Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 8019 - Igreja Católica no Paquistão se mobiliza para libertar jovem católica seqüestrada e islamizada a for
Artigo visto 1491 vezes




Visto: 1491
Postado em: 15/06/11 às 08:03:11 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=8019
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Igreja Católica no Paquistão se mobiliza para libertar jovem católica seqüestrada e islamizada a força

Roma, 14 Jun. 11 / 09:39 pm (ACI)

"A Igreja Católica no Paquistão está fazendo de tudo para libertar Farah e restituí-la à sua família” afirmou Dom Andrew Francis, Bispo de Multan, diocese onde Farah Hatim, uma jovem católica foi seqüestrada na cidade de Rahim Yar Khan (sul da província de Punjab), forçada a casar com um muçulmano e converter-se ao Islã.


Em declarações à Agência Fides, Dom Francis disse que “nos últimos dias, a pressão da sociedade civil e da comunidade internacional cresceu e a Igreja do Paquistão começa a alimentar a esperança pela a libertação da menina: A Comissão "Justiça e Paz" foi ativada e usará todos os meios à sua disposição”.

“Estamos mantendo conatos com altos funcionários da polícia para tentar destravar esta triste questão. Estou confiante numa solução positiva. Temos muita confiança em Deus e nos frutos da nossa oração", confidenciou à agência vaticana Fides o Bispo de Multan.

A Comissão “Justiça e Paz” da Conferência Episcopal do Paquistão está concluindo sua investigação do caso, que é emblemático de um fenômeno generalizado: acredita-se que pelo menos 700 jovens cristãs são seqüestradas e islamizadas a força anualmente. 

Segundo fontes da agência Fides, para o próximo passo para definir o caso, a Igreja poderá tentar uma ação judicial ao Supremo Tribunal de Lahore, pedindo o respeito pelos direitos humanos e pela liberdade individual da jovem, que agora vive segregada. 

Fides também denuncia que um tribunal de primeira instância já havia declarado o caso "fechado", baseando-se numa declaração escrita em que Farah afirma ter se casado e convertido por sua vontade. A família da jovem disse, no entanto, que a declaração foi extraída sob ameaças e torturas.

Fides informou também que algumas ONG cristãs credenciadas no Conselho da ONU para os Direitos Humanos em Genebra, estão acompanhando o caso de Farah e pretendem elaborar um relatório que será apresentado ao Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos.


Fonte: aciditial.com

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.745.226
Visitas Únicas Hoje: 1.039
Usuários Online: 258