Saiba como é a vida dos cristãos no Kuwait, país muçulmano no Oriente Médio.
Espacojames



Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 12664 - Saiba como é a vida dos cristãos no Kuwait, país muçulmano no Oriente Médio.
Artigo visto 2178




Visto: 2178
Postado em: 02/10/14 às 21:11:08 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=12664
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque


Há alguns países listados na Classificação da Perseguição Religiosa dos quais não é permitido compartilhar histórias. Mesmo utilizando nomes diferentes na publicação, a informação poderia ser rastreada até os cristãos mencionados nas histórias. Para a segurança da comunidade cristã local, a Portas Abertas fornece uma maneira diferente para você orar por nossos irmãos.

 

Saiba como é a vida dos cristãos no Kuwait, 38º país mais perseguidor aos cristãos:

Embora o islã seja a religião do Estado, e a Constituição exija que o governo garanta “a herança do islã”, as autoridades também afirmam a “liberdade absoluta” de crença.

- A tolerância religiosa no Kuwait é significativamente maior do que na maior parte da região.

- Na prática, as minorias religiosas sofrem com algum tipo de discriminação em resultado de políticas governamentais.

- Não muçulmanos, assim como muçulmanos não sunitas, dificilmente obtêm permissão legal para estabelecer novos locais de culto.

- A evangelização de muçulmanos é proibida.

- A população cristã consiste principalmente de trabalhadores migrantes de fora do país. Há apenas algumas centenas de cristãos indígenas locais. A maioria deles é descendente de estrangeiros que se mudou para o Kuwait antes do estabelecimento do Estado.

- Os cristãos de outros países são livres para se reunir informalmente para adorar a Deus. Quatro denominações são registradas e têm espaços em que eles podem se reunir, mas esses lugares são muito pequenos para o número de pessoas que se encontram lá.

- Novos convertidos muitas vezes enfrentam perseguição de suas famílias.

Quem se torna cristão também corre o risco de assédio, além do monitoramento de suas atividades, prisões e detenções arbitrárias, abuso físico e verbal, discriminação legal e acusações referentes à sua propriedade em tribunal.

Em maio de 2012, o Parlamento do Kuwait aprovou uma alteração na legislação de blasfêmia – o insulto a Deus e ao profeta Maomé – punível com a morte.

Desde então, o Emir dissolveu o parlamento, e vetou a emenda, mas o veto pode ser revertido em uma votação parlamentar mais tarde.


Fonte: http://blog.comshalom.org/carmadelio/



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.835.284
Visitas Únicas Hoje: 1.251
Usuários Online: 222