Teologia da Prosperidade - Repassem
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.950.573
Visitas Únicas Hoje: 33
Usuários Online: 389
Sistema de Busca

 

Protestantes/ Seitas




Salvar no Instagram

Salvar em PDF





+ Detalhes: Baixado 44 vezes
Obs.:1) Todo áudio baixado neste site é mono, ou seja, tem apenas 20% da qualidade, compre a trilha sonora original e tenha um som limpo, estéreo e com qualidade total. 2) O Google Chrome esconde o Download, por isso ao clicar em Baixar, dê Control+j para mostrar a janela de Download.



Visto: 2050 - Impresso: 55 - Enviado: 23 - Salvo em Word: 45
Postado em: 02/04/10 às 11:35:37 por: James
Categoria: Protestantes/ Seitas
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=119&id=4792
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Protestantes/ Seitas

As comunidades eclesiais protestantes pentecostais pregam e ensinam esta Teologia.

Segundo estudos feitos sobre o tema, o método foi trocado pela filosofia da prosperidade e introduzida nos Estados Unidos por volta de 1945. Nesta metodologia, estão inseridas as técnicas pisicológicas, o transe coletivo, e na maioria das Igrejas são adotadas as técnicas de lavagem cerebral.


Teologia da Prosperidade - Repassem

Hoje vamos falar sobre o falso crescimento do Protestantismo Pentecostal e a teologia da Prosperidade. Segundo a mídia, na América Latina abre-se uma Igreja a cada 4 horas. Aqui ficam essas perguntas: Será que estes novos fiéis encontram o que procuram? Seria necessário o surgimento de milhares e milhares de igrejas protestantes para dividir e subdividir o Cristianismo? A única resposta que temos é a seguinte: Toda a divisão é obra de Satanás e não do Espírito Santo, basta folhear as páginas da bíblia e conferir.

Atualmente existem associações religiosas que oferecem cursos para obreiros se tornarem pastores em apenas 90 dias, nesses cursos aprendem como abrir suas igrejas e também 350 projetos para o crescimento em poucos meses, de 50 membros para 700, de 300 para 5.000 e de 3.000 para 40.000 membros. Aprendem as técnicas, métodos e projetos dos templos que mais crescem.

Com todo este resultado, já temos um novo tipo de Cristão Evangélico, são os peregrinos da Religião e constituem o “Movimento dos Sem Igreja”. Com isso, podemos concluir que são os crentes aventureiros, crentes decepcionados, trata-se de pessoas atraídas a estas novas igrejas, com a promessa de ficarem ricas, serem curadas e que possam resolver todos os seus problemas.

No entanto, depois de algum tempo aquelas esperanças transformam-se em frustração. Ao  decepcionarem-se numa igreja, os crentes vão em busca de outras. Nas grandes cidades há um contingente significativo de protestantes que circulam constantemente de igreja em igreja constituindo o fenômeno que os sociólogos chamam de “transito religioso”.

Os nômades da fé, buscam respostas imediatas aos problemas, uma vez que a maioria vive na Era da velocidade. Se as respostas não chegam rápidas, essas pessoas procuram uma nova igreja. Mas o que elas esperam? Esperam que fiquem ricas, sejam curadas de todas as doenças e que todos os seus problemas sejam resolvidos. O que está na moda atualmente é o “Evangelho da satisfação pessoal”, estas são promessas da Teologia da Prosperidade que propõem em banir a pobreza, as doenças e outras coisas.

O problema não está na prosperidade mas na teologia. Para a Teologia da Prosperidade o crente deve morar em mansão, ter carrões, muito dinheiro e nunca ficar doente, quando isso não acontece é porque ele está sem fé, em pecado ou debaixo do poder de satanás, explicam os charlatões, e os manipuladores da fé. Na Teologia da Prosperidade não há lugar para martírio, pois tiraram a Cruz de Cristo de todas as suas igrejas. Ora, se formos avaliar a vida espiritual de uma pessoa pela casa ou pelo saldo bancário, temos que concluir que muitos jogadores de futebol e artistas têm uma Comunhão com Deus fora do comum e isso não é verdade. Hoje em dia, as pessoas nestas igrejas, funcionam na base da emoção e não da razão e reflexão.

A teologia da Prosperidade e todo esse clima de emoção têm forte apoio na mídia, um instrumento que a maioria das igrejas sabem trabalhar muito bem. O fator principal que garante a sobrevivência da maioria destas igrejas, é o seu investimento pesado na mídia e o seu sucesso em colocar a igreja no mercado, e as políticas do mercado na igreja. Parece que estas pessoas, ao buscarem novas denominações, fazem com que a situação da nação brasileira fique cada vez pior, pois basta analisar os casos de violência e o tráfico de drogas que estão fora do controle das autoridades. E para finalizar, faço a última pergunta: Que “Evangelho” é este que não afeta a sociedade para melhor, nem transforma pecadores em Santos?  

Artigo escrito e narrado por Jaime Francisco de Moura

Texto do Audio digitado por: Thaís Dantas



Fonte: http://www.veritatis.com.br/





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 02/04/10 às 11:35:37 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES