Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 4895 - O PAPA CHORA
Artigo visto 2795




Visto: 2795
Postado em: 14/04/10 às 08:33:30 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4895
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Ontem recebi o e-mail de um brasileiro que vive na Itália já há alguns anos, e freqüenta uma paróquia assistida por um bispo que reside em Roma. Este bispo lhe falou que noutro dia, durante o café da manhã, viu Sua Santidade, o Papa Bento XVI chorar ao saber de mais notícias de escândalos de padres pedófilos e homossexuais. Isso me chocou de início, pois parece que é a alma da gente que é atingida pela mesma dor e não há como não se emocionar, e mais que isso, chorar junto.

A própria figura do Santo Padre, com tanta idade e de aparência tão frágil, evoca na gente a necessidade de proteção, e sei que cada bom católico gostaria de estar agora junto dele, para levar-lhe palavras de ânimo e de consolo. Como isso não é possível a todos, devemos levar a ele o conforto superior das orações, porque estas são como flechas certeiras, pois atingem diretamente ao inimigo, e acabrunham suas atividades tolhendo as suas ações maléficas. Sim, isso evita em grande parte que o demônio possa agir sobre as pessoas que atacam Sua Santidade, tanto pelos milhares de calunias que lhe atiram injustamente, quanto pelos crimes cometidos por estes que deveriam ser modelos de santidade e vida.
 
Ontem os jornais noticiavam que na Inglaterra, dois ateus convictos decidiram arrumar meios de prender o nosso Papa, alegando incúria na condução dos casos de padres com problemas de pedofilia, dizendo que o acobertamento destes crimes é causa de prisão. Bem, a verdade é que, qualquer pessoa que ouça o que diz um ateu, ou não está bem da cabeça, ou está mal diante de Deus. O fato inegável é que nenhum ser humano inteligente, nenhuma criatura inteligente, pode prescindir de um Deus, uma religião. Isso está profundamente inserido na essência dos seres inteligentes, de modo que podemos afirmar como aquele meu amigo, simples pedreiro, me falou noutro dia: quem nega a existência de Deus, ou se acha o próprio ou é um asno!
 
Foram estas exatamente as palavras que ele usou. E eu concordo! Embora a dureza do termo final. De fato, para um ser racional negar a existência de um Criador de tudo o que existe é preciso que ele abalroe a própria essência de si, negando-se a si mesmo. Quem diz que Deus não existe é mais ou menos como se dissesse: eu não existo! Isso faz da pessoa não somente um insensato, mas alguém perigoso, a quem não se deve dar ouvidos, em absolutamente nada do que fala. Neste caso dos dois ateus ingleses, eles fazem papel de ridículos, até porque qual o tribunal neste mundo que acatará uma denúncia contra o Santo Padre, sob alegações sem fundamento nem base?
 
Como toda a minha vida de leitura, sempre que topei com artigos ou livros escritos por hereges, de ateus, e desde a mais tenra infância sempre me acudiu um sentimento como de repugnância, que nunca me permitiu avançar muito nas páginas. O ateu é um sujeito extremamente orgulhoso, é tão orgulhoso como o próprio Lúcifer, o qual, mesmo vendo seu Deus a quem serviu, e mesmo sabendo de seu poder infinito, ainda assim como que negou todas estas coisas, querendo sobrepor-se ao próprio Criador. Chama-se a isso, orgulho cego, bestializante, que faz da pessoa um infeliz. Além do que, todo ateu é um insuportável, pois todo orgulhoso o é.
 
Pois é todo tipo de gente deste quilate – e que late, e como late – que se julga no direito de apontar seu dedo sujo contra o Papa, naquilo que se está tornando uma obsessão da fera. Isso tudo é um sinal claro de que a ordem de destruição da Igreja, pela destruição de sua cabeça – atingindo a figura do Santo Padre – parte do anticristo e seus seguidores. Como Nossa Senhora falou, dia 19 do mês passado a fera decidiu arrasar a Igreja católica, porque ela sabe que esta é a única entidade do planeta que é capaz de lhes fazer frente, e não somente isso, os derrotar. E sabem então que derrubando a cabeça o tronco torna-se inservível, ou de pouca eficácia.
 
Óbvio está que Deus não dorme, e se antecipa aos condutores da ruína e certamente já adotou mecanismos que irão barrar os efeitos destes ataques. Como sempre tenho insistido, no fundo todas estas pedras atiradas contra a Igreja de Cristo, não são um mal e sim um bem. Se você acerta uma pedrada num tronco que começa a apodrecer, os abalos que ele sofre tendem a fazer cair as partes danificadas. E com isso, e com milhares de pedradas, a verdade é que a Igreja está sendo lapidada e assim se apronta para receber o Noivo que chega, já bela e purificada, pois são extirpadas dela todas as podridões que a maculavam.
 
Por outro lado, para os algozes da Igreja, para os apedrejadores de mão suja – e de alma torpe – tais pedradas não são como destinadas a um corpo podre e sim a um corpo vivo, corpo que sangra, e está vivo. E como no martírio de Santo Estevão, os respingos de sangue já mancharam as vestes do apedrejadores. E cada gota de sangue deste, mais do que uma flecha incandescente acabará por voltar-se contra os algozes, e não demora o dia em que a terra estará juncada de cadáveres dos inimigos de Deus, da Igreja e de toda a humanidade. Porque estes dardos atingirão com força dobrada os que querem implantar aqui o reino de satanás, reino de mentira e de ódio, porque um inflama o outro e ambos cegam os homens, fazendo deles novos demônios. Assim, as pedras contra a Igreja derrubarão aquilo que nela estiver apodrecido, enquanto os dardos extinguirão e para sempre os planejadores do império do terror.
 
E assim, não devemos temer nada, absolutamente nada! Em minha resposta ao leitor de Itália, eu disse a ele que o Santo Padre não deveria chorar, de forma alguma, antes deveria alegrar-se, porque assim nos pediu o próprio Jesus quando disse por Lucas 21, 28 Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação. O fato é que ele, mais do que ninguém, sabe que nos aproximamos dos dias finais deste mundo podre e de mentira, onde ateus e atoas, de todos os tamanhos e quilates, que muito latem e rosnam, tentam transformar o mundo num palco dos demônios. A cegueira dos condutores da destruição é de tal forma acentuada, que eles já não percebem o perigo que chega. E chega fulminante sobre as cabeças deles.
 
Por outro lado, não é somente o Papa que chora, e chora como lamento devido a tantos insensatos que denegriram o nome da Igreja Católica com seus escândalos. Tanto o falecido Papa João Paulo II quando o Papa atual sempre atuaram fulminantes contra estes crimes, e a palavra tolerância zero foi usada por um e outro. Não só a palavra, como as ações. O que se verifica é que o império da mentira que satã tenta edificar sobre este planeta, não se dá conta de que é ínfima a participação da Igreja – por alguns maus em seu interior – contra a escalada gigantesca da pedofilia e do homossexualismo entre a sociedade civil. De fato, se for para prender e exterminar com todos os que praticam crimes desta natureza, ou teríamos as prisões abarrotadas de celerados, ou o planeta juncado de cadáveres. Sim, coloque nesta conta o número dobrado ou triplicado, dos casos em que não há denuncia, e que não constam das estatísticas oficiais.  
 
O próprio Deus chora com estes desmandos – dentro e fora da Igreja, e mais dentro dela – porque é um Deus sensível cuja Majestade Suprema é ofendida ao extremo. É inexplicável ao entendimento humano, que Deus não aja fulminante contra os que cometem estes crimes, e tem tido esta infinita paciência especialmente quanto aos seus servos. Nenhum ser humano, por mais paciente e amoroso que seja, seria capaz de suportar tantos desafios como Deus, e assim desde mais de sete mil anos desde Adão até hoje. Eu mesmo, não sei quantas vezes e minha vida eu pensei, que se estivesse no lugar de Deus, teria já exterminado com Adão, pelo paraíso que ele nos roubou e para evitar todo este desvario, estes rios de pecados e de sangue que entopem e encharcam nosso planeta. Mal sabia eu que se estivessem em lugar de Adão faria o mesmo, ou pior. 
 
Neste momento em que começo a escrever, abro a internet e vejo uma notícia de que a casa onde o Santo Padre nasceu, na Alemanha, amanheceu com a porta pichada com uma frase negativa, segundo a polícia tendo relação com os escândalos da pedofilia que abalam agora a Igreja. Isso até eu julgaria normal, tendo em vista que moleques para pichar existem aos milhões, não só no Brasil, mas na Europa inteira esta chaga social é aberta. O que me chocou na mesma notícia é que segundo “pesquisas” ¼ parte dos católicos alemães cogita abandonar a Igreja Católica, devido aos mesmos crimes. E aqui a coisa fica mais grave!
 
Mas vejam, ao invés de eu lamentar este abandono – como pareceria natural – de imediato meu pensamento se focou na outra ponta da realidade. O fato de estes ditos católicos abandonarem a Igreja devido aos escândalos é sinal claro de que eles também fazem parte do setor podre da Igreja – maus católicos – e que junto com os que cometem tais nefandos pecados precisam também ser eliminados, para que sobre apenas a parte sadia do tronco, que pode ser reparada então. Eles na realidade não são católicos bons, até porque o estado de abandono das Igrejas na Alemanha rica, prega contra eles. São efetivamente poucos – embora valentes – os católicos fiéis na Alemanha, no topo desta lista o Santo Padre o Papa Ratzinguer.
 
Na realidade a Alemanha já nem se pode dizer católica hoje, porque se deixou quase paganizar, e embora tenha talvez o mais vigoroso testemunho de fé de toda a Europa - suas Igrejas, Catedrais, Universidades, obras de arte e patrimônio cristão – na outra ponta está na linha de frente do ateísmo, da revolta, coisa que vem desde Lutero. E hoje em quase todas estas Igrejas, milhares delas, e catedrais impressionantes, já não ressoa mais o canto solene de uma fé pujante, mas o eco mudo da decadência, o hino fúnebre, o réquiem da ignominiosa morte da fé. Minhas raízes vêm de lá, da parte antes comunista da Alemanha, mas felizmente nosso sangue ainda continua aqui a manter o germe da antiga força e vigor cristão, trazido pelos nossos antepassados. E ele pulsa e vibra por esta Igreja, que quanto mais parece morrer, mais vive.
 
Eu não estranharia nada, assim, se em todo mundo milhares de ditos católicos – que de católico guardam apenas o nome, a etiqueta – viessem a deixar a Igreja tendo em vista os escândalos de uma parte ínfima de seus padres. Afinal, como a reação dos maus católicos da Alemanha – que é a de fuga na tempestade iminente – também por aqui nós veremos alguns maus católicos pulando da barca de Pedro, loucamente. E digo isso, porque mal sabem eles que com isso aliviam a mesma Barca, a única que irá aportar em porto seguro, porque tem Pedro como sinal visível, a única que tem Maria como Comandante, a única que tem Jesus Cristo como General Timoneiro. Afinal, Jesus não construiu duas barcas, e desde o início pescava apenas na barca de Pedro.
 
É então, não com medo, nem com lágrimas, nem com ataques que devemos enfrentar a tempestade que chega, e sim com a corrente vigorosa do Rosário, arma esta que parece a mais canhestra de todas, mas que possui o poder de fogo mais devastador que existe, e que jamais foi inventado neste planeta. Ao invés de fugir, as boas famílias católicas devem agora é se unir em torno do seu Pedro e em linha cerrada de oração. Porque somente a oração move o coração e a mão poderosa do Eterno Pai, também Ele ferido mais do que nunca em seu amoroso coração, eis que espera pela nossa atitude de amor e fé. Com o Rosário em família, poderemos derrotar os mais bem armados e arrogantes exércitos do planeta.
 
Sim, porque os maus se fiam no poder de seus exércitos, como está em Isaías 31, 1 Ai daqueles... que contam com a cavalaria, que se fiam no número de carros e no valor dos cavaleiros, em vez de voltarem seus olhares para o Santo de Israel e de consultarem o Senhor. E se de um lado os bons e aliados de Deus são poucos, e se armados até mesmo de canhões e metralhadoras fariam papel ridículo diante da pujança dos inimigos, verdade é que a batalha física, por fragorosa e troante que seja, é apenas pálido reflexo da batalha que se desenrola ao nível dos espíritos. E as armas humanas não atingem os demônios – artífices e verdadeiros comandantes do ataques contra a Igreja – enquanto a arma poderosa do Rosário é mortal, porque acabrunha e inibe as ações dos inimigos.
 
Qualquer pessoa de bom senso, com um mínimo de inteligência e uma gota de razão percebe que todos estes ataques centrados contra o Papa são orquestrados, obedecem a um plano claro de destruição da Igreja para tomar de assalto o Trono de Pedro. Qualquer católico minimamente bem informado compreende pelas mensagens de alerta a nós passadas pelo Céu, através dos bons profetas atuais, sabe que existe dentro da própria Igreja uma trama que tem por alvo derrubar o Papa, a fim de colocar na Igreja uma doutrina diferente daquela que nos foi legada pelos nossos pais. Então o que cabe agora, aos católicos valentes, fiéis e orantes é confiar na Misericórdia de Deus e mais do que nunca se agarrarem na Igreja. Com seus terços na mão.
 
Porque assim está previsto em Isaias 10 19 Restarão tão poucas árvores em sua floresta, que um menino poderá contá-las. 20 Naquele tempo, o restante de Israel e os remanescentes da casa de Jacó deixarão de apoiar-se naquele que os fere, mas apoiar-se-ão com confiança no Senhor, o Santo de Israel. 21 Um resto voltará, um resto de Jacó, para o Deus forte. 22 Ainda que teu povo fosse inumerável como a areia do mar, dele só voltará um resto. A destruição está resolvida, a justiça vai tirar a desforra. 23 Esta sentença de ruína o Senhor Deus dos exércitos executará no centro de toda a terra. E hoje, sem dúvida, Roma, o Vaticano é o centro da terra. O centro das atenções de todo mundo.
 
Então nós apenas devemos intensificar nossas orações pelo Santo Padre, para que fortalecido por elas ele posso levar até o fim a missão que lhe foi confiada por Deus. A gente sabe que no final ele mesmo sairá no momento de Deus, para que se cumpram as profecias e satanás se assente naquela cadeira por algum tempo, tentando se fazer passar por Deus. Mas como falta muita coisa a fazer ainda, temos a certeza de que, embora todos estes ataques, o Santo Padre resistirá ainda muito tempo, até que tudo esteja pronto para o holocausto deste planeta, causado pela loucura dos maus. Porque como as previsões bíblicas anunciam, no final veremos apenas um resto de pessoas, os que triunfarão definitivamente sobre o mal, sobre o inferno e toda a sua malta. Só o demônio e os homens maus que se fizeram seus é que desejam a destruição da raça humana.
 
Porque o anticristo, o devastador, como está em Daniel 11, Dirigirá novamente sua fúria contra a santa aliança, tomará medidas contra ela, fazendo um pacto com aqueles que a abandonarem. 31 Tropas sob sua ordem virão profanar o santuário, a fortaleza; farão cessar o holocausto perpétuo e instalarão a abominação do devastador. Está bem claro, o santuário e a fortaleza é o Vaticano onde se encontra o Papa. O Holocausto é a Missa, a Eucaristia, que será suprimida pelos maus, por um tempo, como está dito em Daniel 9, 27 Concluirá com muitos uma sólida aliança por uma semana e no meio da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; sobre a asa das abominações virá o devastador, até que a ruína decretada caia sobre o devastado.
 
Entretanto, por um tempo, o anticristo, como está em Daniel 11, 32 Submeterá, com suas lisonjas, os violadores da aliança, mas a multidão daqueles que conhecem seu Deus manter-se-á firme e resistirá. 33 Os homens doutos desse povo instruirão um grande número; mas, durante algum tempo, perecerão pela espada, fogo, cativeiro e pilhagem. 34 Enquanto forem caindo dessa maneira, serão um tanto amparados; e um bom número unir-se-á hipocritamente a eles. 35 Muitos desses sábios sucumbirão, a fim de que sejam provados, purificados e branqueados até o termo final; ora, esse final só chegará no tempo marcado.
 
Estas explicações em parte já se encontram no nosso livro A CAMINHO DO FIM, mas volto a reforçá-las. Daniel é um profeta para o nosso tempo.  Neste texto acima ele nos avisa que o anticristo virá com lisonjas, mentiras, e cativará muitos cardeais e bispos e os submeterá ao seu serviço, eis os violadores da aliança. Hipócritas, que hoje se mostram vistosos diante do mundo, mas já estão firmemente presos pelas garras de satanás. Isso acontece já hoje a olhos vistos. O que está acontecendo também com a Igreja, senão a purificação e o branqueamento dela, senão também a nossa purificação que se dará por algum tempo, porque isso não durará por muito tempo. Nós devemos estar preparados para enfrentar ainda muitos rigores, porque pela mesma trama passou Jesus e tudo se repete, com a Igreja e com cada um que quer se manter fiel.
 
Como está no livro citado, depois do aparecimento do anticristo, ele dará ao mundo certo tempo, enquanto suas hostes preparam os últimos detalhes de seu diabólico plano. Já hoje, os governos das nações – o nosso inclusive – preparam as bases da ditadura do anticristo, e então, quando ele dominar sobre todas as nações, não precisará ele mesmo ditar novas leis, porque tudo está sendo preparado, vejam o plano de “direitos humanos” que este mau governo quer nos impingir. E posso lhes garantir, com certeza absoluta, sem margem alguma de erro, todo católico, tenha a idade que for, tenha o título que seja e que não percebe o ardil em que este governo nos está armando, e ainda assim votar nele, já é um fiel soldado do anticristo. É de todo um cego, ou conivente.
 
Porque o inimigo, quando assumir, fará como está dito em Daniel 11, 36 O rei fará então tudo o que desejar. Ensoberbecer-se-á, elevar-se-á no seu orgulho acima de qualquer divindade; proferirá até coisas inauditas contra o Deus dos deuses; prosperará até que a cólera divina tenha chegado ao seu termo, porque o que está decretado deverá ser executado. Ou seja, até que a ruína caia sobre o devastador, como previu o mesmo profeta. Ele trará então para o planeta, sete meses de horror, porque quer fazer cumprir o ideal de Lúcifer, querendo provar a Deus que o homem somente poderá ser regido pelo terror, pela ditadura sanguinária, pelo ódio animalesco e brutal, sem o que jamais servirá a Deus. Mas temos na palavra do profeta a garantia plena de que no final nós venceremos. E vejam...
 
Estas palavras fortes do Apocalipse de Daniel nos remetem ao “tempo mui distante” predito a ele, onde todas estas coisas aconteceriam. Como está em 12, 7 Então ouvi o homem vestido de linho, que estava em cima do rio, jurar, levantando para o céu sua mão esquerda bem como sua mão direita: pelo eterno vivo, será num tempo, tempos e na metade de um tempo, no momento em que a força do povo santo for inteiramente rompida, que todas estas coisas se cumprirão. 8 Ouvi essas palavras, mas sem entendê-las. Meu senhor, perguntei, qual será a conclusão de tudo isso? 9 Vamos, Daniel, respondeu; esses oráculos devem ficar fechados e lacrados até o tempo final. 10 Muitos serão limpos, acrisolados e provados. Os ímpios agirão com perversidade, mas nenhum deles compreenderá, enquanto que os sábios compreenderão. 11 Desde o tempo em que for suprimido o holocausto perpétuo e quando for estabelecida a abominação do devastador, transcorrerão mil duzentos e noventa dias.
 
Aqui o profeta anuncia que a força do povo santo será rompida, ou seja, parecerá que tudo está perdido, e que o mundo não tem mais salvação e está em definitivo nas mãos de satanás e seus seguidores terrenos. Isso, porém, se dará por um curto espaço de tempo, não porque Deus agirá diretamente para destruir os devastadores, mas porque eles mesmos, na pressa e na cegueira, acabarão por exterminar-se. Claro, que muitos bons irão sucumbir como também está predito, porque para extirpar o imenso volume de joio que ameaça hoje sufocar a boa plantação, é impossível sem que algumas plantas de Deus sejam arrancadas também. Mas o sangue destas – sua vida – servirá de estopim para a conversão de milhares destes hoje algozes...
 
Uma coisa é certa, tão clara como a esplendida aurora surgirá depois de toda esta tempestade: a vitória dos filhos e das filhas de Deus sobre o império fabuloso do mal, será de tal modo, arrasadora, que dos devastadores não sobrará nem raiz, nem ramos, nem brotos, nem folhas, nem vestígios. Toda esta linha de sangue maldito, dada a todo tipo de confabulação, da sedição, da intriga, da mentira torpe, da calúnia – como o fazem agora contra o Papa - capaz dos mais sanguinários procedimentos, dos mais hediondos crimes, como possuir-se do desejo de matar mais de seis bilhões de seres humanos, como se isso fosse uma singela e amorosa necessidade para o bem de todos e a felicidade dos que restarem irá desaparecer. E fulminada! 
 
Não há como conceber um mundo, onde existam pessoas que perseguem e matam os bons, quando são apenas eles que constroem para a perpetuação. Em vista disso, sumirão da face do planeta todos os filhos do ódio, a raça bastarda dos filhos dos homens, cuja maldade é incontornável, é ingênita a sua perversidade, pois que jamais seus pensamentos mudarão (Sab 12, 10). Há um germe ruim no sangue de muitos povos da terra, cujos procedimentos se equiparam aos dos demônios, e que se não for eliminado da face do planeta, jamais os filhos de Deus encontrarão aqui a paz. E podem, desde já, cantar seu canto fúnebre, seu réquiem de ódio, os ateus todos do mundo, como os dois “cientistas” ingleses que querem prender o papa.
 
De fato, podem esgarçar suas bocarras até rasgar as orelhas de tanto gritar, mas seu germe furibundo vai se extinguir, e o será por força do ódio deles mesmos. Força dos milhões de Ave Maria que partirão de nossos singelos terços, força arrasadora capaz de mudar toda a face do planeta, força, entretanto invisível, mas poderosa, porque tornada eficaz pelas mãos de Maria. Que bradem agora os incrédulos até morrem engasgados no próprio ódio; que atirem desde agora todas as pedras que tiverem contra Igreja, enquanto é tempo deles. Porque quando esgotar seu estoque, quando terminar seu arsenal de ódio e mentira, quando esgotar-se sua baba venenosa – porque alimentada pelos dentes da serpente – no mesmo ato sucumbirão eles mesmos, vitimados pelo horror de si próprios.
 
Eis o que acontecerá com os que se julgam invencíveis e que aliados ao inferno em seu estertor, pensaram ser possível desafiar a Deus e saírem vitoriosos. De fato, tudo o que fazem agora é fabricar redes para se enredarem, e cordas para se enforcarem. Os astros que eles abalaram tentando fazer uma estrela para Lúcifer irão destruir em um átimo de tempo seu império financeiro, e no mesmo instante fulminar o poder de seu exército. As doenças e vírus que eles fabricaram para contaminar os povos e elimina-los acabarão por voltar-se contra eles mesmos, porque tais vírus irão selecionar exatamente os filhos do horror, porque os filhos da bênção – com Deus ao seu lado – terão a garantia dos sacramentais do céu. Enfim, o veneno que eles fabricaram para derramar sobre as populações indefesas será o repasto que os alimentará quando a terra os engolir, embora muito a contragosto! Deveria vomitá-los!
 
Assim, se você amigo leitor também chora junto com Sua Santidade o nosso querido Papa Bento XVI, se também lamenta pela nossa Igreja, tão apedrejada hoje, lembre que o tempo não é de prantos, mas de mãos a obra. Não pegue as espadas, mas sim empunhe seu rosário. Reze em família, reúna os seus, comece com uma Ave Maria, dali a uma dezena, e prepare-se porque virá o tempo em que quem quiser sobreviver terá de rezar 10 rosários por dia. Lágrimas não pagam os impostos e lamentos não resolvem problemas, orações sim, embora a imensa maioria não entenda este mistério. É o que nos resta e o que devemos fazer agora, a começar de hoje.
 
Em suma, nada de medos nem de desesperos. Se o seu filho, sua filha, seu esposo, sua esposa ou seu amigo não se converte, não se desespere, cubra-o de Ave Maria. Cubra-o com orações confiantes, e jamais Deus permitirá que ele se perca. Porque agora é tempo não de pensar em salvar o corpo e sim a alma. Quem quiser salvar sua vida irá perdê-la disse Jesus. Isso significa que ele pode até vir a se salvar, ganhar o Céu, mas não terá a graça de viver a nova vida, entre delícias, ainda aqui nesta terra.
 
E haverá delícia maior do que viver uma vida de paz, sem atiradores de pedra? Sem perseguidores da Igreja e do Papa? Sem governos corruptos? Sem ladrões de todos os quilates? Sem mentirosos de todos os tipos e tamanhos? Sem gente desejando o mal, odiando, transformando a vida na terra neste quase inferno? Sem ateus e outros atoas? Haverá delícia maior que poder ver seus filhos e netos crescerem como rebentos novos, numa terra de esplendores? Num mundo onde todos terão tudo, e do bom e do melhor, sem mendigos, sem pobres e desamparados? Um mundo sem dor, sem doença de espécie alguma, sem sofrimentos e sem tristezas?
 
 Pois se prepare para isso. Está mais perto do que você imagina, basta um toque de mão, um romper de cortinas. Será esplêndido o porvir, vale a pena lutar por ele. De fato, quem não lutar por ele, não terá direito de aqui viver. Quer isso? Então empunhe seu Rosário, reúna sua família e reze. Comecem os esposos! (Aarão)
 
De Francisco, um dos videntes de Fátima: Eu vi o Santo Padre numa casa muito grande, de joelhos diante de uma mesa, com as mãos no rosto a chorar; fora da casa estava muita gente e uns atiravam-lhe pedras, outros rogavam-lhe pragas e diziam-lhe muitas palavras feias. Coitadinho do Santo Padre, temos que pedir muito por ele!”


www.recadosaarao.com.br



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!



LEIA TAMBÉM
AS 8 BARREIRAS
EXPLOSÃO DE SOBERBA
APEGO À RIQUEZA...
LINHA DE SANGUE
FORA OS MORNOS
Os arrogantes
AS CHAVES
OS SACRÁRIOS
COMO SATÃ ATUA (Leiam até o fim)
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.588.426
Visitas Únicas Hoje: 496
Usuários Online: 184