Vida fora da Terra e a Igreja: o que é sério, o que é pseudocientífico e o que é ocultismo?
Espacojames



Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 13675 - Vida fora da Terra e a Igreja: o que é sério, o que é pseudocientífico e o que é ocultismo?
Artigo visto 1923




Visto: 1923
Postado em: 21/08/15 às 12:07:27 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=13675
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque


Vida fora da Terra e a Igreja: o que é sério, o que é pseudocientífico e o que é ocultismo?

Em tempos de vultuosos investimentos na exploração espacial, quando novas e antigas potências mundiais enviam sondas e robôs para a Lua, Marte e outros corpos do sistema solar, também se lançam no ar perguntas existenciais importantes. A possível existência de vida fora da Terra, apesar de ser uma indagação antiga, ganha ares de certeza científica e torna-se, deste modo, tema importante para todos. Entretanto, antes de se querer desbravar as sempre válidas questões existenciais, é necessário entender alguns aspectos físicos e biológicos desta área. Algo que, além de servir de base para discussões filosóficas e teológicas, ajuda a não cair nos misticismos e modismos da ufologia e outras  pseudociências.

Uma das primeiras coisas a se fazer quando se quer apresentar o ponto de vista científico sobre a vida fora da Terra, é separar o que é científico do que não é. Pode parecer bobagem, mas o fato é que muitos não têm essa distinção clara.

Quando cientistas sérios estudam o tema, não tratam de seres marcianos que raptam pessoas, nem se preocupam em desmascarar conspirações governamentais malignas. Tampouco se interessam em violações bizarras e sem base científica da física tão bem estabelecida. São objeto de estudo somente as possibilidades reais, ainda que improváveis e, sobretudo, tem-se por método e base a ciência conhecida, que pode nos fornecer instrumentos e ideias válidas. A ufologia não é ciência. Reveste-se de jargões e aparência científica para, sob a ótica do misticismo e do ocultismo, tratar fenômenos que, com muita frequência, têm explicações científicas muito mais simples e convincentes.

Investigar a vida fora da Terra requer um esforço multidisciplinar. É preciso tratar de maneira conjunta, e com grande habilidade, áreas como física, química, biologia e astronomia. Tem-se adotado o termo “astrobiologia” como nome desta incipiente ciência. São aspectos cruciais no estudo desta disciplina a biologia do surgimento e evolução da vida, a química dos corpos celestes, a física do meio interestelar e a astrofísica das estrelas, bem como o surgimento dos planetas. A Igreja não fica à margem destas discussões. No ano de 2005, os padres jesuítas do Observatório do Vaticano, em Roma, convidaram especialistas do mundo todo para darem palestras e apresentarem seus trabalhos a jovens cientistas de todos os continentes sobre este tema.

Quando se fala em vida fora da Terra, geralmente se pensa em vida inteligente. Este não é, entretanto, o foco principal das investigações dos cientistas. Em geral, é dada mais ênfase às formas de vida simples, como bactérias. É uma questão de probabilidades de existência e de capacidade de detecção. Segundo o que se conhece da evolução da vida, é muito menos provável que surja vida inteligente do que vida unicelular, visto que aquela se desenvolve a partir desta. Além disto, sabe-se, pelo exemplo dos primeiros seres da Terra, que estas formas menos desenvolvidas são capazes de modificar radicalmente a composição química da atmosfera do planeta. Isto nos abre um leque de possibilidades reais de detecção da vida nestes planetas através de observações da luz vinda deles, com nossos telescópios.

O principal problema para o contato com outras civilizações inteligentes é o imenso tamanho do universo. Mesmo que estas civilizações existam, estariam a milhões ou talvez bilhões de anos luz de nós. Como Einstein previu, e já foi provado experimentalmente de muitas formas, é impossível viajar mais rápido que a luz. Isto se torna uma barreira física que impede o contato com estes seres inteligentes. Enviar e receber sinais de rádio também deve ser infrutífero. O motivo é o mesmo, a vastidão do universo. Precisaríamos de quantidades infinitas de energia para a transmissão e, além disso, teríamos que esperar milhões de anos para receber qualquer resposta, se recebêssemos.

Segundo o padre José Funes, atual diretor do Observatório do Vaticano, a vida fora da Terra não se impõe como um problema teológico. Está de pleno acordo com as escrituras e com a fé recebida de Cristo. A experiência cotidiana, entretanto, mostra que o ocultismo e o misticismo associados à ufologia são graves desvios da sã doutrina cristã e podem levar as pessoas a se perder em doutrinas falsas e ilusórias, que prometem explicações fáceis. A solução, defendo, é sempre o conhecimento. Conhecer a ciência, o que os cientistas fazem e pensam e, sobretudo, conhecer a sua fé. Estudar, pensar e rezar junto com a Igreja católica, o papa e os bispos. Este é um caminho seguro para não se perder na profusão de ideias falsas existentes.


Fonte: http://blog.comshalom.org/carmadelio/



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.849.223
Visitas Únicas Hoje: 770
Usuários Online: 243