Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.196.742
Visitas Únicas Hoje: 1.293
Usuários Online: 258
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 3035 - Impresso: 95 - Enviado: 34 - Salvo em Word: 58
Postado em: 07/02/10 às 12:55:39 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4241
Marcado como: Artigo Importante
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Nova Trento, SC, 19 de Março de 2009
CEIC – Centro de Encontros Imaculada Conceição
Retiro dos Dirigentes – 15 horas


“Paz!”

Filhinhos amados: Muito obrigado!
Sim, sois meus convidados! E o Pai confia em vós! Muito obrigado por aceitardes ao meu convite.

Não, filhinhos: Não sois descendentes de símios! Não sois símios! Deus impregnou em vós, a alma, o espírito, e vos cumulou de dons. Os símios não vivem segundo e espírito: são apenas carne!
Criaturas diversas Deus criou, mas dividiu suas criaturas e deu ao homem a alma! Unicamente ao homem! Não sois símios!
Rezai pelos maus cientistas.

Já em Adão, no seu tempo, haviam muitas criaturas – parecidas com os humanos – mas não eram filhos de Deus: eram apenas criaturas de Deus - Caim juntou-se a eles, e mais tarde, os filhos de Deus deram-se em casamento aos filhos dos homens, que eram apenas criaturas de Deus!

E vós não sois só Suas criaturas: sois Seus filhos. Deus, em vós, soprou a alma! Vos fez viver com Ele!
Rezai, filhinhos! Rezai para que a Igreja não sustente teorias ignominiosas! Rezai pelos cientistas! Amém!
Peço-vos também, rezar por Sua Santidade o Papa Bento XVI. Neste retiro deveis sempre menciona-lo assim: Sua Santidade o Papa Bento XVI. Amém!

Ele está fazendo a história! Dando continuidade à História da Salvação! Mas rodeado de feras vorazes... Amém!
Muito Obrigado! Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Jesus!”
 
“Filhinhos Amados: Paz! Muita Paz!”
Eu vos amo tanto! Muito obrigada por vosso amor!
Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Maria, Mãe do Universo!”
 
“Contem Comigo! Também estou aqui!” “São Miguel!”
 



 

OBS: As colocações abaixo são de inteira responsabilidade de Arnaldo e nada têm a ver com Cláudio. São meditações e descobertas minhas, embora mensagens anteriores as confirmem. Desde alguns anos tenho escrito um texto que nunca divulguei ao público - Do Neanderthal ao Clone - porque a mensagem dizia que “o Pai não quer que isso seja do conhecimento das pessoas”, nem mesmo da Igreja.
 
Mas agora Jesus vem dar as pistas e abre o jogo, contra a má ciência, entretanto a maioria não se dará conta da realidade, sem uma explicação, ou algumas dicas que aprendi nestes anos. De fato eu não vou revelar aqui a essência desta mensagem, apenas pedir para que as pessoas a analisem, em cima destes pontos que são colocados por Jesus. Meditemos...
 
1 – Antes de Adão já havia homens na terra, que eram apenas criaturas de Deus, não eram filhos, porque Ele não Se havia revelado a eles. Embora inteligentes, eles viviam,  morriam, se matavam, se comiam, mas desapareciam como se nunca tivessem existido. Não eram resgatados, não havia céu para eles. Nem inferno! Eram estes os chamados filhos dos homens. Estes homens sentiam dor, sofriam, eram apenas animais, embora racionais, que, entretanto se odiavam uns aos outros. Eles eram apenas carne, e não almas viventes. Não haviam recebido o sopro da alma, da origem divina. Tinham a mesma semelhança nossa, apenas isso. Sua constituição genética, na síntese última era diferente da de Adão, que virá milhares de anos mais tarde, embora ambos tenham gene compatível no cruzamento das raças. Não é incrível isso? Leiam Gênesis 1, 27-28.
 
2 – Deus criou Adão DEPOIS, de uma genética especial, como filho de Deus, já o criou inteiro, adulto, pronto e acabado. Deu a ele um espírito, e o homem “passou a ser uma alma vivente”. Depois criou Eva para ele, de sua costela, ou seja, de sua mesma genética. Em Adão, Deus colocou o ápice de sua perfeição criadora, somente tendo sido depois suplantada em Maria. Adão e os seus descendentes eram perfeitos fisicamente, não deveriam sentir dor, nem tristeza, não legariam filhos abortivos nem maus, não criariam filhos tidos por feios, ou gordos, ou deformados, nem gerariam filhos aleijados. Seriam tão inteligentes como os anjos. Eles poderiam casar entre si sem problemas consangüíneos, pois eram filhos diletos do Amor, feitos para viverem com Deus, vendo-O face a face. O pecado deformou tudo isso e Caim nasceu já fora destas regras. Leiam para entender a diferença entre o primeiro e o segundo homem. Gênesis 2, 7.
 
3 – Os filhos de Adão, a partir já de Caim, casaram com as filhas dos homens (leiam Gênesis 6, 1-7) e com isso começou a corrupção geral da humanidade. Com a mistura do sangue. Não só a corrupção espiritual, como a corrupção física, gerando todos como filhos da dor, do sofrimento, da morte prematura, da síndrome de Down, da doença de mil tipos, especialmente filhos da guerra, do ódio e da vingança. Do olho por olho, dente por dente. Assim, Caim se tornou assassino, porque aprendeu a matar com os filhos dos homens, os da mesma espécie de sua esposa. Também os filhos deles seguiram esta sina, embora a semente da filiação divina fosse aos poucos permeando as raças, difundindo-se entre os povos. Certamente Adão deve ter tido outros filhos além dos três citados na Bíblia, até porque viveu muitos anos.
 
Assim, misturaram-se digamos, as duas espécies de homens, e de seu cruzamento resultaram os homens de hoje. São, pois dois tipos de sangue distinto, que, entretanto se podem misturar. Digamos, é como o canário e o pintassilgo, que criam o pintagol. Mas atenção: Existe ainda hoje a semente bendita e a maldita, permeada entre o sangue das famílias. Somente o Pai Eterno sabe quem herdou o sangue de Adão, ou o sangue dos trogloditas. Por isso é que dentro das famílias temos filhos rebeldes incuráveis, e outros bons e santos. Há também muitos, com a mistura de sangue, com percentuais variados.

Mas não se assuste, se o seu filho rebelde é batizado, tem então a condição de filho de Deus, portanto tem direito ao céu, desde que o queira, com plenitude de direitos. Já se não é batizado, é porque não quer a condição de eleito, e deve arcar com o peso de sua decisão. E os pais pagarão por isso. Deus quer a alma dos filhos, não o sopro das criaturas. Só aos filhos a eternidade. Isso quando tem gente, que se diz católico, que acha injusto Deus não ter dado alma aos animais irracionais. É por isso que muitos caem na lábia do diabo, valorizando mais as bestas que os próprios filhos. Este chiitismo irracional e ecologista atual, de preservação das espécies em extinção vêm de satanás. 

 

A maior explicação que esta mensagem de Jesus nos dá é que justifica o motivo pelo qual, no tempo dos 40 anos do deserto, Deus mandava matar aqueles povos todos, até o total extermínio, velhos, jovens, crianças, grávidas. Veja que eram 34 povos que ali habitavam. Deus acampava se povo diante de um deles e ficava ali por mais de um ano, mostrando a eles os prodígios que fazia pelo seu povo - leia o Livro da Sabedoria quando fala do Êxodo - ele os convidava a integrar o povo eleito, mudaria seu gene, e o integraria aos eleitos, entretanto eles não aceitavam nada. Continuavam a queimar crianças no ventre de Moloc e a cometer imensidades de abominações e orgias. No final Deus dizia: matem a todos até o total extermínio. Apenas um povo se integrou, e foi poupado.

 

Não se tratava então de crueldade de Deus ou do povo judeu, mas simplesmente da obstinação decidida no mal daqueles povos, natureza incurável, embrutecida, inquebrantável. Eles só queriam seus deuses de pau e de bronze, e jamais mudariam seus instintos. Ora, isso acontecerá novamente agora. Deus deu mais de 6 mil anos para estes povos se integrarem ao seu povo, a se resgatarem a aceitarem Jesus como seu Deus e seu Senhor, entretanto a obstinação deles é brutal, e não abrem o mínimo espaço que seja em suas mentes para aceitarem a filiação divina. Interessam-lhes seus ídolos como deuses, milhares deles, desde répteis, batráquios até elefantes. E há gente que quer equipará-los ao Deus Altíssimo. Que horror! Falso ecumenismo! Há gente que se diz católico e quer "ecumenizar" com espíritas, que vivem de braços dados com satanás. Que se pode fazer por estes? Rezar! E adianta?

 

Entendam bem, tudo leva a crer que todos os dirigentes maus do mundo, estes ateus, atoas, os que se deixam guiar pelo diabo até as últimas conseqüências, são povo que não tem cura, eles e os seus. Embora tenham todos os meios de salvação. Todos enfrentarão ao final ao Eterno Juiz, e poderão ali se curvar, o que muitos não fazem. Estes não pertencem ao povo santo! Embora muitos sejam até batizados, e, portanto, sujeitos a Lei. Eles são sim inteligentes, porque Jesus mesmo falou: os filhos das trevas são bem mais inteligentes que os filhos da Luz. Somente as trevas se revoltam contra a verdade! Infelizmente existem muitos filhos, batizados, que se deixam seduzir pelas trevas, e passam a viver a mesma fúria teimosa das criaturas inteligentes. Os que os faz dementes! São filhos de Caim!

 

Porque nada os faz aceitarem viver a Lei de Deus, antes lutam furiosamente para derrubar tudo o que vem Dele. São os anjos negros do aborto, da pratica homossexual, da morte da célula tronco-embrionária. E são exatamente estes que rejeitarão todas estas coisas, até sob a alegação de racismo, e coisas assim. Teimosia obstinada no mal, eis o maior pecado do homem! Brutal teimosia, desejo arrasador de derrubar a Deus. Este é o trilho aberto que conduz ao inferno! A teimosia é o asfalto negro que alisa a trilha do báratro! Não fosse o amor e a misericórdia de Deus todos eles escorregariam por ali. Felizmente "Deus Salva"! E raros se perdem!

 

Quero dizer que entre estes povos do abismo, da teimosia, são raras as pessoas tendentes a bondade. Eles se acham donos da verdade, criam cada um seu deus particular, e nada aceitam que venha da Eterna e imutável lei divina. E se elas tratam bem seus filhos e filhas, o fazem não pelo enlevo superior do amor de Deus, mas pelo mesmo instinto das criaturas, dos animais, que também cuidam de suas crias. Até as feras fazem isso! Sinal de que não têm em si o selo do AMOR, herdado apenas de Adão, não portam em seu ser os atributos superiores da alma, que a atiram avidamente rumo ao Criador. Não se abrem à graça, não aceitam a lei divina, nem que todas as evidências apontem para esta verdade.

 


Assim, se me entenderam agora, por muitas dicas que já passei em outros textos, esta semente degenerada terá que desaparecer da face da terra, para que haja felicidade plena no Novo Reino. Restarão no final somente os descendentes de Adão, Noé, Abraão, Isaac, Jacó e das 12 tribos de Israel. O compromisso de Deus é bem claro estabelecido nas Escrituras: Israel, meu povo eleito! Olhando bem no fundo das almas, dos comportamentos e dos sentidos, somente este povo e a sua linha de sangue, continua a prestar culto ao Deus único e verdadeiro. Os outros povos, os que carregam o gene das criaturas, continuam rebeldes, continuam a negar a Deus, e afinal, NUNCA o aceitarão em plenitude. Injustiça? Mesmo assim bilhões deles estão hoje no Céu! Injustiça? Seria dar o Céu aos hereges e quase demônios!

E para alegria de todos, Nossa Senhora já nos disse que: todos os que participam do Movimento Salvai Almas, pertencem a uma das 12 tribos de Israel. E claro, milhares de outros que não participam. São os filhos do amor, os que querem viver a santidade. Temos chance de povoar a Nova terra então, nós e nossos filhos. E não se trata de nenhuma injustiça de Deus, porque todos, bons e maus têm tiveram e ainda terão chances iguais e múltiplas de se converterem. Aliás, os maus têm mais chances que os bons. Os não filhos, mais que os filhos!
 
Eis porque Jesus diz: Um será levado, outro deixado. Dentre os filhos dos homens, pode haver alguns com a semente bendita, sim, mas a maioria tem a semente degenerada. E isso acontece entre todos os povos e raças. A salvação é destinada a todos os homens, também aos filhos dos homens, que podem ser resgatados pelo Batismo. O grande problema é que os bastardos jamais quererão aceitar Jesus, nem daqui a milhares de anos. Eles sempre desejarão beber o sangue dos justos. Então sua semente desaparecerá da terra, e para sempre. Ficará apenas o germe de Adão. Restará uma semente pura da casa de Jacó! O compromisso de Deus, a sua aliança, é apenas com seus filhos, não com as criaturas. Com os que não querem ser filhos de Deus, nem herdeiros do Céu. E todos os homens têm inteligência e chances iguais de se decidir por Deus.
 
Ou seja: se Deus deixasse permanecer na Nova Terra a semente degenerada dos filhos dos homens, adiante nos tempos surgiriam os filhos rebeldes e bastardos, que mesmo vendo Deus a sua frente tumultuariam as gerações futuras mantendo o germe do mal latente, impedindo a felicidade geral dos filhos. Ou seja: restarão apenas filhos geneticamente portadores da semente do Amor, dóceis, mansos, humildes, em síntese, os santos. São os herdeiros da terra!
 
Compreendem agora porque existem tantas pessoas que desafiam a Deus? É que os verdadeiros filhos não fazem isso. Os bons filhos não querem confusão, levam uma vida honesta, se amam e amam no amor de Deus. Busque, pois entre os não filhos, e achará ali os degenerados, os malditos, os mentirosos, os falsos mestres, os falsos teólogos, os maus cientistas, os maus governantes e todos aqueles que desafiam a Lei de Deus e não querem viver a santidade. Acaso digo que todos eles se perderão? De forma alguma! Apenas estes terão de ser retirados do meio dos filhos, para aqueles possam viver em paz, e para sempre.
 
Resta uma dúvida que vou esclarecer, antes que alguém me pergunte: Acaso Jesus não falava de si, como "Filho do Homem"? Vejam o que São Paulo diz em 1ª Coríntios 15, 45 Como está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente (Gn 2,7); o segundo Adão é espírito vivificante. 46 Mas não é o espiritual que vem primeiro, e sim o animal; o espiritual vem depois. 47 O primeiro homem, tirado da terra, é terreno; o segundo veio do céu. 48 Qual o homem terreno, tais os homens terrenos; e qual o homem celestial, tais os homens celestiais. 49 Assim como reproduzimos em nós as feições do homem terreno, precisamos reproduzir as feições do homem celestial. 50 O que afirmo, irmãos, é que nem a carne nem o sangue podem participar do Reino de Deus; e que a corrupção não participará da incorruptibilidade. Isso explica tudo não? Jesus se diz Filho de Davi, portanto filho de Adão, o primeiro que teve alma.
 
Assim, o gene de Adão está em milhares de pessoas. Nenhum povo está fora, mas tudo caminha para os judeus. Porque está escrito: a salvação vem dos judeus! Quais judeus? Ontem uma pessoa me escreveu dizendo que atenderá no guichê a um senhor, de solidéu preto na cabeça, e perguntou a ele se era judeu e ele disse sim. Falou que era um judeu messiânico, que acreditava que Jesus era o Messias. Bem ali está um filho de Deus, a diferença entre “aqueles que se dizem judeus e não são, mas sim são uma Sinagoga de Satanás”. E estes serão também eliminados! São os judeus que não aceitam Jesus, nem no final O aceitarão. Porque está muito próxima a sua conversão em massa, sinal último da eminente chegada do Grande Rei do Universo.
 
Quero dizer: Existem pessoas que acham que são judeus, vivem como se fossem judeus, mas não têm no sangue a semente bendita de Jacó. A diferença entre uns e outros é que os verdadeiros judeus são como os apóstolos e todos os judeus que aceitaram Jesus pelos tempos afora. E no final estes bons aceitarão Jesus como Messias, enquanto os falsos judeus não O aceitarão. Os filhos têm alma, que em síntese é o espírito do Amor, da bondade, da ternura, da docilidade, também da humildade, da verdade, da fé. Isso nos leva mais longe, e a perceber que desde os tempos de Jesus a semente estava misturada. Os membros do Sinédrio, a casta maldita de Anás e Caifás, já não eram judeus de fato, apenas descendentes dos antigos povos, infiltrados no meio de povo pela união das duas sementes.  
 
Enfim, lembro que o sangue bom está entre todos os povos, brancos, negros asiáticos, porque se formaram em síntese a partir dos filhos de Noé. Somente o Pai Eterno sabe quem porta um ou outro sangue e somente para os filhos é reservada a graça da Nova Terra. Quem se revolta contra isso, já está fora dela. Mas entendendo isso, o leitor compreenderá o motivo pelo que Deus mandava Josué eliminar todos aqueles povos antigos, que povoavam a Palestina. Eles eram filhos dos homens, irreconciliáveis com Deus.
 
Por qual motivo Deus quis assim? Para que vivendo no meio deles, nós nos tornássemos mais santos, pudéssemos convertê-los, batizá-los e resgatá-los para Deus pelo batismo. Ide, fazei discípulos meus entre os povos!... Os que não foram resgatados pelo batismo. Para estes nosso Deus reserva outro destino, e têm na mansão pagã, no limbo, uma chance de entrar no repouso eterno. Mas estes jamais viverão no céu as mesmas delícias dos filhos. Serão felizes, mas menos!
 
Enfim, porque Deus não os fez todos já com a semente da bondade? Deus queria assim em Adão. Ele criou o Paraíso para os filhos, e deveria ser que a medida que os filhos do primeiro casal se expandissem, pelos milênios afora, eles, pela força do amor, da bondade, iriam aos poucos expandindo as fronteiras do paraíso, de modo a, aos poucos tomar toda a terra. Com isso, naturalmente desapareceriam  as criaturas, sendo no fim, a terra inteira um perfeito paraíso. Coisa que somente irá acontecer, quando forem eliminados os que não querem a filiação divina. As criaturas. Deus é mau? Maus são os que não O aceitam, em espírito e verdade. 
 
Quanto aos que não querem compreender estas coisas, está dito em Isaías 6,10 Obceca o coração desse povo, ensurdece-lhe os ouvidos, fecha-lhe os olhos, de modo que não veja nada com seus olhos, não ouça com seus ouvidos, não compreenda nada com seu espírito. E não se cure de novo. 11 Até quando, Senhor disse eu. E ele respondeu: Até que as cidades fiquem devastadas e sem habitantes, as casas, sem gente, e a terra, deserta; 12 até que o Senhor tenha banido os homens, e seja grande a solidão na terra. 13 Se restar um décimo (da população), ele será lançado ao fogo, como o terebinto e o carvalho, cuja linhagem permanece quando são abatidos. Sua linhagem é um germe santo. Que se pode fazer por estes senão rezar? Por isso... 
 

Por último Jesus pede que rezemos pela Igreja para que não aprove teorias ignominiosas. Isso quer se referir ao fato de que no Vaticano está sendo montado um grupo para estudar a maldita teoria da evolução de Darwin. Tudo leva a crer que são manobras da besta, para confundir as pessoas e pressionar sua Santidade o Papa Bento XVI a cair em contradição e erro.
 
Como vimos acima, Deus criou o homem, criou os dois - filhos e não filhos - e já os criou inteiros, prontos e acabados. Não existe mutação por força de um desejo da espécie viva, nem evolução por desejo de criatura alguma. Símio é símio, sempre foi, é e nunca deixará de ser símio. Ele de si não tem poder de baixar ao solo, andar ereto, perder o rabo e largar seus pelos para tornar-se humano. Não pode ter afetos, nem falar, nem amar. Não conhece a Deus. Tanto que não pode cruzar com os homens, nem gerar criaturas andróginas. Se fossem da mesma espécie, isso seria possível. Tudo é parte da obra criadora de Deus. Embora o Gênesis diga que Deus criou tudo, viu que era bom e depois descansou, verdade é que a criação nunca parou. 
 
De fato, a ordem criadora divina é eterna e permanente. Se Deus criasse o homem e o deixasse ao seu sustento, ele não resistiria mais que algumas horas. Ou segundos, porque o homem sequer respira sem a ordem de Deus. Ele precisa acompanhá-los dia e noite, e a cada um deles, para que vivam, respirem, se alimentem e tenham alimento que os mantenham vivos. Assim também com todos os animais e plantas. Sem Deus elas desaparecem.
 
Sim, O Criador não somente fez, como mantém vivos, e somente Ele tem direito a vida. A obra criadora continua e se perpetua na perfeição. Deus continua a criar novos seres, novos animais, e continua a adaptá-los amorosamente de acordo com a variação do clima, a existência de água e alimentos, ou seja: o tal de meio ambiente. Sem este acompanhamento contínuo, todas as espécies já teriam desaparecido. Inclusive o homem, uma das mais frágeis criaturas! Não adianta de nada o homem tentar "preservar as espécies ameaçadas de extinção", se Deus achou por bem eliminá-las, ou permitir que desapareçam, para o bem das outras, a necessidade do ambiente, o bem estar do homem.
 
Ora, todo este desejo insano de preservação, este gasto imenso com alguns animais em extinção, visa desviar dos filhos de Deus a atenção de todos. Se o homem repovoa os oceanos com milhões e novas tartarugas, fora do processo natural que Deus já tem implantado, acaba por colocar também milhares de comedores dos alimentos das outras espécies, que preenchiam aquele espaço. Isso é apenas remendo, quando Deus tem a criação perfeita como um todo. Claro que é a ganância do homem que destrói tudo e obriga Deus a mover seus planos. Mas contra esta sede de lucro, ninguém luta. No fundo querem atingir a Deus dizendo assim. Ele disse nas Escrituras que cuidava dos animais, mas os deixa acabar. Ou então: Deus quer deixar as espécies morrer, mas nós vamos provar que somos capazes de mantê-las sem a ajuda dele. Que tolos! O Senhor ri destes!
 
Ou seja, nenhuma criatura tem poder de si mesma, de alterar qualquer de suas características, sendo escrava da gênese. A ordem criadora impressa nela pelo código genético é impossível de ser alterada por ela mesma. O fato de as espécies acompanharem a sequência das eras, adquirindo certas características que parecem indicar uma mutação, ou evolução, para que se adaptem a novos ambientes, aumentem ou diminuam de tamanho, na realidade são perfeições implantadas nelas pelo Criador, que além disso pode, a qualquer momento, alterar um pequeno elo da cadeia da vida, de modo que de imediato aquela critura e a sua prole sequencial, adquiram a nova característica. Mas isso DEUS FAZ, por sua vontade e por amor a cada criatura, JAMAIS ela faz por si. Não existe evolução, apenas CRIAÇÃO PERPETUADA NO CRIADOR.

 
Rezemos por esta equipe do Vaticano, para que não caia na lábia da besta e expulse a Deus da Criação, nem destrua o Limbo, a Mansão Pagã. Ela existe e sem ela seria condenar ao extermínio eterno todos os não batizados. Rezemos para que os bons lá presentes descubram estes mistérios de Deus e tenham argumentos para combater a evolução, e elementos para defender a Igreja, e a bem explicar as Escrituras. Como disse no início, a responsabilidade por estas explicações é minha. O Cláudio nada tem a ver com isso, nem sabe disso, e nunca interferiu no que eu escrevo: Aarão!



www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 07/02/10 às 12:55:39 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES