Proposta para integrar islâmicos pede mesquitas no lugar de igrejas na Alemanha
Espacojames



Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 14381 - Proposta para integrar islâmicos pede mesquitas no lugar de igrejas na Alemanha
Artigo visto 2259




Visto: 2259
Postado em: 27/06/16 às 12:01:09 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=14381
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque


Proposta de arquiteto reflete o pensamento multiculturalista

Um conhecido político progressista Joaquim Reinig apresentou uma proposta polêmica que, segundo ele, irá ajudar a Alemanha a integrar mais rapidamente os milhares de imigrantes islâmicos que chegam à Europa todas as semanas. As igrejas cristãs deveriam ser demolidas, dando espaço para que mesquitas sejam construídas nos mesmos espaços.

Morador da cidade de Hamburgo, Reinig que fez fama como arquiteto, advoga que apenas a religião poderia alcançar as pessoas de uma maneira que as autoridades alemãs não conseguem.

Embora o senso comum aponte que isso iria apenas “perpetuar a forma de vida ancestral” dos islâmicos, a abordagem do progressista é que isso daria confiança aos novos moradores do país. A construção de mesquitas com “Um minarete [torre que anuncia a oração] visível na arquitetura moderna dá uma mensagem aos imigrantes: Não tenham medo de perder sua identidade na sociedade”.

O discurso de Reinig, pautado pela ideia de multiculturalismo, é baseado em um relatório de 2013 que ele ajudou a preparar, que identificava uma “necessidade urgente” para a construção de mesquitas na região. Segundo o senado de Hamburgo, que também produziu um assunto sobre o tema, o ideal seria uma “mesquita em cada bairro”. A principal justificativa para isso é o importante “trabalho comunitário” promovido por elas.
Reinig, que serviu como consultor para o Senado de Hamburgo, a necessidade de demolição de igrejas ocorre pela falta de espaços disponíveis para novos templos religiosos. Um levantamento do governo indicou que apenas dos 3% dos cristãos (23.000 pessoas) vão às igrejas na região de Hamburgo, cerca de 50 delas estão fechadas.

Em comparação, a maior parte dos 17.000 muçulmanos de Hamburgo frequentam as mesquitas semanalmente. Questionado sobre o fato de que as mesquitas por vezes foram identificadas como as principais fomentadoras de ataques terroristas, o arquiteto explica que em “comunidades habitadas por muçulmanos não são alvo dos terroristas”.

Enquanto a Igreja Luterana, a maior do país, faz preparativos para celebrar os 500 anos da Reforma Protestante, o Ministério da Justiça da Alemanha investiga mais de 180 suspeitos de terrorismo, a maioria possui alguma ligação com o Estado islâmico. Com informações de Die Tageszeitung  


Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/proposta-integrar-muculmanos-mesquitas-igrejas-alemanha/



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.881.150
Visitas Únicas Hoje: 747
Usuários Online: 200