Mentira Protestante: Não existe nome de Igreja Católica na Bíblia - É possível ligar Bento XVI a São
Espacojames



Página Inicial
Listar Protestantes/ Seitas




Artigo N.º 4979 - Mentira Protestante: Não existe nome de Igreja Católica na Bíblia - É possível ligar Bento XVI a São
Artigo visto 3524




Visto: 3524
Postado em: 25/04/10 às 12:16:05 por: James
Categoria: Protestantes/ Seitas
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=119&id=4979
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Protestantes/ Seitas


Mentira Protestante:

1) Não existe nome de Igreja Católica na Bíblia: Mt 16,18.

2) É possível ligar Bento XVI a São


Nossa Resposta:

Não é o nome que importa, mas o significado.
Sabemos que a Igreja é única, pois Jesus ao instituí-la disse no singular: "MINHA IGREJA". (Portanto as demais, inventadas pelos homens, nada têm a ver com Ele).

Importa que seja a Igreja de Cristo. Católica significa universal. A Igreja de Cristo é Católica (= universal), porque recebeu a missão de levar o Evangelho a todos os povos: Mt 28,19: Mc 16,15.

Para comprovar que a Igreja Católica é MESMO a única Igreja de Cristo, basta você ver quem foi escolhido por Jesus para administrá-la Pedro !
A partir daí, seguindo a História, você verá a relação dos 266 PAPAS, de Pedro até Bento XVI, comprovando que esta é sem dúvida a ÚNICA IGREJA DE CRISTO !!!

Como não podia ser diferente, nenhuma seita protestante possui sucessão apostólica, ou seja, nenhuma delas possui qualquer ligação com os Apóstolos, muito menos com Jesus.



É possível ligar Bento XVI a São Pedro?

- Sim.

É evidente que só a Igreja Católica teve origem em Jesus, pois só ela possui a Sucessão Apostólica, deste Pedro, escolhido por Jesus, até o Papa atual.

"Já que seria demasiado longo enumerar os sucessores dos Apóstolos em todas as comunidades, nos ocuparemos somente com uma destas: a maior e a mais antiga, conhecida por todos, fundada e constituída pelos dois gloriosíssimos apóstolos Pedro e Paulo.

Mostraremos que a tradição apostólica que ela guarda e a fé que ela comunicou aos homens chegaram até nós através da sucessão regular dos bispos, confundindo assim todos aqueles que querem procurar a verdade onde ela não pode ser encontrada.

Com esta comunidade, de fato, dada a sua autoridade superior, é necessário que esteja de acordo toda comunidade, isto é, os fiéis do mundo inteiro; nela sempre foi conservada a tradição dos apóstolos" (Ireneu de Lião, +202, Contra as Heresias III,3,2).

 

 

A lista de todos Papas

266º 2005 - ...    Bento XVI (Joseph Ratzinger)
  1978 - 2005 João Paulo II (Karol Woityla)
  1978 - 1978 João Paulo I (Albino Luciani)
  1963 - 1978  Paulo VI (Giovanni Battista Montini)
  1958 - 1963 João XXIII (Angelo Giuseppe Roncalli)
  1939 - 1958 Pio XII (Eugenio Pacelli)
 260 1922 - 1939 Pio XI (Achille Ratti)
  1914 - 1922 Bento XV (Giacomo Marchese della Chiesa)
  1903 - 1914 Pio X (Giuseppe Sarto)
  1878 - 1903 Leão XIII (Giocchino Vincenzo de Pecci)
  1846 - 1878 Pio IX (Giovanni Conte Mastai-Ferretti)
  1831 - 1846 Gregório XVI (Bartolomeo Cappellari)
  1829 - 1830 Pio VIII (Francesco Saverio Castiglioni)
  1823 - 1829 Leão XII (Annibale della Genga)
  1800  -1823 Pio VII (Luigi Barnaba Chiaramonti)
  1775 - 1799 Pio VI (Giovanni Angelo Conte Braschi)
     
250º 1769 - 1774 Clemente XIV (Lorenzo Ganganelli)
  1758 - 1769 Clemente XIII (Carlo Rezzonico)
  1740 - 1758 Bento XIV (Prospero Lambertini)
  1730 - 1740 Clemente XII (Lorenzo Corsini)
  1724 - 1730 Bento XIII (Pietro Francesco Orsini)
  1721 - 1724 Inocêncio XIII (Michelangelo Conti)
  1700 - 1721 Clemente XI (Giovanni Francesco Albani)
  1691 - 1700 Inocêncio XII (Antonio Pignatelli)
  1689 - 1691 Alexandre VIII (Pietro Ottoboni)
  1676 - 1689 Inocêncio XI (Benedetto Odescalchi)
 240 1670 - 1676 Clemente X (Emilio Altieri)
  1667 - 1669 Clemente IX (Giulio Rospigliosi)
  1655 - 1667 Alexandre VII (Fabio Chigi)
  1644 - 1655 Inocêncio X (Giambattista Pamphili)
  1623 - 1644 Urbano VIII (Maffeo Barberini)
  1621 - 1623 Gregório XV (Alessandro Ludovisi)
  1605 - 1621 Paulo V (Camillo Borghesi)
  1605 Leão XI (Alessandro Ottaviano de Medici)
  1592 - 1605 Clemente VIII (Ippolito Aldobrandini)
  1591 Inocêncio IX (Giovanni Antonio Facchinetti)
 230 1590 - 1591 Gregório XIV (Niccolo Sfondrati)
  1590 Urbano VII (Giambattista Castagna)
  1585 - 1590 Sisto V (Felici Peretti)
  1572 - 1585 Gregório XIII (Ugo Boncompagni)
  1566 – 1572 Pio V (Michele Ghislieri)
  1559 - 1565 Pio IV (Giovanni Angelo de Medici)
  1555 - 1559 Paulo IV (Gianpetro Caraffa)
  1555 Marcelo II (Marcelo Cervini)
  1550 - 1555 Júlio III (Giovanni Maria del Monte)
  1534 - 1549 Paulo III (Alessandro Farnese)
 220 1523 - 1534 Clemente VII (Giulio de Medici)
  1522 - 1523 Adriano VI (Adriano de Utrecht)
  1513 - 1521 Leão X (Giovani de Medici)
  1503 - 1513 Júlio II (Giuliano della Rovere)
  1503         Pio III (Francesco Todeschini-Piccolomini)
  1492 - 1503 Alexandre VI (Rodrigo de Bórgia
  1484 - 1492 Inocêncio VIII (Giovanni Battista Cibo)
  1471 - 1484 Sisto IV (Francesco della Rovere)
  1464 - 1471 Paulo II (Pietro Barbo)
  1458 - 1464 Pio II (Enea Silvio de Piccolomini)
 210 1455 - 1458 Calisto III (Alfonso de Bórgia)
  1447 - 1455 Nicolau V (Tomaso Parentucelli)
  1431 - 1447 Eugênio IV (Gabriel Condulmer)
  1417 - 1431 Martinho V (Odo Colonna)
  1406 - 1417 Gregório XII (Angelo Correr)
  1404 - 1406 Inocêncio VII (Cosma de Migliorati)
  1389 - 1404 Bonifácio IX (Pietro Tomacelli)
  1378 - 1389 Urbano VI (Bartolomeo Prignano)
  1370 - 1378 Gregório XI (Pedro Rogerii)
  1362 - 1370 Urbano V (Guillaume de Grimoard)
     
 200º 1352 - 1362 Inocêncio VI (Etienne Aubert)
  1342 - 1352 Clemente VI (Pierre Roger de Beaufort)
  1334 - 1342 Bento XII (Jacques Fournier)
  1316 - 1334 João XXII (Jacques Duèse)
  1305 - 1314 Clemente V (Bertrand de Got)
  1303 - 1304 Bento XI (Nicolau Boccasini)
  1294 - 1303 Bonifácio VIII (Bento Gaetani)
  1294 Celestino V (Pietro del Murrone)
  1288 - 1292 Nicolau IV (Girolamo Masei de Ascoli)
  1285 - 1287 Honório IV (Giacomo Savelli)
 190 1281 - 1285 Martinho IV (Simão de Brion)
  1277 - 1280 Nicolau III (Giovanni Gaetano Orsini)
  1276 - 1277 João XXI (Pedro Juliani)
  1276        Adriano V (Ottobono Fieschi)
  1276  Inocêncio V (Pedro de Tarantasia)
  1271 - 1276 Gregório X (Teobaldo Visconti)
  1265 - 1268 Clemente IV (Guido Fulcodi)
  1261 - 1264 Urbano IV (Jacques Pantaleon de Troyes)
  1254 - 1261 Alexandre IV (Reinaldo, conde de Segni)
  1243 - 1254 Inocêncio IV (Sinibaldo Fieschi)
 180 1241          Celestino IV (Gaufredo Castiglione)
  1227 - 1241 Gregório IX (Hugo, conde de Segni)
  1216 - 1227 Honório III (Censio Savelli)
  1198 - 1216 Inocêncio III (Lotário, conde de Segni)
  1191 - 1198 Celestino III (Jacinto Borboni-Orsini)
  1187 - 1191 Clemente III (Paulo Scolari)
  1187          Gregório VIII (Alberto de Morra)
  1185 - 1187 Urbano III (Humberto Crivelli)
  1181 - 1185 Lúcio III (Ubaldo Allucingoli)
  1159 - 1180 Alexandre III (Rolando Bandinelli de Siena)
 170 1154 - 1159 Adriano IV (Nicolau Breakspeare)
  1153 - 1154 Anastácio IV (Conrado, bispo de Sabina)
  1145 - 1153 Eugênio III (Bernardo Paganelli de Montemagno)
  1144 - 1145 Lúcio II (Gherardo de Caccianemici)
  1143 - 1144 Celestino II (Guido di Castello)
  1130 - 1143 Inocêncio II (Gregorio de Papareschi)
  1124 - 1130 Honório II (Lamberto dei Fagnani)
  1119 - 1124 Calisto II (Guido de Borgonha, arcebispo de Viena)
  1118 - 1119 Gelásio II (João de Gaeta)
  1099 - 1118 Pascoal II (Rainério, monge de Cluny)
 160 1088 - 1099 Urbano II (Odo, cardeal-bispo de Óstia)
  1086 - 1087 Vítor III (Desidério, abade de Monte Cassino)
  1073 - 1085 Gregório VII (Hildebrando, monge)
  1061 - 1073 Alexandre II (Anselmo de Baggio)
  1059 - 1061 Nicolau II (Geraldo de Borgonha, bispo de Florença)
  1057 - 1058 Estevão X (Frederico, abade de Monte Cassino)
  1054 - 1057 Vitor II (Geraldo de Borgonha, bispo de Florença)
  1049 - 1054 Leão IX (Bruno, conde de Egisheim-Dagsburg)
  1048          Dâmaso II (Poppo, conde de Brixen)
  1047 - 1048         (Teofilato de Túsculo) - 3º Pontificado
     
 150 1046 - 1047 Clemente II (Suidgero de Morsleben)
  1045 - 1046 Gregório VI (João Graciano Pierleone)
  1045 Bento IX (Teofilato de Túsculo) - 2º Pontificado
  1045 Silvestre III, romano
  1033 - 1045 Bento IX (Teofilato de Túsculo) - 1º Pontificado
  1024 - 1032 João XIX (conde de Túsculo)
  1012 - 1024 Bento VIII (conde de Túsculo)
  1009 - 1012 Sérgio IV (Pietro Buccaporci)
  1003 - 1009 João XVIII (João Fasano de Roma)
  1003           João XVII (Giovanni Sicco)
 140 999 - 1003 Silvestre II (Gerberto de Aurillac)
  996 - 999 Gregório V (Bruno de Carínthia)
  985 - 996 João XV (?)
  983 - 984 João XIV (Pedro Canipanova)
  974 – 983 Bento VII
  972 – 974 Bento VI
  965 - 972 João XIII (João de Nardi)
  964          Bento V
  963 - 965 Leão VIII
  955 - 964 João XII
 130 946 - 955 Agapito II
  942 - 946 Marino II (ou Martinho III)
  939 - 942 Estevão IX
  936 - 939 Leão VII
  931 - 935 João XI
  928 - 931 Estevão VIII
  928:           Leão VI
  914 - 928 João X (João de Tossignano, arcebispo de Ravena)
  913 - 914 Lando
  911 - 913 Anastácio III
 120 904 - 911 Sérgio III
  903        Leão V
  900 - 903 Bento IV
  898 - 900 João IX
  897      Teodoro II
  897     Romano
  896 - 897 Estevão VII
  896       Bonifácio VI
  891 - 896 Formoso
  885 - 891 Estevão VI
 110 884 - 885 Adriano III
  882 - 884 Marino I (ou Martinho II)
  872 - 882 João VIII
  867 - 872 Adriano II
  858 - 867 Nicolau I
  855 - 858 Bento III
  847 - 855 Leão IV
  844 - 847 Sérgio II
  827 - 844 Gregório IV
  827  Valentim
     
100º 824 - 827 Eugênio II
  817 – 824 Pascoal I
  816 – 817 Estevão V
  795 – 816 Leão III
  772 – 795 Adriano I
  768 – 772 Estevão IV
  757 – 767 Paulo I
  752 – 757 Estevão III
  752   Estevão [II] (pontificado de apenas 4 dias)
  741 – 752 Zacarias
 90 731 – 741 Gregório III
  715 – 731 Gregório II
  708 – 715 Constantino
  708   Sisínio
  705 – 707 João VII
  701 – 705 João VI
  687 – 701 Sérgio I
  686 – 687 Cônon
  685 – 686 João V
  683 – 685 Bento II
 80 682 – 683 Leão II
  678 – 681 Agatão
  676 – 678 Dono
  672 – 676 Adeodato II (ou Deusdedite II)
  657 – 672 Vitaliano
  654 – 657 Eugênio I
  649 – 655 Martinho I
  642 – 649 Teodoro I
  640 – 642 João IV
  638 – 640 Severino
 70 625 – 638 Honório I
  619 – 625 Bonifácio V
  615 – 618 Adeodato I (ou Deusdedite I)
  608 – 615 Bonifácio IV
  606 – 607 Bonifácio III
  604 – 606 Sabiniano
  590 – 604 Gregório I Magno
  579 – 590 Pelágio II
  575 – 579 Bento I
  561 – 574 João III
 60 556 – 561 Pelágio I
  537 – 555 Vigílio
  536 – 537 Silvério
  535 – 536 Agapito I (ou Agapeto)
  533 – 535 João II
  530 – 532 Bonifácio II
  526 – 530 Félix III
  523 – 526 João I
  514 – 523 Hormisdas
  498 – 514 Símaco
     
50º 496 - 498 Anastácio II
  492 - 496 Gelásio I
  483 - 492 Félix II
  468 - 483 Simplício
  461 - 468 Hilário (ou Hilaro)
  440 - 461 Leão I Magno
  432 - 440 Sisto III
  422 - 432 Celestino I
  418 - 422 Bonifácio I
  417 - 418 Zózimo
 40 402 - 417 Inocêncio I
  399 - 402 Anastácio I
  384 - 399 Sirício
  366 - 384 Dâmaso I
  352 - 366 Libério
  337 - 352 Júlio I
  336         Marcos
  314 - 335 Silvestre I
  310 - 314 Melcíades
  309 - 310 Eusébio
 30 307 - 309 Marcelo I
  296 - 304 Marcelino
  282 - 296 Caio
  274 - 282 Eutiquiano
  268 - 274 Félix I
  260 - 268 Dionísio
  257 - 258 Sisto II
  254 - 257 Estevão I
  253 - 254 Lúcio I
  251 - 253 Cornélio
 20 236 - 250 Fabiano
  235 - 236 Antero
  230 - 235 Ponciano
  222 - 230 Urbano I
  217 - 222 Calisto I
  199 - 217 Zeferino
  189 - 199 Vítor I
  174 - 189 Eleutério
  166 - 174 Sotero
  154 - 165 Aniceto
 10 143 - 154 Pio I
  138 - 142 Higino
  125 - 138 Telésforo
  116 - 125 Sisto I
  107 - 116 Alexandre I
  101 - 107 Evaristo
    90 -  101 Clemente I
    79 -   90 Anacleto (ou Cleto)
    64 -   79 Lino
 1º   33 -   64 Pedro, Apóstolo (Mt 16,19)


Fonte: http://dicionariodafe.com.br/?pg=1000-igreja_catolica_nao_existe_biblia



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.930.867
Visitas Únicas Hoje: 279
Usuários Online: 160