Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 5604 - A santidade nunca passa de moda, recorda o Papa Bento XVI
Artigo visto 1899




Visto: 1899
Postado em: 05/07/10 às 09:17:56 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=5604
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

VATICANO, 04 Jul. 10 / 02:00 pm (ACI).- Na homilia da Missa desta manhã em sua visita pastoral à localidade de Sulmona na região italiana dos Abruzos, em ocasião do Ano Jubilar Celestiniano que recorda os 800 anos do nascimento do Papa Celestino V, o Papa Bento XVI alentou a viver o silêncio sem medo para poder assim escutar a Deus e alcançar a santidade que nunca passa de moda, em meio de um mundo que parece "exigir" sempre uma atividade incessante.

Depois de recordar que Celestino V soube de sua eleição à sede de Pedro no ano 1294 no Monte Morrone onde transcorria sua vida como eremita, o Papa Bento ressaltou que este Pontífice "permanece na história pelas notáveis vivências de seu tempo e seu pontificado e, sobre tudo, por sua santidade. A santidade, de fato, não perde nunca sua própria força, não cai no esquecimento, não passa nunca de moda".

Este santo, disse o Papa, foi sempre um "buscador de Deus", um homem que queria escutar a voz divina para o qual decide apartar do mundo e viver como eremita: "o silêncio se converte assim em um elemento que caracteriza sua vida cotidiana. E é no silêncio exterior, mas sobre tudo no interior que ele chega a perceber a voz de Deus, capaz de orientar sua vida".

"Aqui há um primeiro aspecto importante para nós: vivemos em uma sociedade em que todo espaço, todo momento parece que deve ser ‘cheio’ de iniciativas, de atividades, com freqüência nem sequer há tempo para escutar e dialogar. Queridos irmãos e irmãs! Não tenhamos medo de fazer silêncio fora e dentro de nós se queremos ser capazes não só de perceber a voz de Deus, mas também as vozes de quem está ao redor, a voz dos outros".

Um segundo elemento, explicou logo Bento XVI, está na consciência de Celestino V de que ter descoberto a Deus "não é o resultado de um esforço, mas é possível pela Graça mesma de Deus, que o prevê. O que ele tinha, o que era, não vinha de si mesmo: lhe havia sido dado, era graça, e era por isso uma responsabilidade ante Deus e ante os outros. Embora nossa vida é distinta, também para nós isto é válido: todo o essencial de nossa existência nos doou sem nossa contribuição".

O Papa continuou esta explicação afirmando que "o fato de que eu viva não depende de mim, o fato de que hajam pessoas que me introduziram à vida, que tenham me ensinado a amar e ser amado, que tenham me irradiado a fé e tenham aberto o olhar de Deus para mim: tudo isto é graça e não ‘feito por mim’. Por nós mesmos não poderíamos ter feito nada se não nos tivesse sido dado".  

Assim, disse logo, "Deus nos antecipa sempre e em cada uma das vidas podem apreciar o belo e o bom reconhecível facilmente como sua graça, como o raio de luz de sua bondade. Por isso devemos estar atentos, ter sempre abertos os ‘olhos interiores’, os de nosso coração. E se aprendermos a conhecer Deus em sua bondade infinita, então seremos capazes também de ver, com estupor, em nossa vida – como os Santos – os sinais desse Deus, que sempre é próximo, que é sempre bom conosco e que nos diz: ‘Tenha fé em mim!’" 

O Papa Bento XVI fez logo uma reflexão sobre o que aprendeu Celestino V na contemplação da Cruz de Cristo que constitui o centro de sua vida: "ele sempre foi consciente de que dela vem a salvação. A Cruz deu a São Pedro Celestino também uma clara consciência do pecado, sempre acompanhada de uma também clara consciência da misericórdia de Deus para sua criatura".

Seguidamente recordou que o então Papa animou através de uma especial indulgência conhecida como "La Perdonata" a difusão da misericórdia de Deus e animou todos os sacerdotes a seguirem seu exemplo através do sacramento da reconciliação, "ajudando o homem de hoje a recuperar o sentido do pecado e do perdão de Deus, para experimentar aquela alegria" que só vem do divino.

Outro elemento importante da vida do Papa Celestino V que Bento XVI ressaltou foi a paixão que o distinguiu no anúncio do Evangelho que tem sua raiz na estreita relação com Deus que se dá na oração.

Seguidamente indicou que Jesus mesmo recorda alguns esforços importantes aos seus apóstolos que também agora devem ser tidos em conta para a vida cristã: "o anúncio sereno, claro e valente da mensagem evangélica –também em momentos de perseguição –sem cair na fascinação da moda, nem no da violência ou a imposição; as preocupações pelas coisas –o dinheiro ou o vestido– confiando na Providência do Pai, a atenção e cura em particular dos doentes no corpo e no espírito".

Finalmente o Papa exortou a todos "com força e afeto a permanecerem sólidos naquela fé que receberam, que dá sentido à vida e que dá a força de amar. Que nos acompanhem neste caminho a intercessão da Mãe de Deus e de São Pedro Celestino. Amém!"


Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=19400



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Maria é modelo perfeito de obediência à vontade divina, assinala o Papa Bento
PAPA AOS SACERDOTES: SEDE TESTEMUNHAS DA RECONCILIAÇÃO DE DEUS
CULTURA CONSUMISTA AMEAÇA OS JOVENS, ADVERTE O PAPA
PAPA NÃO DEVERÁ COMPARECER PERANTE NENHUM TRIBUNAL
CRISTO REDENTOR É REINAUGURADO APÓS REFORMA
NAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE, LEIGOS SÃO CHAMADOS A EVANGELIZAR
APOLOGÉTICA PARA A GERAÇÃO FACEBOOK
DIMINUI NÚMERO DE CATÓLICOS NO JAPÃO
COMUNHÃO COM PEDRO, GARANTIA DE LIBERDADE PARA IGREJA, SEGUNDO PAPA
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.262.314
Visitas Únicas Hoje: 451
Usuários Online: 204