 8
Mais de 50 visões do Paraíso, relatadas por Santa Francisca Romana - Parte 7
Mais de 50 visões do Paraíso, relatadas por Santa Francisca Romana - Parte 6



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.251.549
Visitas Únicas Hoje: 718
Usuários Online: 359