Cristãos da Terra Santa reafirmam seu apoio aos cristãos do Iraque
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.138.144
Visitas Únicas Hoje: 1.617
Usuários Online: 290
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1289 - Impresso: 45 - Enviado: 12 - Salvo em Word: 33
Postado em: 17/03/10 às 19:46:39 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=4596
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

“Sofremos convosco e oramos por vós”, dizem os ordinários da Terra Santa

JERUSALÉM, quarta-feira, 17 de março de (ZENIT.org). – Por meio de um comunicado divulgado ao fim de sua reunião plenária, celebrada entre os dias 8 e 10 de março, os ordinários católicos da Terra Santa expressaram, “nestes tempos de provação”, sua “proximidade fraternal” aos cristãos do Iraque.

“Os fiéis da Jordânia, Palestina e de Israel pensam em vós, sofrem convosco e oram por vós”, destacaram, unindo-se para gritar “basta!”.

Elevam assim sua voz para "levar novos sentimentos e novas disposições para a conversão de todos os que vivem em Mossul, a antiga Nínive, e convencer que nosso Deus é um Deus de amor e não de ódio".

Na declaração, os ordinários católicos da Terra Santa também expressaram seu desejo de que "nossos irmãos cristãos na região de Nínive suportem as provações com paciência, confiantes de que as forças do mal não prevalecerão, enquanto que o poder do amor é eterno".

“Depois do Calvário da cruz, sempre ocorre a redenção libertadora e a aurora da ressurreição”, lembraram.

Diversos veículos de comunicação – entre os quais Télélumière, Nour-Sat, e as páginas na web abouna.com e ipj.org – lançaram uma campanha de solidariedade aos cristãos do Iraque, em especial os de Mossul e de toda a região da planície de Nínive.

A Assembleia dos Ordinários Católicos da Terra Santa foi criada por iniciativa do delegado apostólico em Jerusalém com o objetivo de promover a unidade da Igreja na região.

É composta pelos ordinários de ritos distintos com jurisdição no território, e seu estatuto foi aprovado pelo Papa João Paulo II em 27 de janeiro de 1992.

A assembleia tem as atribuições de harmonizar o testemunho evangélico, servir à comunidade de fiéis, estudar os problemas comuns, fomentar o intercâmbio de informações e de experiências e criar uma pastoral comum para o bem de toda a Igreja.



Fonte: zenit.org





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 17/03/10 às 19:46:39 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES