Conhecendo para AMAR a nossa Igreja: Definição de CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA.
Espacojames



Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 4663 - Conhecendo para AMAR a nossa Igreja: Definição de CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA.
Artigo visto 2936




Visto: 2936
Postado em: 23/03/10 às 09:40:42 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=4663
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais


A Igreja Católica é a maior denominação religiosa (organização religiosa) do Cristianismo, com mais de um bilhão de fiéis. Chama-se também Igreja CATÓLICA APÓSTÓLICA ROMANA define-se pelas palavras do Creio Niceno-Constantinopolitano, como:

«Una» porque nela subsiste a única instituição verdadeiramente fundada e encabeçada por Cristo para reunir o povo de Deus, porque ela tem como alma o Espírito Santo, que une todos os fiéis na comunhão em Cristo e porque ela tem uma só fé, uma só vida sacramental, uma única sucessão apostólica, uma comum esperança e a mesma caridade.

«Santa» por causa da sua ligação única com Deus, o seu Autor, porque “o Espírito Santo vivificou-a com a caridade” e porque ela é a “Esposa de Cristo“; também porque ela, através dos sacramentos, tem por objetivo santificar, purificar e transformar os fiéis, reunindo-os todos para o seu caminho de santificação, cujo objetivo final é a salvação, que consiste na vida eterna, na realização final do Reino de Deus e na obtenção da santidade.

«Católica» porque a Igreja é universal e está espalhada por toda a Terra; é portadora da integralidade e totalidade do depósito da fé; “leva e administra a plenitude dos meios” necessários para a salvação” (incluindo os sete sacramentos), dados por Jesus à sua Igreja; “é enviada em missão a todos os povos, em todos os tempos e qualquer que seja a cultura a que eles pertençam“; e nela está presente Cristo..

«Apostólica» porque ela é fundamentada na doutrina dos Apóstolos cuja missão recebeu sem ruptura. Segundo a Doutrina Católica, todos os Bispos da Igreja são sucessores dos Apóstolos e o Papa, Chefe da Igreja, é o sucessor de São Pedro (“Príncipe dos Apóstolos”), que é a pedra na qual Cristo edificou a sua Igreja.

Além disso, a Igreja, de entre os seus inúmeros nomes, também é conhecida por:

<<Corpo de Cristo>> porque os católicos acreditam que a Igreja não é apenas uma simples instituição, mas um corpo místico constituído por Jesus, que é a Cabeça, e pelos fiéis, que são membros deste corpo único, inquebrável e divino. Este nome é assente também na fé de que os fiéis são unidos intimamente a Cristo, por meio do Espírito Santo, sobretudo no sacramento da Eucaristia. A Igreja Católica acredita que os cristãos não-católicos também pertencem, apesar de um modo imperfeito, ao Corpo Místico, visto que tornaram-se uma parte inseparável d’Ele através do Batismo – constituindo assim numas das bases do ecumenismo atual.

<<Esposa de Cristo>> porque o próprio Cristo “Se definiu como o «Esposo» (Mc 2,19) que amou a Igreja, unindo-a a Si por uma Aliança eterna. Ele entregou-se a Si mesmo por ela, para a purificar com o Seu sangue, «para a tornar santa» (Ef 5,26) e fazer dela mãe fecunda de todos os filhos de Deus“.

<<Templo do Espírito Santo>> porque o Espírito Santo reside na Igreja, no Corpo Místico de Cristo, e estabelece entre os fiéis e Jesus Cristo uma comunhão íntima, tornando-os unidos num só Corpo. Para além disso, Ele guia, toma conta e “edifica a Igreja na caridade com a Palavra de Deus, os sacramentos, as virtudes e os carismas“.

 

A Igreja está alicerçada sobre o Apóstolo Pedro, a quem Cristo prometeu o Primado, ao afirmar que “sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” e que “dar-te-ei as chaves do Reino de Deus” (cf. Mt 16, 17-20) 

O atual Papa é Bento XVI, eleito em 19 de Abril de 2005, como sucessor do Papa João Paulo II. Seu nome de batismo é Joseph Ratzinger. De acordo com a doutrina tradicional da Igreja Católica, o Papa, Bispo de Roma, seria sucessor de S. Pedro, sendo este o perpétuo e visível princípio e fundamento da unidade da Igreja Universal, de acordo com a doutrina tradicional da Igreja Católica. De acordo com essa doutrina, o papa é  o vigário de Cristo, cabeça do colégio dos Bispos e pastor de toda a Igreja, sobre a qual, por instituição divina, teria poder, pleno, supremo, imediato e universal.


Fonte:
http://sintoniadejesus.wordpress.com/2009/05/15/conhecendo
-para-amar-a-nossa-igreja-definicao-de-catolica-apostolica-
romana/



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.693.701
Visitas Únicas Hoje: 907
Usuários Online: 195