Espacojames


Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 9153 - Qual a diferença entre um diácono e um sacerdote?
Artigo visto 3848 vezes




Visto: 3848
Postado em: 21/11/11 às 21:53:02 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=9153
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais

Enviado por Maria Chirstina Benatti - Campins/ SP


Diácono permanente

Originário do grego, a palavra diákonos significa servidor, servente. No Evangelho de João, eles aparecem servindo nas Bodas de Caná (João 2, 5.9).


O diaconato é um ministério existente desde a Igreja primitiva. Os Atos dos Apóstolos descrevem a escolha de sete homens de "boa reputação, repletos do Espírito e de sabedoria" (Atos 6, 1-6), que seriam responsáveis pelo cuidado para com os pobres. Após a escolha, os apóstolos lhes impuseram as mãos, transmitindo o Espírito.

Na carta de Paulo aos Filipenses 1, 1 os diáconos são apresentados em íntima relação com os bispos. Na 1ª Carta a Timóteo (3, 8-13) são enumeradas as exigências provenientes desse ministério, que a principio são basicamente dois: a direção da comunidade e a prática da caridade.

O diaconato é um grau do Sacramento da Ordem. O sacramento da Ordem foi instituído por Cristo e, desde os tempos apostólicos, tem sido exercido pelos bispos, presbíteros e diáconos. Pela imposição das mãos do bispo, o diácono recebe, publicamente, de modo irrevogável e definitivo, o mandato e a missão de servir.

Portanto, a diaconia é uma forma sacramental de participação no mistério de Cristo-Servo, que "não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos" (Mateus 20, 28).

O Concílio Vaticano II deu ao diaconato uma grande importância, ao restabelecer o diaconato "como grau próprio e permanente da hierarquia". O Concílio menciona como tarefa dos diáconos o Batismo, a distribuição da Eucaristia, a assistência a matrimônios, o viático, a pregação da Palavra, o sepultamento, a presidência de cultos, bem como os ofícios de caridade e administração. "Fortalecidos com a graça sacramental, os diáconos servem ao povo de Deus na diaconia da liturgia, da Palavra e da caridade, em comunhão com o bispo e o presbitério" (Lumen Gentium - Cristo, luz dos povos, 29).

No entanto, antes de ser um serviço, o diaconato é uma vocação, um dom de Deus à sua Igreja. Por isso, muito mais que reconhecer os diáconos pelo que eles fazem, devemos reconhecê-los pelo que eles são.

Muitos diáconos tornam-se presbíteros. No entanto, outros permanecem




LEIA TAMBÉM
Lerognosia. Você sabe o que é? Veja alguns casos ocorridos com Padre Pio.
Adorar ou venerar imagens?
Venerar ou adorar? Qual a diferença?
Sobre "O Purgatório"
Por que a mulher não pode ser sacerdote?
Qual é a melhor maneira de comungar e quais nossos méritos?
Jesus morreu como Deus ou como homem?
Você sabia que alguns anjos estão mais perto de Deus que outros?
O que o Código de Direito Canônico fala sobre a nulidade do Matrimônio - Parte 3



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.274.125
Visitas Únicas Hoje: 35
Usuários Online: 289