Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 7503 - Mil jovens na Missa de desagravo após profanação gay em Madri
Artigo visto 2120




Visto: 2120
Postado em: 18/03/11 às 21:11:22 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=7503
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

MADRI, 18 Mar. 11 / 06:35 pm (ACI/Europa Press)

Cerca de mil pessoas, entre eles estudantes da Universidade Complutense de Madrid e de outros centros universitários, professores e familiares de alunos acudiram esta sexta-feira à Missade desagravo oficiada pelo Bispo Auxiliar de Madrid, Dom César Franco, para respaldar a liberdade religiosa.

A massiva assistência à cerimônia foi produzida depois de que 70 jovens irrompessem na capela do Campus de Somosaguas e se despissem da cintura para cima para protestar contra a Igreja no último 10 de março.

A calma reinou sobre os assistentes à Eucaristia, que foi concelebrada pelo Delegado de Pastoral Universitária, pelo Capelão do Campus e por outros capelães. Houve apenas um incidente quando uns estudantes insultaram umas alunas da Universidade de Psicologia.

Em sua oração, o Bispo Auxiliar de Madrid defendeu o direito de liberdade religiosa na Espanha e insistiu que existem ambientes para o debate e o diálogo, como por exemplo os centros universitários.

Assim, Dom Franco recalcou que precisamente a universidade é um "lugar próprio" para a reflexão e o diálogo destas questões. Segundo o prelado, resultam "incompreensíveis" os atos "vandálicos" ocorridos na capela do Campus de Somosaguas que "feriram a sensibilidade religiosa".

Além disso, recalcou que estes jovens "não representam o conjunto dos estudantes". Por isso, apelou à oração para evitar que situações como esta voltem a acontecer".

Dom Franco assinalou a intenção desta celebração é "reparar o mal cometido mediante a ação redentora de Cristo, que se oferece para o perdão dos pecados". "Nossa oração, unida à sua se converte em instrumento de paz e de concórdia para o mundo", afirmou.

Do mesmo modo, lamentou "com profunda dor" os fatos ocorridos na passada semana e reprovou que "esta pequena capela, lugar de culto e oração, que oferece aos universitários a possibilidade de encontrar-se com Cristo na Eucaristia diária e na liturgia da Igreja, tenha sido profanada com blasfêmias, ataques à Igreja e ao seu Magistério e com gestos e atitudes indignos da pessoa humana".

Juan Gómez, um estudante da Universidade Autônoma de Madrid, quis estar presente na Eucaristia para defender a liberdade religiosa. Assim, criticou as brigas ocorridas na passada semana, por isso pediu respeito à liberdade religiosa.

"Desde nossa fé, nós os perdoamos. Nós reclamamos respeito e liberdade. Nossa reivindicação é poder exercer nossos direitos com liberdade. O mais sagrado que temos é nossa fé e a defenderemos", recalcou.


Fonte: http://acidigital.com/noticia.php?id=21387



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
INICIATIVAS DIPLOMÁTICAS PARA PROTEGER OS CRISTÃOS
SOLIDARIEDADE COM O JAPÃO: ORAÇÃO CONTÍNUA EM LOURDES
Brasileiros rezam à Virgem de Aparecida pelos japoneses e seus familiares no Brasil
Religiosas no Japão acompanham a dor com silêncio respeitoso
O aborto está fora de controle em Cuba
Corte européia promulgará sentença sobre crucifixos nas escolas no próximo 18 de março
Terremoto do Japão pode ter deslocado eixo da Terra
Pelo Twitter, internautas avisam sobre novo tremor no Japão
BENTO XVI RECONHECE DIGNIDADE E VALENTIA DOS JAPONESES DIANTE DO TERREMOTO
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.268.476
Visitas Únicas Hoje: 1.442
Usuários Online: 278