Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 9272 - Superstição atrai maldição!!!
Artigo visto 3127




Visto: 3127
Postado em: 28/12/11 às 21:43:31 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=9272
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

A superstição é a crença de que certas obras, objetos ou números têm força para dar sorte ou azar. Quanto menos uma pessoa conhece e vive o amor de Deus, tanto maior são as suas superstições.

Com a proximidade do Ano Novo, ouvimos muitos falarem em superstições, simpatias, para atraírem “boa sorte” neste Ano que se aproxima.

São a mais variadas possíveis, de diversas formas, e muitos acreditam piamente que tais ações dão certo, para alcançarem riqueza, sorte, amor, ou qualquer outro tipo de desejo.

Muito se fala em comidas que dão sorte, como comer lentilhas e uvas para atrair fartura. Ou comer romãs para atrair dinheiro, guardando as sementes na carteira.

… e muitas outras bobagens (desculpe-me a palavra).

Como:

- Jogar moedas, da rua para dentro de casa. Atrai riqueza para todos que moram no lugar…

- Dar três pulos, com uma taça de champanhe na mão, sem derramar uma gota; depois, jogar todo o champanhe para trás, de uma vez só, sem olhar, deixando para trás tudo de ruim…

- Subir num degrau, numa cadeira, enfim, em qualquer coisa num nível mais alto. Diz o folclore que isso dá impulso à sua vontade de subir na vida…

- Pular sete ondas, fazendo um pedido a cada pulo… e etc, etc, etc.


CARO LEITOR, NÃO SE DEIXE ENGANAR!!

Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus.” (FILIPENSES 4, 19)

Peça ao Senhor Jesus, e se dá vontade de Deus for, você receberá.

O próprio Jesus diz:

Naquele dia nada me perguntareis. Em verdade, em verdade vos digo que tudo quanto pedirdes ao Pai, ele vo-lo concederá em meu nome. Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo seja completo.” (João 16, 23-24)

E mais…

Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.” (Mateus 7, 7-8)

Fé e superstição são duas realidades completamente diferentes.
Por quê?

A fé está alicerçada nas promessas de Deus:

A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê” (Hb 11,1)

Todas essas práticas (superstições, simpatias) ferem o Primeiro Mandamento da Igreja e por isso abrem as portas para a ação do Maligno sobre a vida da pessoa.

…e o que dizer do uso de roupas brancas para atrair paz, ou qualquer outra cor, como amarelo para atrair riqueza, rosa para atrair amor…

Leia o que diz o Catecismo da Igreja Católica, em que superstição é apresentada como um pecado contra o primeiro mandamento da lei de Deus:

A superstição é o desvio do sentimento religioso e das práticas que ele impõe. Pode afetar também o culto que prestamos ao verdadeiro Deus, como por exemplo, quando atribuímos uma importância de alguma maneira mágica a certas práticas, em si mesmas legítimas ou necessárias. Atribuir eficácia exclusivamente à materialidade das orações ou dos sinais sacramentais, sem levar em conta as disposições interiores que exigem, é cair na superstição” (CIC 2111).

É o caso, por exemplo, de uma pessoa que use um Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, sem fé, apenas como um “objeto que protege” ou que “dá sorte”.

Entenda! Não estou dizendo para você usar “roupa branca” no réveillon, mas sim o que vale é sua intenção diante Deus, que é Onisciente e tudo sabe. Use talvez porque ache bonita, mas nunca porque acha que vai te atrair paz… e o mesmo vale para qualquer outra cor.

E tudo isso vale, para qualquer época do ano e a todos os outros tipos de superstição ( como não passar em baixo de escadas, não cruzar com gato preto, aversão ao número 13, e etc)

Superstição não é agradável a Deus em qualquer época do ano.

Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus” (Gal 5,19-21).

Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.” (Deuteronômio 18, 10-12).

E para aqueles que ensinam essas práticas:

Quem ensina de outra forma e discorda das salutares palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, bem como da doutrina conforme à piedade, é um obcecado pelo orgulho, um ignorante (e não entende nada”). (1Tim 6,3-4).

A superstição cria medo na pessoa, levando-a a confiar em coisas e não em Deus.

A Igreja proíbe a superstição, a “simpatia”, magia e coisas semelhantes. Distorce o culto que prestamos ao verdadeiro Deus. “Ela mostra-se particularmente na idolatria, assim como nas diferentes formas de adivinhação e de magia”. (Cat. §2138).

Quem prática ou acredita em tais práticas ofende a Deus e peca contra o primeiro mandamento, pois age com falta de fé e de confiança em Deus.

Não se deixe enganar! Tudo isso é mais uma, das diversas formas que satanás se utiliza para tentar enganar os filhos de Deus.

Pois o que vale para os verdadeiros cristãos, é que…

A nossa confiança está em Deus” (J.V.)


Fonte: http://reporterdecristo.com/supersticao-atrai-maldicao



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
História de Santa Ângela de Foligno
Mensagem de Jesus a Santa Ângela de Foligno: Mulher, Tuas Modas Crucificam a Jesus
CONHEÇA A HISTÓRIA DA SANTA PROTETORA DOS OLHOS
São Martinho de Porres;abrasado pelo amor de Deus.
História e Milagres de Nossa Senhora Aparecida
Refugiemo-nos no Sagrado Coração de Jesus!
O que mais desagrada a Deus? Leiamos e meditemos.
Minha casa tornou-se, para muitos, um teatro de divertimentos”
As almas do Purgatório
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.325.590
Visitas Únicas Hoje: 1.786
Usuários Online: 270