Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 12570 - Obama diz que Estado Islâmico é um "câncer" e que decapitação de jornalista deixou mundo "estarrecido"
Artigo visto 1662




Visto: 1662
Postado em: 24/08/14 às 10:50:00 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=12570
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Vida de outro repórter americano "depende da próxima decisão de Obama", dizem jihadistas

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira (20) que o grupo militante Estado Islâmico, que decapitou um jornalista norte-americano, é um "câncer", e disse que a "ideologia deles está falida".

"O mundo inteiro está horrorizado pelo assassinato brutal de James Foley", disse Obama, falando um dia após a divulgação de um vídeo dos militantes mostrando a execução de Foley.

Obama disse que telefonou para a família do jornalista para expressar suas condolências e que está "consternado" pela decapitação do jornalista, que havia sido sequestrado na Síria em novembro de 2012, crime que qualificou como um ato de violência que deixou o "mundo estarrecido".

"Uma coisa que está todo mundo de acordo é que um grupo como o Exército Islâmico (EI) não tem lugar no século 21", afirmou Obama em uma breve declaração para comentar o assassinato do repórter, de 40 anos, por jihadistas do EI.

O líder disse que "nenhuma religião ensina a massacrar inocentes, e nenhum Deus justo defenderia o que fizeram ontem".

"Vamos seguir fazendo o que devemos fazer" disse Obama ao advertir que quando alguém ataca um americano em qualquer lugar, Washington "fará o que for necessário para que se faça justiça".

O pronunciamento do presidente, feito em sua residência de férias em Martha's Vineyard (Massachusetts), aconteceu pouco depois da Casa Branca confirmar a autenticidade do vídeo da decapitação de Foley, divulgado ontem em fóruns jihadistas da internet.

No vídeo, o repórter se despede de sua família e acusa o governo dos Estados Unidos de ser o culpado de sua execução por sua recente intervenção no Iraque.

Depois, o jornalista é degolado por um homem encapuzado que fala inglês com sotaque britânico.

Nas imagens, além de Foley, de 40 anos, aparece outro jornalista americano sequestrado, Steven Joel Sotloff, cuja vida "depende da próxima decisão de Obama", segundo o autor da decapitação.


Fonte: http://noticias.r7.com



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
A fé católica de Foley, o jornalista americano decapitado por jihadistas. ( Imagens Fortes )
Número de religiosos católicos presentes nos quatro países afetados pelo vírus ebola chega a 11.835. Um sacerdote já morreu.
Morre o irmão Georges Combey, nova vítima do Ebola.Outros missionários já estão infectados.
China persegue cristianismo e quer criar teologia “compatível com o caminho em direção ao socialismo”
Iraque: ”Só pode voltar para cá quem se converter ao Islã”, afirma Califado Islâmico de Mosul
Papa exorta leigos a darem testemunho crível à verdade salvífica do Evangelho.
Com a presença de mais de um milhão de pessoas, Papa Francisco beatifica 124 mártires coreanos.
China: natureza ideológica socialista do regime NÃO mudou e católicos continuam perseguidos pelo estado.
Vandalismo: Hóstias consagradas são jogadas no chão!
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.324.118
Visitas Únicas Hoje: 314
Usuários Online: 199