Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 3310 - Um lugar em que a AIDS é bruxaria
Artigo visto 2149




Visto: 2149
Postado em: 09/10/09 às 20:37:58 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=3310
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Declarações de um participante do Sínodo dos Bispos


Por Jesús Colina

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 9 de outubro de 2009 (ZENIT.org).-

Em uma região em que a AIDS está dizimando a população, para Dom Fulgence Muteba Mugalu, bispo de Kilwa-Kasenga, na República Democrática do Congo, um dos maiores desafios consiste em dar a entender às pessoas que a pandemia não é bruxaria.

Nesta região do sudeste congolês, na fronteira com a Zâmbia, a riqueza de matérias-primas atrai trabalhadores de outras regiões que, ao chegarem, "estendem a epidemia de uma forma terrível".

Nomeado bispo com somente 42 anos (hoje ele tem 47), Dom Muteba Mugalu conversou com um grupo de jornalistas, entre os quais estava a Zenit, sem pudores: "Se existe um país no qual não se faz nada para combater a AIDS, este é a República Democrática do Congo".

"O Estado não faz quase nada. Claro está, há duas organizações de fachada que gestionam milhões, mas o impacto é muito limitado, talvez somente nas cidades. Há muitas pessoas que nunca viram um cartaz sobre a luta contra a AIDS", reconhece.

Não há remédios

O prelado, em pleno Sínodo da África, informa que, no Congo, cerca de 40% da atenção médica é oferecida pela Igreja Católica.

"Acolhemos todas as pessoas, sem distinção - explica. Em toda a diocese, existe um só centro que distribui remédios antirretrovirais. É terrível!".

"Ficamos totalmente impotentes - sublinha. Queremos acolher as crianças em orfanatos, mas não temos financiamento. Fazemos o que podemos com os meios disponíveis, isto é, com a nossa boa vontade. Trabalhamos com voluntários das paróquias. Eles pegam sua bicicleta e vão sensibilizar as pessoas."

Esmagados pelos costumes

Pois bem, o prelado reconhece que "as pessoas estão sendo esmagadas pelos costumes. Isso acontece na minha terra e na Zâmbia".

Por este motivo, confessa ter percebido que pode fazer muito a partir de sua autoridade moral como bispo.

"É preciso que eu tome a palavra e diga: ‘A AIDS realmente existe!'. Eles dizem ‘Não, isso é bruxaria'."

"Alguns ainda não acreditam que é uma pandemia e que podem ser contaminados - sublinha. Neste contexto, o trabalho no campo é mais difícil que na cidade."

"Compreendi que o fato de que eu fale leva as pessoas a refletirem muito. Elas acreditam que os bispos não falam da AIDS, pois, quando se fala da doença, pensa-se sempre no sexo. Eu lhe peço para serem disciplinados em sua vida sexual e isso ajuda a muitos deles."

Neste sentido, esclarece, "o que a Igreja diz nos ajuda muito". Mas reconhece que toda a

falta de informação que existe sobre a AIDS também afeta o que a Igreja diz. "As pessoas não sabem, na verdade, o que o Papa diz", conclui.


Fonte: zenit.org



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Papa e Mahmoud Abbas impulsionam cooperação entre Israel e Palestina
Satanismo e a dominação mundial
Milagres de Lourdes: Jeanne Fretel (1948) após dez anos de hospital e sete intervenções cirúrgicas
“Papa tem razão: Aids não se detém com o preservativo”
Cardeal George Pell: “sem Deus não somos nada”
Santa Sé apoia proibição completa de testes nucleares
Iraque: assassinado enfermeiro cristão
Estátua de Virgem Maria é vista intacta em meio aos escombros de uma capela, após o terremoto
Para os cristãos do Iraque já não há lugares seguros
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.228.393
Visitas Únicas Hoje: 1.302
Usuários Online: 318