Os 7 domingos em honra de São José
Espacojames



Página Inicial
Listar Devoção




Artigo N.º 14982 - Os 7 domingos em honra de São José
Artigo visto 2405




Visto: 2405
Postado em: 03/07/18 às 13:11:15 por: James
Categoria: Devoção
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=36&id=14982
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Devoção


Uma oportunidade única de receber graças especiais por intercessão do pai adotivo de Jesus

Esta devoção, manifestada por São José a dois religiosos franciscanos, foi confirmada e indulgenciada pelos Sumos Pontífices, principalmente por Pio IX.

Trata-se de exercícios para cada um dos sete domingos dedicados em honra e veneração das sete principais dores e sete alegrias que teve São José durante sua vida mortal.

 

Oração para todos os domingos:

Ato de Contrição

Deus e Senhor meu, em quem creio e espero e a quem amo sobre todas as coisas, entre a multidão de meus pecados, me confundo e com sincero arrependimento, peço-Vos perdão e clemência. Pesa-me de Vos ter ofendido e proponho, com a Vossa Divina Graça, nunca mais tornar a vos ofender. Tende piedade de mim, Senhor. Escutai os meus rogos e não permitais que eu me separe de vós.

E Vós, bondoso São José, intercedei por mim para que Jesus perdoe os meus pecados e derrame sobre a minha alma os tesouros de Sua santa graça para que eu possa fazer, com fruto, os Sete Domingos, em vossa honra e bem de minha alma. Lembrai-vos, meu doce protetor, que nenhum dos que têm implorado vosso auxílio tem ficado sem consolo. Animado desta confiança, venho à vossa presença neste dia, suplicando-vos as graças de que necessito e que espero conseguir de Jesus e Maria. Amém.

 

Primeiro Domingo

A santa Comunhão deste dia se oferecerá para agradecer a São José, os serviços que prestou a Jesus e Maria. A indulgência plenária aplicar-se-á pelas almas do purgatório que mais amaram o glorioso Patriarca.

Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Dores e Alegrias de São José na maternidade de Maria.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Segundo Domingo

A Santa Comunhão deste dia, se oferecerá para dar graças a São José pelos favores que nos tem alcançado com sua poderosa intercessão. A indulgência plenária será aplicada pelas almas do purgatório que mais devoção tiverem à Sagrada Família.
Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Dores e as Alegrias de São José por ocasião do nascimento do Menino Jesus no Presépio de Belém.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Terceiro Domingo

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá pela conversão dos inimigos da Igreja. A indulgência plenária se aplicará pelas almas do purgatório que mais tiveram devoção ao precioso sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Dores e as Alegrias de São José na circuncisão do Menino Jesus.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Quarto Domingo

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá ao Pai Eterno, para imitar a São José quando lhe ofereceu o Menino Jesus. A indulgência plenária se aplicará pelas almas do purgatório que mais trabalharam em propagar a devoção a São José.

Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Dores e as Alegrias de São José na apresentação do Menino Jesus no Templo.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Quinto Domingo

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá para arrojarmos de nosso coração todo ídolo que ocupar o lugar de Jesus. A indulgência plenária será aplicada pelo descanso eterno dos missionários falecidos que levaram o culto de São José a países infiéis.

Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Dores e as Alegrias de São José por ocasião de sua fuga para o Egito.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Sexto Domingo

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá pelas necessidades do Soberano Pontífice da Igreja. A indulgência plenária será aplicada pelos que nesta vida tiveram o nome de José. Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Dores e as Alegrias de São José por ocasião de seu regresso do Egito.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Sétimo Domingo

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá a São José, pedindo-lhe que nos conceda a graça de que todos os anos, durante nossa vida possamos fazer com fruto esta devoção dos sete domingos. A indulgência plenária será aplicada em sufrágio das almas do purgatório que foram fiéis em praticar esta mesma devoção.

Reza-se o ato de Contrição.

Meditação sobre as Tristezas a as Alegrias de São José quando perdeu o Menino Jesus no Templo de Jerusalém.

(após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete Dores e das sete Alegrias de São José)

 

Coroa das Sete Dores e Alegrias de São José

1ª – Ó Esposo puríssimo de Maria Santíssima, glorioso São José, assim como foi grande a amargura de vosso coração na perplexidade de abandonardes vossa castíssima Esposa, assim foi inexplicável a vossa alegria, quando pelo Anjo vos foi revelado o soberano mistério da encarnação.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, vos rogamos a graça de consolardes agora e nas extremas dores, a nossa alma com a alegria de uma boa morte semelhante à vossa entre Jesus e Maria.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

2ª – Ó felicíssimo Patriarca, glorioso São José, que fostes escolhido para o cargo de pai putativo do Verbo Humanado, a dor que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus Menino, que se transformou em celeste júbilo ao escutardes a angélica melodia e ao verdes a glória daquela brilhantíssima noite.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, suplicamos a graça de nos alcançardes que depois da jornada desta vida, passemos a ouvir os angélicos louvores e gozar os resplendores da glória celeste.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

3ª – Ó obedientíssimo executor das divinas leis, glorioso São José, o sangue preciosíssimo, que na Circuncisão derramou o Redentor Menino vos transpassou o coração, mas o nome de Jesus vo-lo reanimou, enchendo-o de contentamento.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, alcançai-nos que, sendo arrancados de nós os vícios nesta vida, com o nome de Jesus no coração e na boca expiremos cheios de júbilo.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

4ª – Ó fidelíssimo Santo, que também tivestes parte nos mistérios de nossa redenção, glorioso São José, se a profecia de Simeão a respeito do que Jesus e Maria tinham de sofrer vos causou mortal angústia, também vos encheu de sumo gozo pela salvação e gloriosa ressurreição, que igualmente predisse, teria de resultar para inumeráveis almas.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, obtende-nos que sejamos aqueles que, pelos méritos de Jesus e pela intercessão da Virgem Sua Mãe, têm de ressuscitar gloriosamente.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

5ª – Ó vigilantíssimo guardião, íntimo familiar do Filho de Deus encarnado, glorioso São José, quanto penastes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, particularmente na fuga que com ele houvestes de fazer ao Egito! Mas, qual não foi também vosso gozo por terdes sempre convosco o mesmo Deus e por verdes cair por terra os ídolos do Egito.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, alcançai-nos que, expelindo longe de nós o inferno tirano, especialmente com a fuga das ocasiões perigosas, sejam derrubados de nosso coração todos os ídolos de afetos terrenos e que inteiramente empregados no serviço de Jesus e de Maria, para eles somente vivamos e felizmente morramos.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

6ª – Ó anjo da terra, glorioso São José, que cheio de pasmo vistes o Rei do Céu submisso aos vossos mandatos, se a vossa consolação, ao reconduzi-lo do Egito, foi turbada pelo temor do Arquelau, sossegado pelo Anjo, permanecestes alegre em Nazaré com Jesus e Maria.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, alcançai-nos que, desocupado o nosso coração de vãos temores, gozemos paz de consciência, vivamos seguros com Jesus e Maria, e também entre eles morramos.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

7ª – Ó exemplar de toda santidade, glorioso São José, que perdestes sem culpa vossa o Menino Jesus, e para maior angústia houvestes de buscá-lo por três dias, até que com sumo júbilo gozastes do que era vossa vida, achando-o no templo entre os doutores.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, suplicamos, com o coração nos lábios, que interponhais o vosso valimento para que nunca nos suceda perdermos a Jesus por culpa grave, mas se por desgraça o perdermos, com tão contínua dor o procuremos, que o achemos favorável, especialmente a gozá-lo no céu e lá cantarmos convosco eternamente Suas divinas misericórdias.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.


Fonte: www.aleteia.org



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.760.434
Visitas Únicas Hoje: 500
Usuários Online: 256