Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 6425 - DEUS TEM MIL FORMAS DE MOSTRAR QUE EXISTE, AFIRMA PAPA
Artigo visto 1837




Visto: 1837
Postado em: 15/10/10 às 20:45:35 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=6425
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Ao recordar a vida da Beata Angela de Foligno

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 13 de outubro de 2010 (ZENIT.org) - "Deus tem mil maneiras - para cada um a sua - de fazer-se presente na alma, de mostrar que existe, que me conhece e ama", considera Bento XVI.

O Pontífice chegou a esta conclusão hoje, ao apresentar na catequese a figura da Beata Angela de Foligno, mística italiana que viveu entre 1248-1309, da Ordem Terceira Franciscana.

O Papa recordou que Angela havia levado uma vida mundana, afastada do pensamento de Deus, até que, em 1285, invocou São Francisco de Assis, quem lhe apareceu em uma visão, e depois ela decidiu confessar-se.

Começou então um rico e tortuoso caminho espiritual. Em primeiro lugar, explicou Bento XVI, ela não tinha a sensação de ser amada por Deus, senão que sentia "vergonha".

Angela, explicou, "sente o dever de ter de dar algo a Deus para reparar seus pecados, mas lentamente compreende que não tem nada para dar-lhe; pelo contrário, é nada diante dEle; compreende que não será sua vontade que dará amor a Deus, porque esta só pode dar-lhe seu nada, o não amor".

Acompanha-a "o pensamento do inferno, porque quanto mais a alma progride no caminho da perfeição cristã, mais se convencerá não somente de ser indigna, mas de merecer o inferno".

O Crucificado que salva da indignidade

"Em seu caminho místico, Angela compreende de maneira profunda a realidade central: o que a salvará da sua indignidade e de merecer o inferno não será sua união com Deus e seu possuir a verdade, mas Jesus crucificado, sua crucifixão por mim, seu amor."

A conversão de Angela, inciada com a confissão de 1285, chegará à maturidade somente quando o perdão de Deus aparecer à sua alma como o dom gratuito de amor do Pai, fonte de amor, reconheceu o Papa.

À luz da vida desta mística, o Papa concluiu deixando uma lição para nossos dias: "Hoje estamos todos em perigo de viver como se Deus não existisse: Ele parece muito longe da vida atual. Mas Deus tem mil maneiras - para cada um a sua - de fazer-se presente na alma, de mostrar que existe, que me conhece e ama. E a Beata Angela quer nos deixar atentos a estes sinais com os quais o Senhor nos toca a alma, atentos à presença de Deus, para aprender, assim, o caminho com Deus e rumo a Deus, na comunhão com Cristo Crucificado. Oremos ao Senhor para que nos torne atentos aos sinais da sua presença, que nos ensine a viver realmente".


Fonte: http://www.zenit.org/article-26278?l=portuguese



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
ESPANHA: ORAÇÃO INTENSA PELA VIDA DURANTE CONGRESSO SOBRE ABORTO
SANTA SÉ DENUNCIA NOVA CORRIDA ARMAMENTISTA GLOBAL
Profetização do fim da Canção Nova
Aos que ainda pretendem votar na Dilma
Dilma e PT: As tentativas petralhas de inversão da realidade
Dilma vai a evangélicos fazer voto antiaborto (Você acredita nesta hipótese?)
Video do Bispo Dom Emílio Pignoli: Vida, aborto e eleições 2010
Guerra cibernética: Vírus Stuxnet pode marcar início da ciberguerra, dizem especialistas
Igreja Católica defende a vida e a família pelo bem de toda a sociedade, ressalta Bento XVI
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.327.479
Visitas Únicas Hoje: 156
Usuários Online: 254