Como os primeiros cristãos celebravam os últimos dias da Semana Santa?
Espacojames



Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 15233 - Como os primeiros cristãos celebravam os últimos dias da Semana Santa?
Artigo visto 918




Visto: 918
Postado em: 18/04/19 às 23:36:25 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=15233
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque


O Tríduo Pascal mudou muito pouco ao longo dos séculos

O Tríduo Pascal, os últimos três dias da Semana Santa, constituem os dias mais santos de todo o calendário litúrgico. Esses dias contêm as liturgias mais elaboradas da Igreja Católica e comemoram os eventos mais sagrados da vida de Jesus Cristo.

Não deveria surpreender que esses dias fossem tratados com grande solenidade desde o início do cristianismo. Os primeiros cristãos procuraram recordar os últimos dias da vida terrena de Jesus, concentrando-se em sua paixão, morte e ressurreição.

Quinta-feira Santa

O primeiro dia do Triddum é a Quinta-feira Santa, o dia em que a Igreja comemora a Última Ceia de Jesus e seus apóstolos. Inicialmente, era tratado como preparação para a Sexta-feira Santa e as celebrações da Páscoa. Foi marcado como um dia para reconciliar os penitentes públicos e fazer um exame final daqueles que seriam batizados na Vigília Pascal.

Com o tempo, isso levou à criação de três missas separadas para a Quinta-feira Santa. Uma era receber de volta os penitentes públicos que haviam-se dedicado à reparação dos pecados durante a Quaresma. Outra era a missa para a bênção dos óleos sagrados. E a outra missa celebrava a Última Ceia.

 

Aqueles que estavam em Jerusalém puderam celebrar este dia de uma maneira especial, literalmente seguindo os passos de Jesus. De acordo com a Catholic Encyclopedia, na Quinta-feira Santa a Liturgia era celebrada no final da tarde e, logo após, o povo dirigia-se ao Monte das Oliveiras para recordar com leituras apropriadas e hinos a agonia de Cristo e sua prisão, só voltando à cidade quando a Sexta-feira Santa começava a raiar.

Sexta-feira Santa

A liturgia na Sexta-feira Santa sempre se concentrou em reviver a Paixão de Jesus. Os cristãos em Jerusalém começavam o dia recitando as passagens do Evangelho em torno da condenação de Jesus. No início da tarde, recitavam as passagens sobre a morte de Jesus.

Prosseguia-se ainda à veneração da cruz de Jesus Cristo, evento que sobrevive ainda hoje na liturgia da Sexta-Feira Santa.

Após a celebrações da Sexta-feira Santa, muitos permaneciam na igreja e jejuavam até as celebrações festivas da noite de sábado.

Santo Sábado

O Sábado Santo foi sempre considerado um dia de silêncio e oração. Nenhuma liturgia particular era celebrada, e a Igreja concentrava-se na descida de Jesus ao reino dos mortos. Desde os inícios, a Igreja celebraria a Vigília Pascal, que começava no final da noite de Sábado e continuava com a celebração da Missa na manhã do Domingo de Páscoa.

Celebrava-se a liturgia recordando Jesus como “luz do mundo”, que veio para dissipar as trevas do pecado e da morte.

Os batizados também eram uma característica comum desta liturgia primitiva, juntamente com a bênção da fonte batismal.

Curiosamente, a atual liturgia celebrada no Sábado Santo pela Igreja Católica Romana é muito semelhante àquela que os primeiros cristãos celebravam.


Fonte: www.aleteia.org



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.849.137
Visitas Únicas Hoje: 684
Usuários Online: 224