Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.273.285
Visitas Únicas Hoje: 214
Usuários Online: 247
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2220 - Impresso: 52 - Enviado: 13 - Salvo em Word: 43
Postado em: 18/02/10 às 08:42:55 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4347
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

A mensagem de Jesus, do dia 28, nos pegou de surpresa e trás algumas coisas que talvez seja preciso comentar. Algumas dúvidas já surgiram nos amigos, e antes que muitos perguntem acho interessante esclarecer:

1 > O Batismo de desejo, é aplicado no Céu, exclusivamente por Jesus, obedecendo a um desejo de alguém na terra, ou até da própria pessoa se em vida não conseguiu. Pode ser:

     A > Desejo dos pais que vindos do Japão – por exemplo – aqui encontram como maior religião a católica e então batizam os filhos nesta religião, embora eles permaneçam no budismo. Neste caso os pais podem ser batizados por Jesus, e adentrarão ao Céu com os filhos. Já temos exemplos reais de que isso aconteceu!

     B > Desejo dos pais ou de um deles, de batizar seu filho que foi abortado. Neste caso, se não conseguiram fazer o batismo tendo os restos mortais da criança – natimorta ou aborto – havendo o real desejo, ela é imediatamente batizada por Jesus e deixa o Limbo.

     C > Desejo de um adulto, que admira a fé católica, mas vivendo em outra religião não pode deixar sua tradição, até por ser perseguido. Neste caso, se ele viver em conformidade com os princípios cristãos, será batizado por Jesus e deixará o Limbo.

     D > O mesmo caso acima se aplica aos pais em relação aos seus filhos. Se os pais pertencendo a outra religião, gostariam de batizar seus filhos na fé cristã mas não podem por via da perseguição ou outro impedimento, Jesus o fará não somente em relação a eles próprios, mas em seus filhos e filhas, netos e netas, sua geração!

2 > O importante nestes casos é observar duas coisas: 1 > Deve haver um desejo expresso e manifesto da própria pessoa em vida; 2 > Deve haver este desejo por parte dos pais daquela pessoa. Porque os pais são os grandes responsáveis pela “limpeza” dos filhos.

3 > Neste caso, quando são tios e tias, irmãos ou irmãs que manifestam o desejo deste batismo para seus familiares, ou até de outros conhecidos é importante que obtenham o consentimento ou a presença dos pais nesta hora. Eles que devem desejar o batismo dos filhos natimortos e abortados, sejam de forma espontânea ou provocados.

4 > A fórmula do batismo é a mesma da Igreja, usando as palavras: José, ou Maria (O nome da criança): Eu te batizo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Deve-se fazer em clima de oração, com muito amor e fé.

5 > Lembro que existe muita oposição por parte de setores da Igreja, porque esta fórmula foi passada aos leigos, por mensagens de Nossa Senhora, e não se trata de algo aprovado. Mas recentemente o Santo Padre Bento XVI, instituiu uma comissão especial voltada a estudar procedimentos nestes casos. De qualquer forma, trata-se de algo que visa apenas o bem, e neste caso, mesmo sem a aprovação formal da Igreja, o AMOR vence tudo.

6 > Sobre as revelações fica bem claro que TODOS os que morrem sem batismo e que não recebem o desejo dele, não podem entrar no Céu, pois Jesus teria mentido ao dizer: quem crer e for batizado será salvo! Isso veda completamente a entrada de um pagão no Céu. Mas aqui existe um mistério, um segredo do Céu, sobre o qual Deus não quer que nos aprofundemos. Os pagãos ficam assim por conta exclusiva Dele.

7 > No Limbo, os pagãos têm apenas uma vaga esperança de Deus. Não o vêem, mas sabem que Ele existe que é um só e o mesmo, que não é Buda, nem Alá, nem qualquer bicho ou força natural que se idolatra. Sabem que um Deus só, e que a salvação está somente Nele. E embora não sofram, também não podem viver a felicidade plena. Há um como que vazio, que, entretanto não será eterno.

8 > Todo sentimento que tenho – trata-se de algo pessoal e não vem do Cláudio nem de mensagem – é que neste Limbo as almas pagãs têm condições, mesmo de uma maneira muito difusa, de analisar sua vida na terra; e perceberem que existe o certo e o errado em relação a este Deus único, que não conseguiram compreender ou viver em vida. Que nem sabiam que existia e Jesus entende e pesa tudo isso.

9 > Partindo deste pressuposto, elas têm condições de desejarem este Deus ou também O rejeitarem e Deus respeita esta decisão. Jesus fala na mensagem que haverá no fim do mundo uma purificação final, e neste momento Deus irá acolher aqueles que o desejam e repelir para sempre os que se obstinarem no mal. Claro, nestas condições, as crianças pagãs que morreram antes dos sete anos e da idade da razão, receberão um tratamento diferente. Estas não podem ser condenadas.

10 > Como se viu, na Mansão Pagã não se reza e isso quer dizer que não adianta rezar por eles, porque nossas orações não as atingem. Elas não fazem parte da Igreja, não por causa do batismo em si, porque o Batismo não é condição de pertencer a Igreja e sim é para apagar o pecado de origem. Nossas orações podem então decidir o futuro dos pagãos enquanto estamos aqui na terra, lá na eternidade é tarde.

11 > Como vimos a responsabilidade é dos pais. Temos encontrado muitos casos onde as crianças dos protestantes ficam sem batismo, porque a preocupação deles com este santo sacramento, não é tão importante. Neste caso, e também no caso dos católicos, quando a culpa de não batizar é dos pais, eles pagarão no purgatório as penas dos filhos.

     No mais, confiemos na Misericórdia e na Justiça divina. Ele saberá o que fazer com todas aquelas almas. O que nos impressiona, e deve machucar muito o coração de Deus é que, pela matemática simples se sabe que a Mansão Pagã é maior que a celeste. Quero dizer, são bem menos os batizados – 1/5 parte da humanidade – que os não batizados. Então este batismo de desejo pode reverter as coisas, pois acredito que ao final poucos pagãos rejeitarão o convite de Deus.

     Para terminar, quem leu as visões da irmã Fanny Moysseieva – no site – viu que ela descreve um planeta diferente, destinado aos pagãos que entram pela porta da divina misericórdia, pelo batismo de desejo. É sim um lugar fantástico, feliz, mas nada comparado a aquele destinado aos filhos e filhas de Deus. Sim, creio que os natimortos e abortos dos pais batizados participam com eles da mesma glória, no mesmo “local”.

     Um dia saberemos todas estas coisas. Por hora conformemos-nos em saber que nós somos sim batizados, graças a Deus, e por isso temos direito ao Paraíso. Resta fazer por merecê-lo!



www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 18/02/10 às 08:42:55 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.

LEIA TAMBÉM












Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES