Espacojames


Página Inicial
Listar Estudos Bíblicos




Artigo N.º 3 - Estudo sobre satanás - Parte 1
Artigo visto 3228 vezes




Visto: 3228
Postado em: 19/04/08 às 23:24:37 por: James
Categoria: Estudos Bíblicos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=4&id=3
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Estudos Bíblicos

SATANÁS

Satanás é o antagonista central de Deus e do homem, ele é petulante, em seu orgulho se aventura se opondo aos planos de Deus. Contudo para destruir as almas ele precisa da cooperação do ser humano. Para a realização de seus planos contra Deus e as almas, ele também precisa da ajuda humana. Ele é forte, espírito e inteligente, contudo a Igreja e seus filhos têm autoridade sobre ele e seus demônios. Jesus ao ressuscitar o derrotou e o julgou.

ORIGEM DE SATANÁS

“A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: filho do homem, entoa um cântico fúnebre sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Eis o que diz o Senhor Javé: Eras um selo de perfeição, cheio de sabedoria, de uma beleza acabada. Estavas no Éden, jardim de Deus, estavas coberto de gemas diversas: sardônica, topázio e diamante, crisólito, ônix e jaspe, safira, carbúnculo e esmeralda; trabalhados em ouro. Tamborins e flautas, estavam a teu serviço, prontos desde o dia em que foste criado. Eras um querubim protetor colocado sobre a montanha santa de Deus; passeavas entre as pedras de fogo. Foste irrepreensível em teu proceder desde o dia em que foste criado, até que a iniqüidade apareceu em ti. No desenvolvimento do teu comércio, encheram-se as tuas entranhas de violência e pecado; por isso eu te bani da montanha de Deus, e te fiz perecer, ó querubim protetor, em meio às pedras de fogo. Teu coração se inflou de orgulho devido à tua beleza, arruinaste a tua sabedoria, por causa do teu esplendor; precipitei-te em terra, e dei com isso um espetáculo aos reis. À força de iniqüidade e de desonestidade no teu comércio, profanaste os teus santuários; assim, de ti fiz jorrar o fogo que te devorou e te reduzi a cinza sobre a terra aos olhos dos espectadores. Todos aqueles que te conheciam entre os povos ficaram estupefatos com o teu destino; acabaste sendo um objeto de espanto; foste banido para sempre!” (Ez 28,11-19).

Então! Caíste dos céus, astro brilhante, filho da aurora! Então! Foste abatido por terra, tu que prostravas as nações! Tu dizias: Escalarei os céus e erigirei meu trono acima das estrelas. Assentar-me-ei no monte da assembléia, no extremo norte. Subirei sobre as nuvens mais altas e me tornarei igual ao Altíssimo. E, entretanto, eis que foste precipitado à morada dos mortos, ao mais profundo abismo. Detêm-se para ver-te melhor, e procuram reconhecer-te: Porventura é aquele que fazia tremer a terra, e abalava os impérios, que fazia do mundo um deserto, e destruía as cidades, e impedia os prisioneiros de voltarem para suas casas?” (Is 14,12)

A NATUREZA DE SATANÁS

Ele é uma criatura de Deus (Ez 28,14) e não o Criador.
Ele é um ser espiritual (Ef 6,11,12).
Ele é da ordem dos querubins (Ez 28,14).
O mais exaltado das criaturas angelicais (Ez 28,12).

A PERSONALIDADE DE SATANÁS

Ele possui intelecto e é astuto (II Co 11,3).
Ele tem emoções (Ap 12,17)
Ele tem vontades (II Tm 2,26).
Ele é tratado como pessoa moralmente responsável (Mt 25,41)
É descrito com pronomes pessoais (Jó 1,6).

TRAÇOS DE SUA PERSONALIDADE

Ele é homicida (Jo 8,44).
Ele é mentiroso (Jo 8,44).
Ele é um pecador contumaz (teimoso) (I Jo 3,8).
Ele é acusador (Ap 12,10).
Ele é adversário de Deus e dos cristãos (I Pe 5,8).

DESCRIÇÃO DA PERSONALIDADE DE SATANÁS

Satanás é uma pessoa, isto é, tem personalidade, porque possui vontades, desejos e sentimentos. É inteligente, sagaz e hostil. Inimigo declarado de Deus e dos homens, porque para ele não há perdão. O homem tem reconciliação com Deus, através do Nosso Senhor Jesus Cristo.

Os maiores oponentes são os cristãos lavados pelo Sangue do Senhor Jesus Cristo e cheios do Espírito Santo, pois temos autoridade sobre ele e seus anjos caídos. O ódio contra a humanidade é declarado por meio de guerras, destruições, fome e miséria no mundo. Deus nos revelou muito da pessoa dele nas Escrituras, para que não tome vantagens sobre nós. “… Para que Satanás não alcance vantagens sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios” (II Co 2,11).

NOMES

Satanás = Adversário (Grego) Mt 4,10 e Jó 1.
Diabo = Difamador, caluniador (I Pe 5,8).
“Lúcifer” = Filho da alva (Is 14,12).
Beelzebub = (Mt 12,24,27) _ Mc 3,22).
Belial = (II Co 6,15 e II Sm 23,6).


TÍTULOS

Maligno = (Mt 13,19 e II Co 6,15).
Tentador = Ts 3,5.
Príncipe deste mundo = (Jo 12,31; Jo 16,11) (Trilogia satânica: FAMA ou SUCESSO, PRAZER e PODER).
Príncipe das potestades do ar = (Ef 2,1,2).
Deus deste século = (II Co 4,4).
Acusador de nossos irmãos = (Ap 12,10).
Ladrão = (Jo 10,10).
Homicida e Mentiroso = (Gn 4,8, Jo 8,44).
Pai da mentira (Jo 8,44).
Destruidor (Ap 9,11).
Sedutor = ele tenta levar-nos a acreditar no que não é verdadeiro. (Ap 20,10)

REPRESENTAÇÕES:

Serpente = (Ap 12,9).
Dragão = (Ap 12,9).
Anjo do Abismo = Ap 9,11.
Anjo de Luz = (II Co 11,14, 15).
Estrela caída = (Is 14,12;Ap 9,1)
Estrela (Ap 1:20).
Passarinheiro = (Sl 91,3).
Aves = (Mt 13,4).
Semeador de joio (Mt 13:25).
Lobo (Jo 10:12). Leão que ruge (I Pe 5:8).


SUAS LIMITAÇÕES

Não é onisciente = não pode estar em todo lugar ao mesmo tempo.
Sua ação pode ser resistida pelo cristão (Tg 4,7).
Deus coloca limites em suas ações (Jó 1,12).

A ATUAÇÃO DE SATANÁS

Em relação à Obra Redentora de Cristo:

a) Predição de conflito e derrota (Gn 3,15).
b) Na tentação de Cristo (Mt 4,1-11).
c) Satanás usou várias pessoas para tentar impedir a obra de Cristo (Mt 2,16; Jo 8,44; Mt 16,23).
d) Ele possuiu o corpo de Judas para traí-lo (Jo 13,27).

Em relação às nações:

a) Ele as engana (Ap 20,3).

b) Ele governa as nações através de seus enviados (Dn 10,13):
“Kosmokrator” = Governadores do Mundo.
“ARCHE” = Principados, magistrados, poderes.
“EXOUSIA” = Autoridades, poderes delegados.
“PNEUMA” = Espíritos e “PONERIA” = Iniqüidade, depravação, maligno = Forças espirituais do mal nas regiões celestes.

c) Ele se prepara para a “BATALHA DO ARMAGEDOM” (Ap 16,13,14).

Em relação aos incrédulos:

Cega o entendimento (II Co 4,4).
Arrebata a Palavra plantada nos corações (Lc 8,12).
Usa homens para se opor à obra de Deus (Ap 2,13; Jo 7,30)

Em relação ao que crê:

Promove lutas e dissensões (Ef 6,10-18; I Co 1,10).
Acusa e planta dúvidas (Gn 3,1-5; Ap 12,10).
Por causa do orgulho, leva a mentir (At 5,3).
Influencia na área do sexo, levando ao pecado (I Co 7,5; Gl 5,19) (Obras da carne).
A ocupar-se com este mundo (I Jo 2,15-17; I Jo 5:19).
A orgulhar-se das questões espirituais (I Tm 3,6).
A depender da sua própria sabedoria e da força humana (I Co 1,18-25; I Co 3,18-23; I Co 4,5).
Cansaço e desânimo (II Co 4,8,16; Ap 3,9).
Perseguições (Ap 2,10; At 8,1; Mt 10,16-23).
Impedimento quanto ao serviço (I Ts 2,18).
Falsos Mestres (II Co 11,4; II Pe 2,1-19).
Falsos Discípulos (Mt 13,38,39) são os joios.
Cria facções na Igreja, nos lares e comunidades (Tg 3,14-16).
Aprisiona e corrompe as mentes (II Co 10,4,5).
Fará esfriar o amor entre os irmãos, tornando-os egoístas (Mt 24,12-14).


OS JUÍZOS DECRETADOS POR DEUS CONTRA SATANÁS

Expulso de sua posição original no Céu (Ez 28,16).
Julgado no Jardim do Éden (Gn 3,14,15).
Julgado na cruz do Calvário (Jo 12,31).
Expulso dos céus no final dos tempos (Ap 12,9).
Preso no abismo no inicio do Milênio (Ap 20,2).
Será lançado no Lago de Fogo (Ap 20,10).

A DEFESA DO CRISTÃO CONTRA SATANÁS

O Sangue de Jesus (At 20,28; Rm 3,26; Ef 2,13).
O Nome de Jesus Cristo (Hb 1,1-6; Fp 2,9-11).
A obra intercessora de Cristo (Jo 17,15; I Tm 2,5,6).
O cristão deve estar sempre vigilante (I Pe 5,8).
O cristão deve resistir a Satanás (Tg 4,7).
O cristão nunca deve falar de Satanás com desprezo (Jd 8 e 9).
O cristão deve usar a Armadura de Deus (Ef 6,11-18).
O plano de Deus pode incluir usar Satanás para propósitos benéficos na vida do crente (II Co 12,7).
Autoridade delegada pelo Senhor Jesus Cristo (Lc 10,19,20).

Deus está permitindo que Satanás coloque tudo aquilo que vai dentro do seu coração, fazendo com que a intenção se transforme em obras, porque Deus julga sempre obras, isto é, visível aos olhos de Deus para que seja julgado conforme a Justiça divina. Satanás opera com restrição de Deus por causa da presença do Espírito Santo no nosso meio. Quando for retirado a Igreja e o Espírito Santo, aí então podemos sentir o mundo entrando num caos total.


www.cot.org.br



LEIA TAMBÉM
A batalha entre os anjos
A luta entre o bem e o mal



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.173.052
Visitas Únicas Hoje: 421
Usuários Online: 148